Saiba como economizar dinheiro pra próxima viagem.

Este post vai te ajudar a poupar dinheiro pra uma nova viagem. Saiba mais: Mais »

Islas del Rosario e Isla Baru, passeio clássico de Cartagena de Indias

Um dos passeios mais procurados em Cartagena de Indias é o passeio até as Islas del Rosário e Isla Baru... Saiba como é... Mais »

Catedral de São Basílio, a igreja mais bonita do mundo!!!

Conheça a Catedral de São Basílio, um dos maiores cartões postais da Rússia e uma das igrejas mais bonitas do mundo. Mais »

Conheça o Parque Nacional Morrocoy, na Venezuela.

O Parque Morrocoy é um dos cantinhos mais bonitos do Caribe Venezuelano. Saiba mais. Mais »

 

Visitando a fábrica de Erva-Mate Selecta, no Paraguai.

Fábrica-da-Selecta-no-Paraguai---terere-e-erva-mate

Você sabia que a bebida mais popular do Paraguai é uma bebida que, assim como o Chimarrão, tomado no sul do Brasil, é feita a partir da Erva-Mate!? E mais você sabia que no Paraguai é possível visitar uma fábrica de Erva-Mate e conhecer todo o processo de produção da erva, desde o plantio até o empacotamento! Neste post nós contamos como foi visitar a Selecta, uma das maiores e mais tradicionais fábricas de Erva-Mate do Paraguai. Confira:


Acompanhe o DMEC nas redes sociais: Instagram | Facebook | Twitter | Pinterest
No Paraguai nós usamos a hastag #dmecenoParaguai


O Tererê e a Erva-Mate no Paraguai. 

Se você for visitar o Paraguai, assim que chegar ao país irá perceber que quase todo mundo carrega uma garrafa térmica grande em baixo do braço. Você vai ver que a todo momento eles colocam a água da garrafa em uma Guampa (que é um recipiente tipo uma “cuia”, ou um copo) e bebem o composto com uma espécie de canudo metálico! Você vai se perguntar, o que tem dentro do recipiente? O que eles estão bebendo? É o tererê (ou tereré)!!! A bebida mais tradicional do Paraguai!

fábrica de erva-mate selecta terere-mate

Tomando tererê na Plaza Uruguay, em Assunção.

Feito a partir da Erva-Mate, uma erva utilizada pelos Guaranis que habitam a região a milhares de anos, o tererê, ao contrário do chimarrão, que é muito apreciado no sul do Brasil, é servido com água gelada! Até por isso, o tererê é tão popular no país, afinal de contas, o Paraguai costuma ter uma temperatura bem elevada, que pode ultrapassar 40º no verão! Haja tererê bem gelado!

fábrica de erva-mate selecta terere-8

A Erva-Mate.

A bebida tem como base a Erva-Mate, mas pode ganhar a adição de inúmeros ingredientes, para os mais variados gostos e necessidades. O tererê é tomado junto a ervas medicinais, frutas, folhas, sucos, enfim… A bebida pode ser tomada só como refresco, mas também pode ajudar a curar, ou precaver doenças.

fábrica de erva-mate selecta terere

Mercado Público em Assunção – Tem tererê pra todos os tipos de gostos e necessidades.

Existem algumas teorias sobre a origem do tererê e a mais aceita se refere a Guerra do Chaco, quando as tropas paraguaias começaram a tomar mate frio, pois não acendiam fogueiras pra esquentar a água, a fim de não denunciarem suas posições.

Selecta Yerba Mate

Produtos Selecta. Foto: Divulgação.

Se for visitar o Paraguai, não deixe de provar as várias versões do Tererê. Nós gostamos muito de colocar menta, ou suco de laranja/ou limão. É possível encontrar ervas que já possuem sabores, a Selecta, por exemplo, possui vários sabores.

Além do tererê, os paraguaios também tomam a Erva-Mate com água quente, assim como no Brasil. O “mate“, como é chamado no país, é tomado em uma “cuia” bem menor do que as utilizadas pelos brasileiros.

Agora você já sabe um pouco sobre a Erva-Mate e o tererê! Quando for ao Paraguai não pode deixar de provar as várias versões da bebida.

E mais, você também poderá visitar uma fábrica de ervas e além de conhecer mais sobre a Erva-Mate também poderá ver de perto todo o processo de industrialização da erva. Nós visitamos a fábrica da Selecta e foi uma experiência bastante interessante.

Como é visitar a Fábrica de Erva-Mate Selecta

Visitamos a fábrica da Selecta, que fica localizada no distrito de Bella Vista, no departamento de Itapuá. A visita faz parte de um conjunto de atrativos da região, denominado Rota da Erva-Mate – “Ruta de la Yerba Mate“, onde o visitante pode conhecer alguns lugares e conhecer um pouco mais sobre o cultivo da Erva-Mate.

fábrica de erva-mate selecta terere-Yerberia

Visitando a fábrica da Selecta, no Paraguai.

Na fábrica da Selecta, um tour guiado percorre as instalações da empresa e o visitante pode conhecer todos os processos pelos quais a erva é submetida até ser distribuída para o consumo.

Começamos visitando a sede da fábrica, onde uma residência alemã do ano de 1950, marca também o ano de fundação da fábrica da Selecta, já que até então, a família se dedicava apenas ao plantio da erva, desde 1942. Por falar em alemã, vale mencionar que a região foi colonizada por alemães e tem bastante traços dos colonizadores por lá, inclusive festa do chope, que tinha acontecido dias antes da gente estar por lá.

fábrica de erva-mate selecta terere

A antiga casa da Família fundadora da Selecta.

Logo começamos a explorar as dependências da fábrica e percorremos todos os setores, conhecendo as várias etapas do processo. Vimos os viveiros de mudas, onde começam a germinar as árvores da erva, logo ao lado vimos as mudas germinadas e por fim parte da plantação definitiva, que é pra onde as mudas são transportadas após atingirem 7 cm.

fábrica de erva-mate selecta terere-Mudas

Viveiro de mudas da Selecta.

fábrica de erva-mate selecta terere-

Mudas quase prontas para o plantio.

Na plantação a erva precisa de cerca de 4 anos de cuidados para que possa se desenvolver e começar a ser colhida.

fábrica de erva-mate selecta terere-plantação

Plantação de Erva-Mate.

O processo de produção consiste em várias etapas, dentre as quais podemos destacar o sapecado: quando logo após a colheita, as folhas passam por uma rápida exposição direta ao fogo, para que não venham a fermentar; o secado, onde a erva fica 24 horas com o intuito de reduzir a umidade; o canchado, quando a erva é triturada  para facilitar o empacotamento; e o estacionamento, onde a erva obtém seu corpo e o sabor adequado.

fábrica de erva-mate selecta terere-Sapecador.

Selecta.

fábrica de erva-mate selecta terere-Secador.

Selecta.

fábrica de erva-mate selecta terere-6

Selecta.


 LEIA TAMBÉM:

O QUE FAZER EM ASSUNÇÃO, CAPITAL DO PARAGUAI.
O QUE FAZER EM CIUDAD DEL ESTE, COMPRAS E MUITO MAIS.
CONHEÇA USINA ITAIPU PELO LADO DO PARAGUAY -DE GRAÇA! 


 

No passeio nós conhecemos todos os setores onde acontecem estas etapas e também recebemos algumas explicações básicas sobre como se desenvolvem as etapas do processo.

fábrica de erva-mate selecta terere-mate

Selecta.

fábrica de erva-mate selecta terere-produção

Guia explicando o processo de produção da Erva-mate.

Outra etapa do passeio nos mostra as ervas já embaladas em diferentes versões, destinadas a várias utilizações distintas e prontas para serem distribuídas. A Selecta produz ervas pra consumo nacional e também ervas destinadas a vários países.

fábrica de erva-mate selecta terere-produto

Tererê pronto pro consumo.

fábrica de erva-mate selecta terere-exportação

Países que compram a erva da Selecta.

Pra finalizar o passeio, a guia nos explica algumas curiosidades a mais, nos mostra as premiações ganhas pela Selecta e nos presenteia com algumas das ervas produzidas pela Selecta.

fábrica de erva-mate selecta terere-20

Regalos.

A visita a Fábrica da Selecta e um passeio bastante interessante, principalmente pra quem é fã dos produtos feitos a partir da Erva-Mate. Pode ser incluído no roteiro de quem vai ao Paraguai para visitar as Missões Jesuítas de Jesus de Tavarangue e La Santisima Trinidad, que ficam a cerca de 20 km.

Além da visita pela fábrica o local possui uma reserva de cerca de 173 hectares, onde o visitante pode percorrer uma trilha de 5 km em meio a mata, podendo observar nascentes, árvores de grande portes e animais silvestres. Nós não fizemos este passeio, mas fica a dica pra quem estiver com tempo sobrando na região.

SERVIÇO: 

Mais informações: http://www.selecta.com.py/ Fone:  (595-767) 240 247 Celular 0982-700 116

Valor do Ingresso:
Visitantes estrangeiros: 25.000 Guaranis (cerca de R$16,00) – Visitantes nacionais 5.000 Guaranis.

Horário:
De Segunda a Sexta Feira: das 7h às 11h30 e das 13h30 até às 17h. Finais de semana e feriados visitadas com reservas.

O DMEC visitou o Paraguai e a Fábrica da Selecta a convite da Secretaria de Turismo do Paraguai – SENATUR


QUER AJUDAR O DMEC SEM GASTAR MAIS POR ISSO? 

Organize sua viagem utilizando nossos parceiros e ajude nosso blog:

- Encontre e reserve sua hospedagem em Bella Vista, Encarnación, ou em qualquer parte do mundo através do Booking.com. Você não paga nem um centavo a mais e ainda ajuda o blog! Lembrando que a maioria das reservas feitas através do Booking.com podem ser canceladas.

- Contrate seu seguro viagem através da nossa parceira Real Seguro, além de estar ajudando a manter o DMEC, você vai encontrar o melhor preço, pois a Real Seguro faz cotações com as melhores seguradoras do mercado!

- Está pensando em alugar um carro no Paraguai!? Consiga o melhor preço consultando as melhores locadoras através da Rentcars.comAlém de economizar , você pode pagar em até 12x, sem IOF e o melhor, você ajuda o blog e não paga nada a mais por isso!


Share

10 Respostas para Visitando a fábrica de Erva-Mate Selecta, no Paraguai.

  1. Ana disse:

    gente que máximo!! um lugar que eu com certeza vou visitar quando for!! adorei!! nem sabia que era possivel visitar

  2. Livia Zanon disse:

    Muito legal essa visita à fábrica de erva mate… Sou de Campo Grande MS e lá falamos TERERÉ, o TERERÊ que conhecemos são as trancinhas de cabelo hahahah! Adorei o post!!

    • Itamar Japa disse:

      Ahh sim, a pronuncia varia um pouco dependendo da região. Aqui no sul falamos tererê para os 2, tanto para a bebida, como para a trança… Já no Paraguai, a pronuncia é Tererê (apesar da escrita ser Tereré) :) De qualquer forma a bebida é a mesma, hehe.

  3. Não tenho maturidade para visitar um lugar desses. Sou completamente viciada só no cheiro de erva-mate hahaha

  4. Giulia disse:

    Que legal essa visita. O mate tambem eh muito popular na Argentina. Amoooo terere :)

  5. Achei sensacionais as informações contidas neste texto. Não sabia sobre a água fria ou a versão aceita para esta, digamos, originalidade! Que interessante! Tipo de lugar que me deixaria feliz visitando. Eu não gosto muito de mate ou chimarrão – já tentei muito, pois gosto de chás, mas acho que se visitar o Paraguai vou tentar o Tererê com menta! Quem sabe não eduque meu paladar! Adorei esta sugestão de visita!

    • Itamar Japa disse:

      Demais, que bom que gostou Analuisa. Confesso que também não gosto do Chimarrão, não pelo sabor e sim porque é servido quente… Odeio qualquer coisa quente. Já o tererê gelado é mais minha praia, hehe. Com menta e suco de laranja foram os que mais gostei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>