Saiba como economizar dinheiro pra próxima viagem.

Este post vai te ajudar a poupar dinheiro pra uma nova viagem. Saiba mais: Mais »

Islas del Rosario e Isla Baru, passeio clássico de Cartagena de Indias

Um dos passeios mais procurados em Cartagena de Indias é o passeio até as Islas del Rosário e Isla Baru... Saiba como é... Mais »

Catedral de São Basílio, a igreja mais bonita do mundo!!!

Conheça a Catedral de São Basílio, um dos maiores cartões postais da Rússia e uma das igrejas mais bonitas do mundo. Mais »

Conheça o Parque Nacional Morrocoy, na Venezuela.

O Parque Morrocoy é um dos cantinhos mais bonitos do Caribe Venezuelano. Saiba mais. Mais »

 

Conhecendo o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros

Parque-Nacional-da-Chapada-dos-Veadeiros---Salto-120

Visitamos o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros em pleno feriado de Carnaval e metemos a cara nas duas trilhas principais do parque. Confira como foi nossa experiencia:


Acompanhe o DMEC no Instagram: @demochilaecaneca
Na Chapada dos Veadeiros nós usamos a hastag #dmecnachapadadosveadeiros

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros

Criado por decreto de Jucelino Kubitschek, no ano de 1961, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros é uma unidade de conservação com mais de 65 mil hectares. Quando criado, o parque tinha quase 10 vezes este tamanho, mas através dos anos perdeu muitos hectares em disputas judiciais.

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros-Salto de 120 metros

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros

O parque fica localizado no estado de Goiás, abrangendo vários municípios goianos. O acesso é feito apenas pelo povoado de São Jorge, no município de Alto Paraíso. É um dos principais atrativos turísticos do estado.

Os maiores atrativos do parque são suas trilhas e cachoeiras. Ao todo são 4 trilhas: a Trilha dos Saltos, a Trilha dos Cânions, a Trilha da Seriema e a Trilha da Travessia das 7 quedas.

A Trilha dos Saltos e a Trilha dos Cânions são as mais concorridas e as mais visitadas do parque. A Trilha da Seriema é uma trilha bem curtinha (800 metros ida e volta) que fica próxima à entrada do parque. Já  a Trilha da Travessia das 7 quedas é uma trilha longa, que só pode ser feita em companhia de guias e necessita de no minimo 2 dias de caminhada.

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros-4

Trilhas e atrativos do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros.

Além das trilhas e cachoeiras, também é possível encontrar centenas de nascentes e cursos de água e uma fauna e flora repleta de beleza. Desde 2001 o parque é considerado Patrimônio Mundial, pela UNESCO.

Nós visitamos o  Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros e fizemos a Trilha dos Saltos e a Trilha dos Cânions no mesmo dia.

Como foi visitar o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros no Carnaval

Acordamos cedo e partimos de Alto Paraíso com destino a Vila de São Jorge, chegando lá, cometemos um pequeno erro: estacionamos o carro na Vila de São Jorge achando que a entrada do Parque estava próxima. Tivemos que fazer uma caminhadinha não programada, já que a entrada do Parque fica a cerca de 1 km da Vila de São Jorge. Por outro lado economizamos R$15,00 do estacionamento, pois lá perto do Parque não é possível estacionar sem ser no estacionamento.

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros

A fila para entrar no Parque.

Como demos uma paradinha no Jardim de Maitreya e estacionamos na Vila de São Jorge, chegamos nos portões do parque às 7h45.

Mesmo com o parque abrindo às 8h, já tinha uma bela de uma fila.

E não demorou muito para a fila se tornar gigante e atingir a quantidade limite de pessoas por dia. Muita gente teve que arranjar alguma outra coisa pra fazer.

Fica a dica: em grandes feriados, chegue cedo se quiser garantir a entrada ao parque e/ou vaga no estacionamento.

O parque abriu às 8h em ponto, mas devido a fila, nós só conseguimos entrar às 9h.

Na entrada é preciso preencher um formulário (termo de responsabilidade) indicando qual trilha você irá fazer. Nós assinalamos as 2 trilhas e recebemos logo de cara um – “Vocês vão fazer as 2 trilhas? – Vão andar muito eim!!! …  Mas dá pra fazer”.

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros-3

Carnaval… fila… multidão…

Normalmente as pessoas escolhem entre a Trilha dos Saltos e a Trilha dos Cânions, mas alguns loucos (como nós) fazem as duas no mesmo dia…

Antes de botar o pé na trilha é necessário assistir um filme sobre o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. Neste filme, que é exibido na sede do parque, são dadas algumas orientações, informações, proibições etc.

Saímos da sede do parque exatamente as 9h15 e de imediato partimos pra primeira trilha do dia, a Trilha dos Saltos.

Trilha dos Saltos 

A Trilha dos Saltos possui aproximadamente 9 km ida e volta (11 km com as Corredeiras) e é considerada uma trilha pesada, apesar de que os primeiros quilometro da ida são feitos na descida e por este motivo, não exigem muito esforço.

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros-29

Trilha dos Saltos

A trilha é feita em um terreno que apresenta trechos bastante irregulares com muitas pedras, incluindo algumas pontiagudas. A caminhada é bastante agradável e ao longo do caminho é possível observar a beleza e exuberância da Chapada dos Veadeiros.

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros-6

Além de toda beleza existente pelo caminho, outro fator interessante é que nesta trilha é possível observar o que já foi o maior Garimpo de Quartzo da região. Por falar nisso, não deixe de reparar nos pedacinhos de cristais que se espalham ao longo da trilha. Em um primeiro momento achamos que algum sem noção tinha quebrado uma garrafa na trilha, mas depois que percebemos que tinha “muita garrafa quebrada”, lembramos do detalhe do garimpo.

Ah!!! Só observe! Não queira pegar recordação! Imagine se cada visitante pegar uma pedrinha ou cristalzinho, daqui a pouco não tem nada…

Após cerca de 4 km de caminhada chega-se a um dos pontos altos da trilha, quando os trilheiros se depararam com um dos cenários mais belos da Chapada dos Veadeiros, o Mirante do Salto de 120 metros.

Chapada dos Veadeiros - Salto 120

O salto de 120 metros.

É deste mirante que os trilheiros se deslumbram e recarregam suas energias. A vista é realmente impressionante! Claro, não é preciso mencionar que pegamos congestionamento de pessoas ali também, lembre-se que fomos para a Chapada em pleno Carnaval!  Por azar ainda chegamos junto de um grupo de cerca de 40 pessoas do Espirito Santo, e os caras meio que monopolizaram o pico! Mas tá bom!

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros-7

Visual incrível da Chapada dos Veadeiros.

Com muito esforço (e paciência) tiramos umas fotos e continuamos o trajeto, que a partir dali começa a ficar mais desnivelado, com uma descida que exige um pouco de atenção. Até o fim da trilha são mais 800 metros aproximadamente.  O fim da Trilha dos Saltos é em frente à outra grande cachoeira do parque, o Salto de 80 metros.

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros-14

O fim da trilha… e o Salto de 80 metros.

Ao contrário da cachoeira anterior, que só pode ser contemplada a partir do mirante e de longe, no Salto de 80 metros é possível tomar um banho, respeitando o limite de segurança estipulado pelos bombeiros (sim, existem Bombeiros – Salva Vidas lá). Tá tudo bem que também ficamos meio de longe, mas pelo menos dá pra entrar na água…

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros-12 Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros-11

Em meio a multidão, nos banhamos por cerca de 40 minutos nas águas escuras e geladas do Rio Preto e depois zarpamos pra conseguir fazer a outra trilha. Saímos lá de baixo aproximadamente às 11h30.

Se a ida é relativamente fácil, pois pra descer todo santo ajuda, a volta exige bastante condicionamento físico e disposição!

Nós nem estamos com todo este condicionamento, mas pelo menos disposição temos bastante. Lá pelas 13h já estávamos na bifurcação que dá acesso a Trilha dos Saltos. Aliás vale mencionar que as trilhas são muito bem demarcadas e bem batidas, impossível se perder.

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros-5

Bifurcação para as trilhas dos Saltos e dos Cânions.

Antes de falar sobre a Trilha dos Saltos temos que mencionar que junto a Trilha dos Saltos está a trilha que leva até as Corredeiras. 

Nós acabamos não indo até lá pois no momento em que estávamos nos aproximando da bifurcação que leva até as Corredeiras, percebemos a presença de alguns indivíduos que nos pareceram muito suspeitos. Como escutamos algumas histórias sobre assaltos, preferimos não arriscar. Assim decidimos seguir junto a outras pessoas e não fomos sozinhos pras Corredeiras. Que fique bem claro que os rapazes realmente eram bem suspeitos, pois passaram por nós correndo e pararam observando a todos, depois correram de novo e pararam próximos a entrada da trilha das Corredeiras. Como não sou bobo nem nada percebi os olhares e preferi não ariscar.  Pelo sim e pelo não as Corredeiras ficam pra próxima.

Trilha dos Cânions 

Depois de ficarmos um pouco apreensivos na bifurcação que leva as Corredeiras, imprimimos um ritmo mais pesado e logo estávamos na bifurcação que também dá acesso a Trilha dos Cânions.

A Trilha dos Cânions é um pouco mais longa que a Trilha dos Saltos, em compensação os 12 km (ida e volta) são quase que totalmente percorridos em um terreno plano e sem desníveis.

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros-15

Uma das pontes na Trilha dos Cânions.

Quando começamos a fazer esta trilha, às 13h, o sol ainda estava a pino, porém mais ou menos na metade do percurso algumas nuvens negras começaram a aparecer e não demorou nem meia hora pro tempo virar e um vendaval começar. Guardamos a câmera e o que não podia molhar e em poucos minutos uma chuva torrencial desabou!

Nestas alturas do campeonato quase ninguém estava indo, em compensação voltando, tinha muuuuita gente. Quando chegamos lá nos Cânions, não tinha ninguém!!! Quer dizer, tinha um trio de gringos escondidos da chuva atrás de uma pedra, mas só fui ver eles depois! rsrsr Ah, depois chegou mais um casal de malucos.

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros-17 Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros-18

Ficamos por lá um pouco e a chuva foi parando, parando até que parou de vez. Logo o tempo deu uma melhorada e até um sol saiu, mesmo que de maneira bem tímida.

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros-21

E a chuva foi embora…

Lembram que falei do fenômeno Cabeça d’água no post das Cachoeiras Almecegas, pois é. Quando cheguei lá percebi que a água estava cheia de folhas e meio estranha, mas nem me atentei a isso. Quando chegamos o rio estava com um nível e quando saímos estava com muito mais água. Mas fiquem tranquilos que no local onde estávamos não corríamos nenhum risco e só observamos o aumento das águas. Nunca é pouco avisar; cuidado com cachoeiras em dias de chuva!

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros-22

Rio Bombando!

Ficamos lá nos cânions por algum tempo e partimos pra conhecer a Cachoeira das Cariocas, que fica próxima ao final das trilhas dos Saltos.

Para ter acesso a Cachoeira das Cariocas é preciso retornar alguns metros e seguir uma outra trilha em uma bifurcação. É uma caminhada de mais 1 km em um trecho com uma descida bastante ingrime.

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros-26

Pra baixo e avante.

Chegando lá demos de cara com aquele grupo do Espirito Santo, lembra? Os que monopolizaram o Mirante da Trilha dos Saltos. Claro que os caras monopolizaram a Cachoeira das Cariocas também… Tiramos algumas fotos e iniciamos o retorno.

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros-27 Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros-28

Saímos da Cachoeira da Carioca pouco depois das 16h e chegamos na portaria do parque às 17h40. Creio que ainda dava tempo de fazer a pequena Trilha da Seriema, mas acabamos não fazendo… Deixamos pra próxima também.

Nós entramos depois das 9h, enfrentamos vários “congestionamentos” ao longo das trilhas, esperamos vários minutos para tirar fotos em alguns lugares com mais pessoas e ainda demos um mergulho no Rio Preto. Ah, e como falei antes, nosso condicionamento físico não está 100%.  Mesmo assim conseguimos fazer as 2 trilhas. Então podemos concluir que pra quem tem pouco tempo, ou está acostumado com trilhas, é possível fazer as 3 trilhas do Parque no mesmo dia e ainda aproveitar as cachoeiras, para isto basta estar com o condicionamento físico em dia e chegar bem cedo no parque.

A dica é começar pela Trilha dos Saltos e se depois você sentir que aguenta, faça a Trilha dos Cânions. Lembre-se: respeite seus limites!

Outra dica bem importante: Utilize calçado fechado. Por incrível que pareça, tinha muita gente fazendo as trilhas de chinelo de dedos e vou falar: Não faça isso!!! As pedras são meio que pontiagudas e você pode se machucar feio! Foi o que aconteceu com um cidadão que estava com o pezão todo estourado lá no Mirante dos Saltos. Estragou o passeio dele e de todos os amigos. Só escutei o amigo dele indignado falando: “Mas é um piá de prédio mesmo”.

SERVIÇO: 

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros:

Endereço: Rod GO 239, Km 36 Vila de São Jorge – Alto Paraíso – GO

Atualmente o parque não cobra ingressos. Entrada Gratuita.

Informações: Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros Fones:(62) 3455-1114 / 3455-1116 / 9299-8536

Gostou do post – Salve a figura abaixo no Pinterest – Aproveite pra nos seguir por lá.

Parque-Nacional-da-Chapada-dos-Veadeiros---Pinterest


QUER AJUDAR O DMEC SEM GASTAR MAIS POR ISSO? 

Utilize os nossos parceiros e ajude nosso blog:

- Encontre e reserve sua hospedagem em Brasilia, Alto Paraíso, São Jorge, Cavalcante ou em qualquer lugar do mundo, através do Booking.com. Você não paga nem um centavo a mais e ainda ajuda o blog! Lembrando que a maioria das reservas feitas através do Booking.com podem ser canceladas.

- Contrate seu seguro viagem através da nossa parceira Real Seguro, além de estar ajudando a manter o DMEC, você vai encontrar o melhor preço, pois a Real Seguro faz cotações com as melhores seguradoras do mercado!


Share

22 Respostas para Conhecendo o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros

  1. Lid Costa disse:

    Ótimo artigo. Eu ainda não tive a oportunidade de conhecer a Chapada dos Veadeiros. Fiquei apaixonada nessas trilhas e principalmente nas cachoeiras rs. Preciso ir logo!

  2. Paloma disse:

    Viagem dos meus sonhos! só fico adiando mas não aguento mais esperar rsrs e lindo demais!

  3. Marlise Vidal disse:

    Oi Pessoal, nossa, sou louca p conhecer esta Chapada. Depois deste artigo fiquei com mais vontade ainda. Valeu pelas fotos!
    Abs, Marlise

  4. Viaje Comigo disse:

    Que sítio mais lindo! Cada vez que vejo fotos da Chapada digo para mim mesma que quero muito ir conhecer de perto, mas já me assustou com o congestionamento! :D Há assim tanta gente a visitar?

  5. Ô lugar maravilhoso! É pra ir cem vezes! E depois mais cem! O melhor é deixar o carro em São Jorge mesmo! 1km dá pra tirar de boa! E essa cachoeira dos Saltos! Adorei o relato, gente! Beijos

  6. Dayana disse:

    Ai, gente, esses posts da Chapada. Tô lendo um por um e sonhando com a trip! Eu fiquei boba com o tanto de gente nessa foto do Rio Preto!!! hahaha

  7. Luis Felipe disse:

    As cachoeiras sao muito bonitas. A natureza fantástica… mas andar tanto assim eu não aguento não!!! Muito massa sua disposição!

  8. Gustavo Costa disse:

    Cara, lendo a postagem passou um filme. Parabéns! A coincidência é que fiz junto com meu amigo essas duas trilhas no mesmo dia e nesse carnaval também! E na mesma ordem que vcs fizeram. Mesmas observações inclusive da roupa adequada. Muitos de chinelo. Estávamos com roupas de trilhas e mesmo assim tivemos um vacilo como um galho arranhou minha orelha. Sem problemas. Mas mesmo com toda a vestimenta, ainda teve esse perigo. Imagine quem ia de chinelo.. parabéns! Depoimento fidedigno! E a Chapada.. que lugar sensacional!

  9. Simone Hara disse:

    Chapada dos Veadeiros está nos planos da família e adorei o post e as dicas!
    Vieram bem a calhar!

  10. Gisele Ramos disse:

    Nossa, que paisagens incríveis! Deve ter sido uma experiência e tanto!

  11. Que fantástico! Babei nas imagens e na experiência.
    Não conheço nada de “Chapadas”, mas quero muito um dia conhecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>