Saiba como economizar dinheiro pra próxima viagem.

Este post vai te ajudar a poupar dinheiro pra uma nova viagem. Saiba mais: Mais »

Islas del Rosario e Isla Baru, passeio clássico de Cartagena de Indias

Um dos passeios mais procurados em Cartagena de Indias é o passeio até as Islas del Rosário e Isla Baru... Saiba como é... Mais »

Catedral de São Basílio, a igreja mais bonita do mundo!!!

Conheça a Catedral de São Basílio, um dos maiores cartões postais da Rússia e uma das igrejas mais bonitas do mundo. Mais »

Conheça o Parque Nacional Morrocoy, na Venezuela.

O Parque Morrocoy é um dos cantinhos mais bonitos do Caribe Venezuelano. Saiba mais. Mais »

 

Centro Histórico de Quito, o maior e mais bem preservado das Américas

Centro-Histórico-de-Quito

Se tem uma coisa que adoramos é visitar os centros históricos das cidades. Agora imagine a nossa felicidade quando chegamos no Equador e demos de cara com o Centro Histórico de Quito, o maior e mais bem preservado das Américas. Pense na nossa alegria! Neste post nós vamos mostrar um pouco deste que é, sem dúvida alguma, um dos centros históricos mais belos que já visitamos. Confira:


Acompanhe o DMEC no Instagram: @demochilaecaneca
No Equador nós usamos a hastag #DMECnoEquador

 Centro Histórico de Quito

A cidade de Quito foi fundada em 1534 (é a capital mais antiga da América do Sul) e foi justamente na região do Centro Histórico, que o espanhol Sebastián de Benalcázar fundou a então Villa de San Francisco de Quito. Porém, muito antes dos espanhóis chegarem, a região já era um importante centro comercial e cerimonial dos povos indígenas que já habitavam a região. O local foi inclusive uma das sedes administrativas do Império Inca, o último império a habitar o local antes da chegada dos invasores espanhóis.

Centro Histórico de Quito-4

Centro Histórico de Quito.

Declarado pela UNESCO como o primeiro Patrimônio Cultural da Humanidade, em 1978 (junto com Cracóvia), o Centro Histórico de Quito possui um impressionante conjunto arquitetônico espalhado por mais de 3,2 km².

Centro Histórico de Quito-13

Centro Histórico de Quito.

São milhares de edificações coloniais muito bem preservadas espalhadas por todos os lados. Caminhar pelo centro histórico da capital equatoriana é garantia de surpresa a cada esquina explorada! Raramente você vai olhar pro lado e não vai se encantar com o conjunto as casinhas coloniais coloridas.

Centro Histórico de Quito-24

Centro Histórico de Quito.

Embora a grande maioria dos viajantes estrangeiros que visitam Quito fiquem hospedados próximo a Plaza Foch, na localidade chamada La Mariscal (onde estão os bares e a noite mais agitada da cidade), nós preferimos andar na contra mão e arriscamos nos hospedar no Centro Histórico de Quito. Nossa decisão não poderia ter sido melhor, pois o Centro Histórico é de longe o lugar que mais gostamos na capital do Equador.

O que fazer no Centro Histórico de Quito

  • Caminhar pelas ruas sem destino

Nós chegamos em Quito pela madrugada e já no começo do dia começamos a caminhar. Fizemos um Free Walking Tour pra se orientar na geografia da cidade.

Logo após o Tour, percorremos o Centro Histórico sem destino e fomos descobrindo aos poucos alguns cantinhos maravilhosos. Quem nos acompanha sabe o quanto gostamos de caminhar sem destino, se perdendo pelas ruas das cidades e descobrindo seus encantos. O Centro Histórico de Quito é um lugar ideal para esta prática.

Centro Histórico de Quito-14

Centro Histórico de Quito.

Pra todo lado que se caminhe, sempre tem alguma coisa legal pra ver. Iguais e diferentes ao mesmo tempo, as casinhas coloniais do Centro Histórico de Quito, proporcionam ao visitante muitas surpresas agradáveis.

Centro Histórico de Quito-3

Não importa pra que lado você vá, as casinhas coloridas estão por toda parte!

Dentre as diversas edificações destacam-se museus, palácios e principalmente as igrejas. Aliás a cidade está repleta de igrejas e por este motivo Quito também é conhecida como “Claustro da América“.

  • Conhecer muitas igrejas

Não tem como conhecer o Centro Histórico de Quito sem topar com uma bela igreja. Elas estão por toda parte e são sem dúvida alguma grandes atrativos na cidade.

Centro Histórico de Quito-18

Iglesia del Sangrário.

São muitas igrejas espalhadas pelo Centro Histórico, mas se você acha que não vai dar conta (ou vai ter paciência) de ver todas elas, tenha em mente que algumas delas são imperdíveis:

- La Compañia - Considerada como uma das mais importantes expressões da arquitetura barroca na América Latina e no mundo, La Compañia começou a ser construída no século XVII. A igreja tem sua fachada construída com rochas vulcânicas e destaca-se principalmente por seu interior, que é todo folhado a ouro. Aliás esta igreja é considerada com um dos maiores tesouros do Equador, justamente por ter todo seu interior todo dourado, literalmente.

Centro Histórico de Quito-30

La Compañia de Jesus. A igreja do interior dourado.

Para ter acesso e ver todo dourado do interior da igreja é preciso pagar U$5,00. Infelizmente não é permitido tirar fotografias. Neste link aqui é possível fazer um tour virtual pelo interior da igreja.

- Basílica del Voto Nacional - A maior igreja de todo Equador não é tão antiga quanto as demais espalhadas pela cidade, mas é uma igreja que não pode deixar de ser visitada. A Basílica del Voto Nacional tem sua arquitetura inspirada na Catedral de Notre Dame, em Paris, e é considerada o maior templo religioso em estilo neogótico das Américas.

Centro Histórico de Quito-27

Basílica del Voto Nacional

É possível subir até o alto de uma de suas torres, de onde se tem uma linda vista de parte da cidade de Quito e principalmente do Morro El Panecillo, que fica bem de frente com a igreja. Também é possível entrar na nave da igreja, o que não fizemos desta vez.

Centro Histórico de Quito-28

Vista a partir da Torre da Catedral del Voto Nacional.

Para subir até o alto da torre, ou para visitar o interior da igreja é cobrado U$2,00 dólares por pessoa, pra cada lugar.

 – Iglesia de San Francisco – Construída sobre um dos palácios do Inca Huayna Cápac, a igreja e convento San Francisco é um grande conjunto de construções que ocupa cerca de 3 hectares. Só pra se ter uma ideia o complexo possui 13 claustros, sendo 6 de grande magnitude. No interior da igreja e das capelas existem diversas obras de artes.

Centro Histórico de Quito-5

Iglesia de San Francisco, primeira igreja do Equador.

É a igreja mais antigas do Equador, tendo sua construção iniciada a partir do ano de 1550 (substituindo outra construída em 1535). A Igreja de San Francisco é a igreja preferida dos quitenhos e nós pudemos observar este carinho quando estivemos na cidade na semana santa.

Quito a cidade da metade do mundo-11

Multidão de fiéis em frente a Igreja de São Francisco.

É no templo maior desta igreja que está a virgem que serviu de inspiração para a construção da grande Virgem de Quito que fica no alto do morro El Panecillo.

Além destas igrejas citadas acima também podemos destacar a Catedral Metropolitana de Quito, a Iglesia Santo Domingo, a Iglesia del Sangrário (foto noturna acima) e a Iglesia de La Merced.

Centro Histórico de Quito-10

Iglesia de La Merced.

Porém se você gosta de visitar igrejas fique tranquilo pois existem dezenas de outras igrejas espalhadas pelo Centro Histórico de Quito… É igreja que não acaba mais. ;)

  • Percorrer a Calle de las Siete Cruces

E por falar em igrejas, quem visita o Centro Histórico de Quito, não pode deixar de percorrer a rua Gabriel Garcia Moreno, mais conhecida como a Callle de las 7 cruces.

Centro Histórico de Quito-29

Um das 7 cruzes, em frente da Iglesia del Sagrario.

Historicamente esta é uma das ruas mais importantes de Quito, pois sempre foi uma caminho comercial e religioso, tanto no período pré-hispânico, como no período colonial.

Centro Histórico de Quito-33

Como aconteceu em todos os lugares onde os espanhóis chegaram, os antigos templos religiosos dos povos originários foram saqueados e destruídos. Em seus lugares foram construídos templos católicos, ou fortalezas militares.

No caso da rua das 7 cruzes, foram construídas várias igrejas ao longo do caminho onde existiam templos pré-hispânicos, entre eles o templo do sol e o templo da lua, cada um em lado oposto da rua.

No total foram construídas 6 igrejas em um trecho de pouco mais de 500 metros, cada uma com uma cruz de pedra em frente – uma das cruzes fica de frente ao antigo hospício, que hoje funciona como Museu da cidade de Quito.

Mais tarde a Rua das 7 cruzes foi renomeada em honra ao ex-presidente do Equador, que foi assassinado nessa mesma rua.

Além das cruzes, vale muito a pena percorrer esta rua, pois é uma das mais bonitas da região, com muitas casas lindas.

Centro Histórico de Quito-25

A calle de las 7 cruces de baixo pra cima…

Centro Histórico de Quito-16

… e de cima pra baixo em um final de tarde com muito trânsito.

As 7 cruzes estão posicionadas em frente das seguintes igrejas: El Carmen Alto, La Compañía, El Sagrario, la Catedral, la Concepción e Santa Bárbara. (e em frente do antigo hospício da cidade).

  • Visitar as praças e observar o cotidiano

As praças do Centro histórico de Quito são bastante movimentadas e são uma boa opção pra observar o cotidiano dos quitenhos.

Centro Histórico de Quito-37

Uma deliciosa salada de frutas tropicais pra refrescar!

A principal praça e coração do centro histórico é a Plaza Grande, ou Plaza de la Independencia. Ao seu redor estão alguns dos principais edifícios da cidade entre eles a Catedral Metropolitana de Quito e a sede do governo nacional, o Palácio de Carondelet. 

É um excelente local pra marcar como ponto de referência pra começar e terminar as andanças pelo Centro Histórico de Quito, inclusive todos os mapas turisticos oferecidos pela prefeitura e alguns guias, como o Lonely Planet, traçam seus roteiros partindo desta praça.

Centro Histórico de Quito-38

Plaza Grande, coração do Centro Histórico de Quito.

Outra praça importante é a Plaza São Francisco, que fica em frente a igreja de mesmo nome. Porém temos que mencionar que esta praça, assim como várias outras localidades da cidade, está em obras e fechada parcialmente, pois faz parte do local por onde passará o metro de Quito.

Outras praças do Centro Histórico de Quito que merecem uma passadinha são as Plazas Santo Domingo, a Plaza de San Blás, Plaza de La Merced e a Plaza Chica. Repararam algo em comum com as igrejas, como é de se imaginar, cada Praça fica em frente a uma igreja homônima. Bom que já dá pra ver a praça e a igreja ao mesmo tempo.

  • Subir até El Panecillo e ver toda a cidade do alto

El Panecillo é um dos principais atrativos e mais emblemáticos símbolos de Quito. No alto deste pequeno morro é possível ter uma vista privilegiada de quase toda cidade de Quito.

Centro Histórico de Quito-42

A Paty e o visual a partir de El Panecillo.

É no alto do El Panecillo que está a Virgem de Quito, uma réplica da Virgem existente no interior da Igreja de San Francisco. Está é a maior estátua em alumínio do mundo.

Centro Histórico de Quito-41

A famosa estátua da VIrgem de Quito.

No interior da Virgem de Quito existe um pequeno museu, onde é possível conferir entre outras coisas o desenvolvimento da construção da imagem, réplicas das principais igrejas do centro histórico e réplicas dos pedaços de alumínio utilizados para construção da imagem.

El Panecillo divide a cidade de Quito entre o norte e o sul da cidade e serve como ponto de referencia pra se localizar.

É possível chegar ao alto do El Panecillo a pé, embora digam que não é seguro se você estiver em poucas pessoas. Na dúvida tome um táxi, ou utilize o transporte público.

  • Tomar uma cerveja na Calle La Ronda

A rua mais animada do Centro Histórico de Quito já foi uma antiga trilha Inca, muito antes dos espanhóis chegarem. Mais tarde transformou em uma importante rota comercial dos colonizadores e muto tempo depois se tornou o destino preferido dos artistas, poetas, músicos e boêmios da cidade.

Centro Histórico de Quito-43

La Ronda – tranquila durante os dias.

Na atualidade La Ronda é o destino preferido dos boêmios quitenhos. Diferente da Plaza Foch, onde a maioria esmagadora dos frequentadores são gringos e turistas baladeiros, na rua La Ronda, a maioria dos frequentadores é formada por quitenhos.

Durante o dia as ruas coloridas de La Ronda têm a predominância de atelies, onde artesão trabalham e vendem suas obras. Já durante a noite (principalmente nas sextas e sábados) bares, karaokês, clubes, lanchonetes e restaurantes fazem com que a rua ganhe vida.

Centro Histórico de Quito-46

Bem animada durante as noites dos finais de semana.

Nos finais de semana a rua tem muito agito enquanto nos dias de semana torne-se um pouco mais tranquila. Nós nos hospedamos a uma quadra da Calle La Ronda e foi ali que tomamos nossa cervejinha.

Centro Histórico de Quito-23

… e Caneca!

  • Visitar os Museus

Embora não tenhamos visitado nenhum museu no Centro Histórico de Quito (pasmem), existem alguns museus espalhados pelo centro histórico. O Museu da Cidade, o Museu Casa Sucre e o Museu Pedro Gocial (na Igreja e Convento São Francisco). Aliás temos que fazer uma observação, uma cidade com tanta história como Quito merece enfatizar mais os museus.

  • Visitar o Palácio de Carondelet

Relativamente nova na rota dos passeios pela cidade de Quito, a visitação ao Palácio de Carondelet, a sede do governo do Equador, só começou ser feita a partir da entrada do Presidente Rafael Correia. Antes disso jamais algum popular, ou turista tinha tido a oportunidade de visitar o interior do Palácio.

Centro Histórico de Quito-36

Palácio de Carondelet – Sede do Governo do Equador.

A visita é bastante interessante e percorre alguns dos principais cômodos da casa, que teoricamente também é a residencia oficial do presidente do Equador (Rafael Correia se negou a morar lá e continua morando em sua própria casa, na zona sul de Quito).

Centro Histórico de Quito-35

Interior do Palácio de Carondelet.

A visita acontece de terça a domingo e é gratuita. Para conseguir uma vaga é preciso chegar cedo (portanto passaporte/ou identidade) pra fazer um agendamento. Feito o agendamento basta chegar 5 minutos antes do horário combinado.

  • Comer comidinhas de rua

Uma característica marcante do Equador, assim como de outros países latinos, é a quantidade de vendedores ambulantes que vendem de tudo na rua, é shampoo, pasta de dente, roupa, antena de tv, frutas, legumes verduras enfim tudo que você possa imaginar… Dentre tudo que podemos imaginar estão também as comidinhas tipícas como o Motle, Cevichocho, Ceviche, Saladas de frutas, Bananas (plátano) e milho assados, sorvete de paila e muitas outras coisas…

Sorvete Quito

O delicioso sorvete de Paila, um dos mais gostosos que já provamos!

Recomendamos que deixe a frescurinha de lado e mande ver! Nós comemos um pouco de tudo (faltou o ceviche, que deixamos pro final e não deu tempo) e adoramos!!!

  • Ver a troca da Guarda presencial (segundas feiras)

Foi na visita ao Palácio de Carondelet que descobrimos que acontece nas segundas feiras (11h) a troca da guarda presencial. Não tínhamos visto em lugar nenhum sobre este acontecimento e graças a visita descobrimos esta atração, que por sinal é bem interessante. Além do ritual da troca de guarda, quando o presidente está “em casa” ele sai na sacada do Palácio pra conversar com o povão.

Centro Histórico de Quito-34

Troca da Guarda presencial

É isso galera, nós ficamos 7 dias em Quito, sendo que a maior parte destes dias foram dedicados ao Centro Histórico. Não é preciso dizer que adoramos né!


QUER AJUDAR O DMEC SEM GASTAR MAIS POR ISSO? 

Utilize os nossos parceiros e ajude nosso blog:

- Encontre e reserve sua hospedagem no Centro Histórico de Quito, en La Mariscal,  ou em qualquer parte do mundo, através do Booking.com. Você não paga nem um centavo a mais e ainda ajuda o blog! Lembrando que a maioria das reservas feitas através do Booking.com podem ser canceladas.

- Contrate seu seguro viagem através da nossa parceira Real Seguro, além de estar ajudando a manter o DMEC, você vai encontrar o melhor preço, pois a Real Seguro faz cotações com as melhores seguradoras do mercado!


Share

29 Respostas para Centro Histórico de Quito, o maior e mais bem preservado das Américas

  1. Que viagem incrível essa de vocês, fiquei ainda mais louca pra conhecer Quito, lindas fotos e a cidade realmente ajuda! Beijos

  2. Adelaide disse:

    Post completo e muito detalhado. Ótimas dicas para planejar um roteiro em uma das cidades mais bonitas e pitorescas da América do Sul. Adorei. Abs

  3. Douglas disse:

    Muito legal essa viagem! Tenho lido sobre Quito por aqui e ficando cada vez com mais vontade! Demais saber que é o centro histórico mais bem preservado das Américas, pois o “centrão” é dos meus lugares preferidos para visitar! E que show esta vista do morro a partir da torre da catedral! Valeu!

  4. Acompanhei essa viagem linda de vocês pelos instagram e amei cada foto! Ando morrendo de vontade de Quito! Obrigada por compartilhar conosco.

  5. Alessandra disse:

    Nunca imaginei que o Equador fosse tão bonito. Adorei as dicas, agora já quero comprar a passagem para conhecer este lugar incrível. Parabéns.

  6. Também adoro Centros Históricos! O de Quito me parece lindo lindo! Preciso conhecer!

  7. Nunca imaginei que a cidade tivesse um património arquitectónico tão rico e tão belo. As vossas fotos fazem juz ao lugar, gostei em particular a fachada da igreja de la Compañia de Jesus (lembra-me muitos os traços das ruínas de S. Paulo, em Macau).
    Fantástica partilha
    Abraço
    Ruthia d’O Berço do Mundo

  8. Quito ficou tāo distante agora, com a mudança do nosso roteiro…
    Mas quando chegarmos lá vamos seguir todas as dicas d vcs. Adorei o post, adorei o jantar em Curitiba e acho que precisamos de mais uns 50 para conseguirmos conversar tudo…hehe
    Bjos

  9. Dilma disse:

    Oi Itamar, no equador vcs ficaram só em Quito ou conheceram outras cidades? Como é o clima, é frio? E quanto à segurança, o que vc achou? É seguro andar pelas ruas de Quito? Gostei muito do post, deu vontade de conhecer a cidade. ;)

  10. Olá pessoal, não me canso de ler os relatos de vocês, em Quito, porque além de terem ficado muito bons, esse centro histórico oferece muitas experiências bacanas. Parabéns mais uma vez pela dica!

  11. Que lugar mágico e lindo, dá ainda mais vontade de conhecer depois de ler o seu post!!

  12. Estamos realmente encantados com os seus posts dessa cidade que, até então, não estava no nosso roteiro! Certamente iremos conhecer! Beijos!

  13. Ana Coutinho disse:

    Uau! Que lindo patrimonio histórico. Não tinha idéia que Quito fosse tão linda. Parabéns pela divulgação das belezas desse lugar <3

  14. Quito é a minha favorita <3 Eta cidade linda! Eu viajei tão tranquilamente por essas ruas que nunca me inspirei muito pra escrever no OMMDA, acho que um pouco porque foi parte de uma viagem mais pessoal do que de turismo… amei tudo e preciso voltar! Ler o post foi voltar uns anos atrás :)

  15. Caminhar pelas ruas sem destino foi o melhor! haha! Tão eu! =)
    Lindas fotos! Fiquei apaixonada por Quito, quero muito conhecer! Adorei as dicas! :D

  16. Flavia Zenke disse:

    Adoramos passear pelo centro históricos das cidades também, acho que vivenciamos de perto a cultura e a história do lugar. E as comidinahs de rua? hummm comemos em cartagena um sanduiche tipico e o suco de limão. Adorei o seu post!

  17. Nossa, mais bonita do que eu pensava. Ótimas fotos. Reparei numa mulher ali tipo Cholita… Tem as cholitas em Quito?

    • Itamar Japa disse:

      Olá Nivaldo! Sim, Quito é bem linda mesmo! O Equador é um pais andino e possui muitas regiões onde podemos encontras Cholitas. Quito é um dos locais onde podemos encontrar bastante cholas. ;)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>