Saiba como economizar dinheiro pra próxima viagem.

Este post vai te ajudar a poupar dinheiro pra uma nova viagem. Saiba mais: Mais »

Islas del Rosario e Isla Baru, passeio clássico de Cartagena de Indias

Um dos passeios mais procurados em Cartagena de Indias é o passeio até as Islas del Rosário e Isla Baru... Saiba como é... Mais »

Catedral de São Basílio, a igreja mais bonita do mundo!!!

Conheça a Catedral de São Basílio, um dos maiores cartões postais da Rússia e uma das igrejas mais bonitas do mundo. Mais »

Conheça o Parque Nacional Morrocoy, na Venezuela.

O Parque Morrocoy é um dos cantinhos mais bonitos do Caribe Venezuelano. Saiba mais. Mais »

 

Basílica Nossa Senhora de Guadalupe, o santuário mais visitado das Américas.

Capa-Santuário-mais-visitado-mexico

A religiosidade é uma marca registrada dos mexicanos. Prova disso é que na Cidade do México está o santuário católico que mais recebe fieis no mundo, atrás apenas da Basílica de São Pedro, no Vaticano. Neste post nós contamos como foi  visitar este santuário. Conheça agora a Basílica Nossa Senhora de Guadalupe, o santuário mais visitado das Américas.


Acompanhe o DMEC nas redes sociais: Instagram | Facebook | Twitter | Pinterest
No México nós usamos a hastag #DMECnomexico


Basílica Nossa Senhora de Guadalupe

Visitar o México é certeza de se deparar com dezenas de igrejas por todos os lados. O país tem como característica marcante a forte religiosidade e não é difícil encontrar quadras com várias igrejas, praticamente uma ao lado da outra. Mesmo que você não seja religioso, vale muito a pena visitar as igrejas, seja pela história, arquitetura e riqueza nos detalhes decorativos, ou seja pela imersão na cultura local!

Basílica Nossa Senhora de Guadalupe-31

Pequena procissão chegando a Basílica de Nossa Senhora de Guadalupe.

Uma das coisas que mais gostamos de fazer é mergulhar na cultura local e uma das maneiras mais interessante de conhecer um pouco mais dos costumes locais é conhecendo suas crenças. Dentre todas as igrejas que visitamos no México, as mais importantes são as igrejas que ficam no Santuário de Nossa Senhora de Guadalupe, o santuário da padroeira do México e da América Latina.

Basílica Nossa Senhora de Guadalupe

Santuário de Nossa Senhora de Guadalupe, o santuário da padroeira do México e da América Latina.

O Santuário fica no alto da colina de Tepeyac, local onde, segundo conta a lenda, Juan Diego Cuauhtlatoatzin, um indígena convertido ao cristianismo, teria avistado Nossa Senhora por várias vezes. Ainda segundo a lenda, Nossa Senhora ordenou que o indígena contacta-se o Bispo da época para que o mesmo construísse um templo no local.

Como o Bispo não acreditou muito no indígena, Nossa Senhora fez crescer flores em um Basílica Nossa Senhora de Guadalupe-17campo desértico em pleno inverno, como prova da aparição. Nossa Senhora pediu então para que o indígena levasse as flores ao Bispo.

Juan levou as flores em sua tilma (espécie de capa) e quando removeu as flores para dar ao Bispo, ambos perceberam que a imagem da Virgem estava estampada na capa do indígena.

A suposta capa com a imagem da virgem ainda está exposta na igreja e por ser feita a partir do cacto agave maguey, um material que se decompõe rapidamente, para os fiéis, os 5 séculos de duração do tecido servem como mais uma prova da aparição de Nossa Senhora.

De lá pra cá, os mexicanos e fiéis de várias partes do mundo atribuem milagres e graças alcançadas à Virgem de Guadalupe e não é à toa que o local recebe cerca de 20 milhões de fiéis por ano. Pra se ter uma ideia a Basílica de Nossa Senhora Aparecida, no Brasil, recebe cerca de 12 milhões de pessoas por ano…

A Basílica de Guadalupe só foi inaugurada em  1709, embora outros templos menores tivessem sido inaugurados antes no local, aliás existem várias igrejinhas e capelas pra se ver por ali. E o conjunto do Santuário é bem interessante.

O que ver no complexo Santuário de Guadalupe 

Se você está pensando que vai até o Santuário de Guadalupe pra ver só uma igreja, você está enganado! Você vai ver várias igrejas!!! Mais não é só isso (rs) além das igrejas o complexo possui monumentos, museus, jardins lindíssimos e de quebra uma bela vista do Sky Line da Cidade do México!

Basílica Nossa Senhora de Guadalupe-Tepeyac

Vista a partir do Cerro de Tepeyac

  • Templo Expiatorio a Cristo Rey – Antiga Basílica de Guadalupe

Esta igreja começou a ser construída em 1695 e só ficou pronta em 1709. É conhecida também como Basílica Velha e apesar de ter uma arquitetura barroca muito bonita, o que mais chama atenção é o quanto ela está torta. Isso mesmo, assim como diversas edificações antigas da Cidade do México, a Antiga Basílica de Guadalupe está afundando, já que a Cidade do México foi construída em cima do antigo Lago Texcoco. Não bastasse o solo instável e pantanoso o México também sofre com diversos terremotos, o que agrava o problema de afundamento. Pra se ter uma ideia, estudiosos dizem que algumas partes da cidade afundam cerca de 15 cm por ano!

Basílica Nossa Senhora de Guadalupe-7

A sensação de ver as torres da igreja tortas é estranha, mas o que pega mesmo é quando você entra em seu interior. Você tem uma sensação muito ruim e existem até alguns avisos orientando os visitantes no caso de sensações como tonturas, desiquilíbrios etc.

Basílica Nossa Senhora de Guadalupe-AntigaBasílica

Difícil ver na foto, mas a igreja é desnivelada e causa uma sensação bem estranha.

E foi justamente pelo afundamento da Antiga Basílica de Guadalupe, que foi construída a Nova Basílica de Guadalupe, justamente ao lado da igreja antiga. Depois que fizeram a nova igreja, a antiga ficou fechada para reformas durante muitos anos até ser reaberta ao público.

Basílica Nossa Senhora de Guadalupe-Igrejas

As duas Basílicas do Santuário. Repare a inclinação das torres da Basílica antiga.

  • Basílica Nossa Senhora de Guadalupe – Nova Basílica

Com os problemas estruturais ocasionados pelos afundamentos da Antiga Basílica e também pela necessidade de abrigar a imagem de Nossa Senhora de Guadalupe em um lugar onde mais pessoas pudessem ver ao mesmo tempo, foi construída a Nova Basílica de Guadalupe, com arquitetura moderna e capacidade para mais de 40 mil pessoas.

Basílica Nossa Senhora de Guadalupe-igreja

Basílica Nossa Senhora de Guadalupe – Basílica nova.

A imagem original de Nossa Senhora de Guadalupe (aquela da capa de Juan Diego) fica atrás do altar e para visualizá-la existe uma esteira rolante que faz com que ninguém pare e atrapalhe a fila…

Basílica Nossa Senhora de Guadalupe-3

Imagem de Nossa Senhora de Guadalupe que foi desenhada na capa de Juan Diego.

Quando estivemos visitando a Nova Basílica estava acontecendo uma missa e não chegamos a ver a imagem de perto.

Basílica Nossa Senhora de Guadalupe-Interior da igreja

Interior da nova Basílica Nossa Senhora de Guadalupe.

  • Paroquia de Santa María de Guadalupe – Capuchinas

Logo ao lado da Antiga Basílica outra bela edificação chama atenção, trata-se do ex convento do século XVIII que foi utilizado pelas freira capuchinhas. Nos domingos acontecem missas abertas ao público.

Basílica Nossa Senhora de Guadalupe-Paroquia de Santa María de Guadalupe

Paroquia de Santa María de Guadalupe ao lado da Antiga Basílica.

Foi neste templo que a imagem de Nossa Senhora era abrigado antes da construção da Nova Basílica em situações em que a Antiga Basílica estivesse fechada por reformas ou remodelações. Assim como a Antiga Basílica, esta edificação também está afundando.

  • Capilla del Pocito

Segundo a lenda Nossa Senhora apareceu pela 4ª vez exatamente no local onde esta construído a Capela chamada Pocitos. O templo é um dos mais belos exemplares do barroco mexicano e uma das edificações mais bonitas do complexo.

Basílica Nossa Senhora de Guadalupe-Capilla del Pocito

Capilla del Pocito.

Em seu interior existe um poço(daí a origem do nome), que supostamente teria surgido milagrosamente por ali, o que atraiu milhares de pessoas em busca de graças e curas.

Basílica Nossa Senhora de Guadalupe-24

A bela Cúpula da Capilla del Pocito.

Como muitas pessoas lavavam suas feridas em busca de curas e tantas outras bebiam, o local teve que ser fechado, assim surgiu a capela, com a intenção de restringir as pessoas em relação ao acesso ao poço.

  • Museo de la Basílica de Guadalupe

Localizado aos fundos da Antiga Basílica o museu fundado em 1941 possui cerca de 4000 objetos em seu acervo. Entre eles estão diversas obras de artes de artistas espanhóis e vários itens religiosos.

  • Capilla de Indios

Este é o templo mais antigo do Santuário. Em seu interior ainda é possível ver partes da construção original, de 1531.

Basílica Nossa Senhora de Guadalupe-15

Ao lado desta capela está a casa onde Juan Diego Cuauhtlatoatzin morou até falecer em 1548.

Basílica Nossa Senhora de Guadalupe-Juan Diego.

Por falar em Juan Diego, vale ressaltar que Juan Diego foi beatificado em 1990, e canonizado em 2002, tornando-se o primeiro santo católico indígena americano.

Aproveitando a deixa sobre Juan Diego, segundo estudos posteriores, Juan Diego – Cuauhtlatoatzin, cujo nome no idioma Mexica (Azteca) significa: “Águia que fala”, era neto por parte de pai do rei Netzahualcóyotl, rei de Texcoco, conhecido também como rei sábio de Texcoco.

Outro fator interessante que não pode deixar de ser mencionado neste post se refere ao nome da Igreja que, como você deve ter percebido, se assemelha ao nome da Santa venerada em Estremadura, na Espanha.

Acontece que segundo contam, o nome que a Santa pediu para que Juan transmitisse ao Bispo (que era espanhol) foi “Quatlasupe” que no idioma Mexica significa “aquela que amassa a serpente”, o que  foi entendido errado pelo Bispo que associou a palavra a Guadalupe.

  • Parque de la Ofrenda

Nos fundos de todas as grandes edificações uma escadaria em meio a fontes e jardins leva até o alto da colina de Tepeyac.  De lá é possível ter uma bela vista da região e das cúpulas dos templos do Santuário.

Basílica Nossa Senhora de Guadalupe-CerroTepeyac

Bora subir a montanha!?

Pelo caminho existe um belo jardim com muitas fontes e esculturas que criam a encenação das aparições de Nossa Senhora.

Basílica Nossa Senhora de Guadalupe-28

A beleza dos jardins no Parque de la Ofrenda.

Repare que muitas pessoas deixam moedas nas fontes e sempre tem um segurança por perto para se assegurar que ninguém vai roubar os santos (rs).

  • Capilla del Cerrito – Capilla de San Miguel

No alto da Colina de Tepeyac está a Capilla de San Miguel, ou Capilla del Cerrito. Este templo foi construído em menção ao local onde se recorda o milagre das flores. Segundo diz a lenda, foi no alto deste Cerro que Juan teve a primeira visão. Atualmente funciona como Convento das Carmelitas.

Basílica Nossa Senhora de Guadalupe-Capilla del Cerrito

Capilla del Cerrito – Capilla de San Miguel

  • Carillón  – Campanário e relógio da Basílica

Em frente as principais edificações do santuário, destaca-se o grande Campanário e relógio da Basílica Nossa Senhora de Guadalupe.

Basílica Nossa Senhora de Guadalupe-Carillón

Carillón – Campanário e relógio da Basílica

Além dos 19 sinos que fazem parte do campanário, podemos observar quatro relógios distintos: um relógio astronômico, um solar, um calendário asteca (em tamanho idêntico ao original) e um relógio comum.

Basílica Nossa Senhora de Guadalupe-Calendário Azteca

Calendário Azteca.

O campanário possui representação das aparições de Nossa Senhora de Guadalupe às 10h, 12h, 14h e 16h.

Além de todas as atrações citadas acima, o complexo de templos do Santuário Nossa Senhora de Guadalupe ainda possui mais algumas capelas menores, uma biblioteca, um cemitério (onde estão sepultados diversas personalidades importantes do México) e lojas de artigos religiosos.

Claro, além de conhecer todos os atrativos do local, não deixe de observar o cotidiano dos fiéis que vão até as igrejas. Se estiver no México nas proximidades do dia 12 de dezembro, vá até o santuário para observar o mar de gente que comparece ao local para comemorar o aniversário da primeira aparição. Quase metade dos 20 milhões de pessoas que visitam a igreja por ano, o fazem no dia 12 dezembro e nos dias próximos ao dia 12 . Deve ser uma baita de uma celebração de fé né?

Como ir até a Basílica Nossa Senhora de Guadalupe

Basílica Nossa Senhora de Guadalupe-

Basílica Nossa Senhora de Guadalupe.

Muitas pessoas vão até a Basílica Nossa Senhora de Guadalupe no mesmo dia da visita às impressionantes pirâmides de Teotihuacan, já que o Santuário fica no caminho. De fato esta é a melhor opção e foi o que nós fizemos.

Grande parte destas pessoas vão à Teotihuacan em excursões e neste caso a maioria das visitas à Basílica Nossa Senhora de Guadalupe é feita pela manhã, antes da visita às piramides.

Nós fomos por conta própria e fizemos o caminho inverso, tanto em Teotihuacan, como na Basílica de Guadalupe. Chegando cedo em Teotihuacan evitamos a multidão e principalmente o calor do sol e chegando no fim da tarde no Santuário evitamos as excursões da manhã.

Para chegar ao Santuário aproveitamos o ônibus que volta das piramides e pedimos para descer na Basílica Nossa Senhora de Guadalupe. O motorista nos deixou na esquina e disse que era só seguir reto. Andamos 5 ou 6 quadras e já estávamos no Santuário. A região é bem movimentada e nos pareceu bastante tranquila.

Para quem vai por conta própria desde o centro da Cidade do México, a maneira mais fácil é através do Metro da linha 6 (vermelha). Basta descer na estação “La Villa-Basílica” que fica a cerca de 3 quadras do Santuário. Também é possível chegar através do Metro da Linha 3 (Verde Oliva) para isso é preciso descer na estação “Deportivo 18 de Marzo” que fica mais distante, a cerca de 10 quadras.

Se preferir utilizar ônibus, você deverá pegar qualquer ônibus “MetroBus” Hidalgo-LaVilla no sentido nordeste.

Também é possível ir até o Santuário utilizando Táxi ou Uber.

SERVIÇO:

Basílica Nossa Senhora de Guadalupe:

Endereço: Plaza de las Américas núm. 1,  Col. Villa de Guadalupe, Delegación Gustavo A. Madero, C.P. 07050, México, D.F.
Telefone: 01(55)5118 0500
Metrô:  La Villa-Basílica (linha 6)
Mais informações: Site oficial


QUER AJUDAR O DMEC SEM GASTAR MAIS POR ISSO? 

Organize sua viagem utilizando nossos parceiros e ajude nosso blog:

- Encontre e reserve sua hospedagem na Cidade do México, ou em qualquer parte do mundo através do Booking.com. Você não paga nem um centavo a mais e ainda ajuda o blog! Lembrando que a maioria das reservas feitas através do Booking.com podem ser canceladas.

- Contrate seu seguro viagem através da nossa parceira Real Seguro, além de estar ajudando a manter o DMEC, você vai encontrar o melhor preço, pois a Real Seguro faz cotações com as melhores seguradoras do mercado!

- Está pensando em alugar um carro no México!? Consiga o melhor preço consultando as melhores locadoras através da Rentcars.comAlém de economizar , você pode pagar em até 12x, sem IOF e o melhor, você ajuda o blog e não paga nada a mais por isso!


Share

20 Respostas para Basílica Nossa Senhora de Guadalupe, o santuário mais visitado das Américas.

  1. Que doidas essas igrejas tortas no México, no Zócalo a Catedral também é torta né? Muito bonito o passeio e os jardins, eu vi de longe quando fui a Teotihuacan, mas não visitei. Deveria ter visitado…

  2. Amilton disse:

    Uau, quanta coisa para ver hein? Não sou muito religioso, mas sem dúvida não perderia uma visita a essa região. Parabéns pelo post. Abs

  3. Nossa, ela é linda! Não imaginava que ela era a mais visitada das Américas. Adoro igrejas, mesmo não sendo religiosa. A que mais amei ter conhecido é o Santuário de Las Lajas, em Ipiales, Colômbia. Ótimo post!

  4. Muito bom o roteiro, tenho vontade de voltar ao México para conhecer tantos pontos históricos, já que estive lá na infância e não lembro de nada, rs.
    Gostei da solução da esteira para ninguém ficar atrapalhando a visão.
    Valeu pelas dicas.

  5. A] disse:

    Não imaginava que essa basílica só perderia para o Vaticano em visitações. Parece belíssima, ainda pretendo conhecê-la.

  6. Não sabia da grandiosidade dessa Basílica. Eu ja tinha ouvido falar, mas não fazia ideia disso. Mas não é para menos, né, olha o tamanho desse lugar. Conheço uma pessoa que iria amar conhecer (minha avó é super religiosa). Valeu pelas dicas

  7. Flavia disse:

    Que complexo interessante. Amei o jardim e todas as igrejas com sua magnifica arquitetura. No parque Xcaret tem uma capela em homenagem a nossa senhora de guadalupe como replica dessa da cidade do mexico que é linda também.

  8. Analuiza disse:

    oi Itamar! eu gosto muito de visitar igrejas, mas acredita que eu detestei visitar Guadalupe?! O calor no dia estava insuportável e havia uma multidão: romarias, noivas tirando fotos, pessoas pagando promessa, a missa lotada, fila para ver a imagem… confesso que passei algumas horas sufocantes neste lugar. E olhe que cheguei super cedo! Foi assim todo o tempo que fiquei por lá!

    Pelas suas fotos me parece que você teve mais sorte que eu e pegou o local mais tranquilo, deu para apreciar melhor.

    Eu separei os passeios: fiz Teotihuacan, onde cheguei e parti de busão, e passei o dia inteirinho perambulando, explorando…Experiência fantástica.

    Em outro dia fui a Guadalupe de metrô, como você mesmo menciona no texto, e foi super tranquilo, embora longe.

    Mesmo minha experiência em Guadalupe tendo sido bem ruim, eu concordo com você que faz parte da cultura local, então para quem gosta de conhecer hábitos e costumes, deve mesmo visitar o santuário. :) bj

    • Itamar Japa disse:

      heheh, de fato nossa visita foi super tranquila e o santuário não estava muito cheio! Ficamos bem a vontade e deu pra ver tudo tranquilamente, sem muita aglomeração. Ainda bem! Se bem que, gostamos de ficar no meio da muvuca quando tem algum evento tipico do local, hehe. :)

  9. Caramba 20 milhões de visitas no ano!!!! Que lugar sensacional, esse post me deu a sensação de imersão ao santuário de Guadalupe, foi surpreendente! Obrigado pelo relato e pelos mínimos detalhes.

  10. Roberta Lan disse:

    Gente, que parque maravilhoso! Aliás, tudo aí tá maravilhoso, né? Dá pra ver tudo num dia só, será?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>