Saiba como economizar dinheiro pra próxima viagem.

Este post vai te ajudar a poupar dinheiro pra uma nova viagem. Saiba mais: Mais »

Islas del Rosario e Isla Baru, passeio clássico de Cartagena de Indias

Um dos passeios mais procurados em Cartagena de Indias é o passeio até as Islas del Rosário e Isla Baru... Saiba como é... Mais »

Catedral de São Basílio, a igreja mais bonita do mundo!!!

Conheça a Catedral de São Basílio, um dos maiores cartões postais da Rússia e uma das igrejas mais bonitas do mundo. Mais »

Conheça o Parque Nacional Morrocoy, na Venezuela.

O Parque Morrocoy é um dos cantinhos mais bonitos do Caribe Venezuelano. Saiba mais. Mais »

 

Um bate e volta pra Gramado e Canela.

CanionsGramado e Canela-34

Gramado e Canela são duas das mais importantes cidades turísticas existentes no Brasil. Como estávamos perto delas, decidimos dar um pulinho lá, pra fugir da ociosidade de um período chuvoso na terra dos Cânions. 

Fomos conhecer os belíssimos cânions existentes na divisa entre Santa Catarina e o Rio Grande do Sul, mas fomos impedidos de algumas atividades, devido a forte chuva que caiu na região muito na região. Torcemos pra que o rio baixasse e permitisse que a trilha do Rio do Boi fosse aberta, mas infelizmente o rio não baixou e a trilha continuou fechada. Decidimos então, por em prática um plano B pra aproveitar o dia ocioso. Partimos com destino às famosas cidades de Gramado e Canela, ou simplesmente “Cravo e Canela”, como diria nosso amigo Maicon.

Plano B – Gramado e Canela

Partimos com destino às cidades de Gramado e Canela, pela Br 101 e depois pela “Rota do Sol” que naquele dia não justificava o nome, visto que chovia bastante. Em cerca de 2 horas, fizemos os cerca de 130 km de distância que ligam Praia Grande à Canela. Pra nossa alegria, não chovia por lá e o sol até deu uma aparecidinha, mesmo que de maneira bem tímida.

Canela

Canela é uma simpática cidade, localizada na região das Hortênsias, a região mais visitada por turistas no Rio Grande do Sul. Juntamente com a vizinha Gramado, é uma das cidades mais visitadas do Brasil e é um excelente exemplo de como explorar bem o turismo. A cidade possuí varias atrações naturais e uma infinidade de atrações criadas para agradar todos os tipos de turistas. Canela possui uma completa infraestrutura hoteleira e gastronômica.

Gramado e Canela-14

Foto: Itamar Japa.

Gramado e Canela são exemplos a serem seguidos por outras cidades turísticas no Brasil.

Nós estivemos visitando rapidamente a cidade e ficamos admirados com a educação e receptividade dos moradores de Canela. Um povo extremamente respeitoso, que sabe tratar muito bem o turista.

Eu como Curitibano, fico pasmo com algumas atitudes, como por exemplo, todos os carros parando pra você atravessar a rua. Basta você se aproximar da rua e eles param, as vezes você nem quer atravessar e tem que dar sinal pra eles seguirem, caso contrário, ficam esperando você atravessar e nem fazem cara feia. Pra se ter uma ideia, vários motoristas pararam pra eu poder tirar fotos. Sensacional, meus parabéns pra Canela!

Como não dispúnhamos de muito tempo, nosso mini tour pela cidade não foi muito abrangente, mas foi muito válido.

Catedral Nossa Senhora de Lourdes

Nosso passeio começou no centro e o primeiro destino foi uma das principais atrações da cidade, a belíssima Catedral Nossa Senhora de Lourdes, mais conhecida como Catedral de Pedra. A  igreja de estilo gótico, inaugurada em 1953, é avistada de várias partes da cidade e impressiona por tamanha beleza e imponência. Possui 65 metros de altura e uma torre com 12 sinos de bronze. No seu interior existem lindos vitrais coloridos e no lado de fora um jardim fenomenal com muitas flores.

Gramado e Canela

Lateral da Catedral Nossa Senhora de Lourdes. Foto: Itamar Japa.

Gramado e Canela-3

O belo Jardim da Catedral de Pedra de Canela. Foto: Itamar Japa.

Gramado e Canela-4 Gramado e Canela-2 CanionsGramado e Canela-9
Fotos: Itamar Japa (exceto a da esquerda – por Maicon Canton).

Da igreja, circulamos um pouco pela cidade e logo almoçamos em um dos diversos restaurantes existentes na região, pagamos 19 pilas/pessoa – comida livre – bem simples e com carne a vontade – O restaurante se chama Maria bonita e por estar localizado bem no centrão tem um preço bem justo. Ideal pra galera da economia como nós! Não aceita cartão de crédito.

Seguimos rua abaixo, até o centro de informações, ali pegamos alguns mapas da cidade e recebemos algumas dicas.

Casa de Pedra

Um pouco mais à frente está a Casa de Pedra, uma construção histórica, construída em 1953, que atualmente abriga um teatro e em alguns dias da semana também funciona como cinema cultural.

Gramado e Canela-6

Casa de Pedra. Foto: Itamar Japa.

Feira de artesanatos

Ao lado da Casa de pedra existem várias casinhas bonitinhas que vendem produtos dos artesões da cidade.

Gramado e Canela-7

A Paty caindo na “tentação” das compras. Foto: Itamar Japa.

Do centro, partimos em busca do famoso parque que abriga a Cascata do Caracol, a maior atração natural de Canela.

Parque do Caracol

O Parque do Caracol está localizado a apenas 7 km do centro e possui vários atrativos pra crianças e famílias.

Um dos principais atrativos é também um dos cartões postais mais famosos do sul do Brasil, a Cascata do Caracol.

Gramado e Canela-12

Foto: Maicon Canton.

A Cascata tem uma queda de 131 metros e pode ser observada de várias partes do Parque. Existe um Mirante que proporciona um visão privilegiada da Cascata do Caracol e região.

Gramado e Canela-13

A belíssima Cascata do Caracol. Foto: Itamar Japa.

Pra quem quiser ver a Cascata mais de perto, existe uma escadaria de 927 degraus que, teoricamente, leva até a base da Cascata. Mas vou avisando, tem que ter disposição pra descer até lá. Verifique sua condição física, porque a volta exige bastante!

Sabem como e chama esta escadaria? Escadaria da Perna Bamba…

Gramado e Canela-15

Galera descendo a escadaria da perna bamba. Foto: Patricia Pereira.

Quando estive lá no Parque pela primeira vez, ninguém quis descer comigo e eu fiquei com aquela vontade entalada na garganta. Desta vez, com uma galera mais aventureira, desci e matei a vontade!

Infelizmente a escadaria esta interrompida e não chega até a base, mas mesmo assim a vista é muito bonita.

Também é possível visualizar a Cascata e toda região em um Observatório de 30 metros, onde se tem visão do parque em 360º. Nós não subimos este Mirante pois cobram mais 10 reais.

Além da Cascata, o parque possui trilhas, churrasqueiras, restaurante, lojas e uma mini estação de trem.

Gramado e Canela-16

A estação “Sonho Vivo”. Foto: Itamar Japa.

Informações: Parque do Caracol –  http://www.parquedocaracol.com.br/ Endereço: Estrada do Caracol – Km 0; Tel: (54) 3278-3035; Email: parquedocaracol@canela.com.br

Mundo a Vapor

Saímos do Parque e partimos rumo a Gramado, no caminho passamos pelo Mundo a Vapor, um Parque temático sobre máquinas a vapor. Nós não entramos, mas a fachada, que reproduz em tamanho natural, o famoso acidente de trem acontecido no ano de 95, em Paris, rendeu boas fotos.

Gramado e Canela-17

Mundo a Vapor. Foto: Itamar Japa.

Gramado e Canela-18

Mundo a vapor. Foto: Itamar Japa.

Gramado

A cidade que possui mais de 90% de sua renda proveniente do turismo, não pode decepcionar e está muito bem preparada para receber os turistas. Gramado é o maior polo turístico do Rio Grande do Sul e um dos mais importantes do Brasil. Possui uma imensa e capacitada infraestrutura hoteleira e gastronômica e a cidade sabe explorar seu potencial turístico, disponibilizando atrativos durante o ano todo, destaque para os eventos que mais atraem turistas como o Natal Luz, o Festival de Cinema de Gramado e a Festa da Colônia.

CanionsGramado e Canela-25

As belas edificações de Gramado. Foto: Itamar Japa.

A cidade possui centenas de atrativos excelentes, mas nós só demos uma passadinha super rápida pelas ruas do centro… Como a visita foi um “bônus” que descolamos pra arranjar algo que substitui-se as trilhas da Serra – privadas pela chuva – deu tempo de ver o básico do básico.

Igreja São Pedro

A Igreja São Pedro, inaugurada em 1942, fica localizada bem no centrão de Gramado, foi construída com pedra basáltica e levou 8 anos pra ficar pronta. Em frente da Igreja existe uma bela fonte com os 12 apóstolos esculpidos em pedras.

CanionsGramado e Canela-22

Catedral de Pedras de Gramado. Foto: Itamar Japa.

Palácio dos Festivais

Ao lado da Igreja está o Palácio dos Festivais, uma edificação de estilo colonial que abriga desde 1973, o famoso Festival de Cinema de Gramado.

CanionsGramado e Canela-24

Palácio dos Festivais de Gramado. Foto: Itamar Japa.

Do outro lado da rua está a Praça Major Nicoletti, uma espécie de coração de Gramado. A praça foi inaugurada em 1936 e foi remodelada em 2003. Ali está o Centro de informações de Gramado, que fica sobre os banheiros públicos da praça, bem luxuosos por sinal, aliás tenho que comentar que Gramado é um tipo de turismo meio chique, tanto pelos frequentadores, como pelos preços.

Rua Coberta

E por falar em chique, preços etc, ao lado da praça esta a Rua Coberta, uma rua de quase 100 metros, fechada pra carros e coberta por um telhado de vidro, onde turistas endinheirados desfrutam do Glamour da cidade, em lojas, cafés e restaurantes. Claro que só demos uma passadinha por lá.

CanionsGramado e Canela-20

Rua Coberta. Foto: Itamar Japa.

Ainda sobrou tempo de dar uma circulada pelas belas ruas da cidade, antes de partir pra pegar um final de tarde no Lago Negro.

CanionsGramado e Canela-26 CanionsGramado e Canela-28
 A bela arquitetura das edificações de Gramado. Fotos: Itamar Japa.

Lado Negro

O Lago Negro é um lago artificial situado em um belo parque no bairro Planalto, é um dos principais cartões postais da cidade de Gramado. O nome do “Lago Negro” tem origem nas árvores trazidas da região da Floresta Negra, na Alemanha. Estas árvores foram plantadas ao redor do lago, depois que um incêndio destruiu a vegetação original.

Gramado e Canela-31

O Lago Negro de Gramado. Foto: Itamar Japa

O lago é rodeado por uma exuberante vegetação com muitas Araucárias, Azaleias e Hortênsias. Algumas aves aquáticas como gansos e patos também dão o ar da graça, junto dos pedalinhos de gansos que etão disponíveis para os turistas brincarem no lago.

  CanionsGramado e Canela-36 CanionsGramado e Canela-32
Fotos: Itamar Japa (esq.) e Maicom Canton (dir.)

CanionsGramado e Canela-33

Lago Negro. Fotos: Itamar Japa.

Na volta pra Praia Grande, ainda demos uma passadinha em Canela e tivemos a chance de dar uma última olhada na bela iluminação da Catedral de Pedras de Gramado.

CanionsGramado e Canela-37 CanionsGramado e Canela-38 CanionsGramado e Canela-39
As cores da Catedral. Fotos: Itamar Japa.

Voltamos pra Praia Grande, na esperança de conseguir fazer a trilha do Rio do Boi, mas está esticada até Gramado e Canela foi realmente muito proveitosa. As cidades possuem uma infinidade de atrativos, mas em um dia dá pra ver e curtir bastante coisa!

Share

2 Respostas para Um bate e volta pra Gramado e Canela.

  1. Paula Abud disse:

    Ahhh, Canela é meu xodó, amei essa cidade linda! Gramado também é maravilhosa, mas Canela me arrebatou, adorei seu post e me bateu uma saudade…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>