Saiba como economizar dinheiro pra próxima viagem.

Este post vai te ajudar a poupar dinheiro pra uma nova viagem. Saiba mais: Mais »

Islas del Rosario e Isla Baru, passeio clássico de Cartagena de Indias

Um dos passeios mais procurados em Cartagena de Indias é o passeio até as Islas del Rosário e Isla Baru... Saiba como é... Mais »

Catedral de São Basílio, a igreja mais bonita do mundo!!!

Conheça a Catedral de São Basílio, um dos maiores cartões postais da Rússia e uma das igrejas mais bonitas do mundo. Mais »

Conheça o Parque Nacional Morrocoy, na Venezuela.

O Parque Morrocoy é um dos cantinhos mais bonitos do Caribe Venezuelano. Saiba mais. Mais »

 

O dia que Pelé nos salvou na imigração da Estônia.

placa

Imagine você quase sendo barrado na imigração de um país, até que uma pergunta sobre Pelé resolve todos os seus problemas! Foi exatamente isso que aconteceu na imigração da Estônia, no caminho entre São Petersburgo e Tallinn. Por pouco não fomos barrados, mas no último momento, o Pelé nos salvou!


 Acompanhe o DMEC nas redes sociais: Instagram | Facebook | Twitter | Pinterest
Na Estônia nós usamos a hastag #DMECnaEstonia


O dia que Pelé nos salvou na imigração da Estônia.

Depois de alguns dias em São Petersburgo, decidimos visitar a capital da Estônia: Tallinn, que fica a pouco menos de 400 km de São Petersburgo.

Pegamos o buzão pela noite e partimos rumo a cidade de Tallinn, capital da Estônia e dona de um centro histórico fantástico, considerado como uma das mais belas cidades medievais do mundo.

Centro Histórico de Tallinn-Tallinn.

Tallinn.

Como era noite, algum tempo depois de partir pegamos no sono pelo caminho… Logo fomos acordados e tivemos que descer com todas as coisas… Descemos com as caras amassadas e descabelados, e logo percebemos que já estávamos entrando na Estônia.


LEIA TAMBÉM:

+UM DIA EM TALLINN – A CAPITAL MEDIEVAL MAIS BEM PRESERVADA DO MUNDO. 
+CONHEÇA O METRÔ DE MOSCOU, O PALÁCIO DO POVO.
+VOCABULÁRIO BÁSICO DE RUSSO PARA VIAGENS.


 

Na fila da imigração, percebi a movimentação das pessoas que estavam em nossa frente, eles abriam as mochilas e procuravam algo… Comentei com a Paty:  – Ou estão pedindo seguro viagem, ou reserva de hotel…  Se fosse só o seguro viagem tava tudo certo, se fosse a reserva do hotel, eu sabia que ia ter que desenrolar uma boa história!

Eis que chegou nossa hora, a Paty estava na minha frente e foi chamada, logo a menina da imigração me avistou e perguntou se estávamos juntos. Com o dedinho indicador ela me chamou também…

Nos pediu o passaporte: – Tá aqui… nos pediu a reserva do hotel em Tallinn:  – Não temos… nos pediu passagem comprovando a saída de Tallinn: – Também não temos… – Por que???

Centro Histórico de Tallinn-Tallinn

Tallinn

Por que não tínhamos nem reserva de Hotel, nem passagem de volta?  Simples, ainda não sabíamos se íamos voltar pra Moscou, ou se íamos pra Riga, na Letônia, ou Helsinque, na Finlândia, ou até pra alguma outra cidade da Estônia… Uma coisa era certa, em Tallinn ficaríamos só um dia…

Como vi que a situação estava meio estranha, nem cheguei a falar pra moça que não sabíamos o que íamos fazer e falei que voltaríamos pra Moscou no dia seguinte (o que era realmente o mais provável)! Ela fez dezenas de perguntas e logo passou a mão no telefone e chamou alguém…

Em alguns minutos, chegou um homem e assumiu a bronca…  Este homem (que me pareceu o manda chuva da imigração) nos chamou no canto e refez todas as perguntas, várias vezes!

Olha que não sei se foi o motivo, mas o cara invocou porque eu tava falando com ele em russo (ou pelo menos tentando falar), me perguntou várias vezes como aprendi russo, e com quem! A resposta sempre a mesma – Eu estudo russo no meu país, com um professor particular, russo! – Mas porque? – perguntava ele insistentemente… – Porque eu quero aprender um idioma novo, ué!!!

O cara tentava nos confundir pra ver se a gente caía em contradição e insistia em dizer que não tinha ônibus de Tallinn pra Moscou. Eu teimava com ele: – Tem sim!!!   Lux Express – x horas!!! O que não tem é trem!!!

Tudo bem, respondemos várias perguntas, várias vezes, até que ele pegou nosso passaporte, olhou página por página, pegou um aparelho (tipo aquele que os joalheiros verificam se a joia é legitima) e olhou folha por folha novamente! Na folha da fotografia ele gastou uns 5 minutos em cada, olhando cada detalhe pra ver se o passaporte não era falso…

Voltou até nós, perguntou mais um  monte de coisa, até que veio a pergunta salvadora!

- Se você é realmente brasileiro, então como é o nome completo do Pelé!?

O dia em que o Pelé nos salvou na imigração da Estônia

Foto: Divulgação.

Rá!!! Sorri… E respondi com um baita entusiamo:

- Luiz Arantes do Nascimento!

E logo em seguida soltei uma saraivada de nomes de jogadores brasileiros: – Ronaldinho, Ronaldinho Gaúcho, Neymar, Romário, Rivaldo…

O homem sorriu e disse passem, apontando pro lado contrário de onde estávamos, olhei e era uma sala gigante com dezenas de cadeiras. Depois de mais de 40 minutos na sala, sendo interrogados, pensei: – Putz, fomos barrados!!! Até que olhei lá no cantinho da sala e tinha uma portinha (que até então não estava visível), lá avistei o motorista com apenas a cabeça pra dentro da porta, nos chamando! Ufffá, passamos!!!

Entramos no ônibus, que estava atrasado uns 50 minutos por nossa culpa e tivemos que passar pelo “corredor da vergonha”, onde passamos por todos os passageiro (que nos olhavam com aquele olhar de quem teve que esperar quase uma hora dentro do ônibus).

A viagem prosseguiu e logo me dei conta que minha resposta, estava errada! Não é Luiz, mas Edson Arantes do Nascimento!!! Ainda bem que o cara na imigração da Estônia não percebeu que errei o nome do rei do futebol, caso contrário ele realmente pensaria que o japonês, com uma mochila nas costas,  barbudo, descabelado e falando (ou tentando falar) russo, não era brasileiro!!!


QUER AJUDAR O DMEC SEM GASTAR MAIS POR ISSO? 

Organize sua viagem utilizando nossos parceiros e ajude nosso blog:

- Encontre e reserve sua hospedagem na Estônia, na Rússia, ou em qualquer parte do mundo através do Booking.com. Você não paga nem um centavo a mais e ainda ajuda o blog! Lembrando que a maioria das reservas feitas através do Booking.com podem ser canceladas.

- Contrate seu seguro viagem através da nossa parceira Real Seguro, além de estar ajudando a manter o DMEC, você vai encontrar o melhor preço, pois a Real Seguro faz cotações com as melhores seguradoras do mercado!

- Está pensando em alugar um carro na Rússia!? Consiga o melhor preço consultando as melhores locadoras através da Rentcars.comAlém de economizar , você pode pagar em até 12x, sem IOF e o melhor, você ajuda o blog e não paga nada a mais por isso!


Share

10 Respostas para O dia que Pelé nos salvou na imigração da Estônia.

  1. hahahahahah… ai gente, só quem viaja tem essas histórias! Mas errar o nome do Pelé, como conseguiu? rs… Sorte que foi na Estônia!

  2. Gabi Moniz disse:

    Ri litros com essa história!!!!
    E vocês entrando na comunidade europeia sem reservas, sem passagens, sem nada. E ainda vindos da Rússia! Adorei o jeito divertido de ver se vocês eram brasileiros!
    Ah, como não posso perder a piada: como errou o nome de Pelé??? kkkkkk

    • Itamar Japa disse:

      kkk, tinha só a passagem de volta pro Brasil, partindo de Moscou… Mas na real, acho que o que pegou mesmo foi eu ter tentado falar em russo, rsrsrsr.. Ele perguntou muito sobre como aprendi russo (que bom que tivesse aprendido)… Pois é, o Pelé que me desculpe, foi nervosismo! kkkk

  3. Sonia disse:

    Quem diria que o Pelé iria salvar alguém na imigração! Baita história para contar ;)

  4. Meu Deus, se me perguntam uma coisa dessas eu seria barrada na certa. HaHaHa
    É cada história que a gente tem dessas viagens né?

  5. Dantas disse:

    kkkkk tudo acontece

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>