Saiba como economizar dinheiro pra próxima viagem.

Este post vai te ajudar a poupar dinheiro pra uma nova viagem. Saiba mais: Mais »

Islas del Rosario e Isla Baru, passeio clássico de Cartagena de Indias

Um dos passeios mais procurados em Cartagena de Indias é o passeio até as Islas del Rosário e Isla Baru... Saiba como é... Mais »

Catedral de São Basílio, a igreja mais bonita do mundo!!!

Conheça a Catedral de São Basílio, um dos maiores cartões postais da Rússia e uma das igrejas mais bonitas do mundo. Mais »

Conheça o Parque Nacional Morrocoy, na Venezuela.

O Parque Morrocoy é um dos cantinhos mais bonitos do Caribe Venezuelano. Saiba mais. Mais »

 

Peterhof, o impressionante palácio de verão de Pedro, o Grande.

peterhof-200

Peterhof  é um dos mais impressionantes palácios existentes não só na Rússia, mas em todo planeta! Construído como simbolo da grandeza russa e em comemoração a conquista do Golfo da Finlândia, Peterhof é um destino obrigatório em uma visita à São Petersburgo.

Peterhof (Петергоф)

Peterhof é um impressionante e luxuoso complexo de palácios, fontes e jardins, que serviu como residência de verão de antigos Tzares russos. Está localizado em uma cidade homônima, que fica a cerca de 40 km de São Petersburgo. O local também é chamado por alguns moradores de Petrodvorets (nome antigo, utilizado de 1944 até 1990).

Peterhof

Peterhof.

Localizado na Costa do golfo da Finlândia, o Palácio de Peterhof foi construído a mando do Tzar Pedro – “O Grande”, após a conquista russa sobre a Suécia, na disputa da baía do Neva.

O imenso palácio reflete o luxo e glamour dos grandes palácios ocidentais europeus e teve seu projeto agigantado depois que Pedro, o Grande, visitou o Palácio de Versailles, na França.

Peterhof teve sua construção iniciada em 1714 e foi inaugurado em 1723. O complexo continuou sendo ampliado pelos demais Tzares, que utilizaram o local até 1917, quando triunfou a Revolução Bolchevique. A partir daí, as luxuosas edificações transformaram-se em um grande centro educacional.

Durante a Segunda Guerra Mundial, Peterhof foi devastado pelos nazistas, que chegaram a se alojar nos edifícios durante cerca de 3 anos. Como tiveram que se retirar, destruíram e incendiaram tudo que conseguiram. O que não foi destruído, foi saqueado, é o caso da Fonte de Sansão original, que foi roubada pelos nazistas.

Por sorte, antes da chegada dos nazistas, os russos conseguiram retirar 50 estátuas e aproximadamente 8000 objetos de decoração. Ambos podem ser vistos no palácio atual, que começou a ser reconstruído logo nos primeiros dias após a retomada. Felizmente, com ajuda de mais de 1000 voluntários e engenheiros militares, Peterhof foi totalmente restaurado. Quase tudo que nós vemos por lá, são restaurações minuciosas das edificações construídas por Pedro, o Grande e demais Tzares.

O que ver em Peterhof

Reserve um dia inteiro pra visitar Peterhof, o lugar é muito grande e cheio de atrativos pra ver. Em Peterhof existem vários museus e palácios que permitem a visitação, mas é preciso pagar a mais pra entrar em cada um deles. A entrada geral, que dá acesso aos Jardins Inferiores, custa 700 rublos (cerca de 38 reais) e as entradas aos museus e palácios, variam de 200 à 500 rublos. (preço atualizado – 2016, conforme site oficial).

Nós chegamos até Peterhof, utilizando o transporte público, é bem fácil e muito mais barato!!! (Já falamos como chegar lá).

Pra quem chega por terra, a visita a Peterhof se inicia logo após o desembarque, já que pra chegar até as bilheterias é preciso passar pelo primeiro atrativo, os Jardins Superiores (Верхний сад).

Jardins Superiores de Peterhof

Os Jardins superiores de Peterhof.

Com uma área de 15 hectares, os Jardins Superiores ficam localizados de frente a fachada sul do Grande Palácio. É o local por onde entram todos os visitantes que chegam por via terrestre e é o primeiro lugar a deixar estes visitantes com o queixo caído!

O enorme jardim é uma prévia do que vem pela frente e a vista do Grande Palácio e das cúpulas douradas dos edifícios anexos, já valem a visita! Não é preciso pagar pra visitar os Jardins Superiores, é o único local gratuito de todo complexo.

Jardins superiores de Peterhof

O Grande Palácio.

Atravessando os Jardins Superiores, estão as bilheterias. Você pode comprar os ingressos de todos os lugares existentes no complexo, mas a melhor opção é comprar apenas a entrada dos Jardins Inferiores e se você tiver interesse em visitar os demais lugares pagos, compre a entrada nas bilheterias existentes no próprio local.

peterhof-28

Caixa.

Logo que você entra, você tem uma visão ampla do Grande Palácio e só aí você pensa – valeu o ingresso!

Grande Palácio de Peterhof

Grande Palácio de Peterhof.

O Grande Palácio (Большой Петергофский дворец) possui cerca de 30 salas, se estende por aproximadamente 300 m e separa os Jardins Superiores dos Jardins Inferiores. Sua aparência atual é moldada a partir do século passado, já que na época do Tzar Pedro, a largura do palácio era equivalente somente à largura da Grande Cascata. No passado foi utilizado pra recepções e festas e já chegou a receber 3000 convidados. Seu interior é repleto de luxo e mesmo após a revolução os objetos foram mantidos e declarados pertencentes ao povo, o próprio palácio (que se tornou centro educacional) foi declarado como Palácio do Povo (assim como outros palácios da Rússia).

Grande Palácio de PEterhof

Grande Palácio de PEterhof

Dois fatores foram determinantes em nossa escolha de não visitar o interior do Grande Palácio, o 1º é o valor do ingresso, que é quase o mesmo valor da entrada aos Jardins inferiores; o 2º é o fato de não ser permitido tirar fotos…

De frente ao Grande Palácio fica uma das principais atrações de Peterhof, a Grande Cascata (Большой каскад). Sabe aquelas fotos maravilhosas de Peterhof que você vê na internet, aquelas que você olha e fala nossa tenho que conhecer este lugar. Sim, foram tiradas exatamente nesse local!

A Grande Cascata é um dos locais mais bonitos de Peterhof e também um dos locais mais disputados! Pra tirar uma foto tem que ter um pouco de paciência, já que os turistas se aglomeram aos montes ao redor da cascata. Você pode ver a Grande Cascata ao vivo, veja aqui.

Grande Cascata Peterhof

Detalhes da Grande Cascata.

Além da impressionante beleza, a Grande Cascata é repleta de curiosidades. A começar com o fato de que nenhum dos 124 jatos d’água das 64 fontes existentes, possuem qualquer tipo de bomba! As fontes utilizam as águas de nascentes da região, que são armazenadas nos Jardins superiores e a água dos jatos é jorrada através de um engenhoso sistema que utiliza a pressão ocasionada pelo desnível. Pra se ter uma ideia a maior fonte, a Fonte de Sansão, possui um jato de água com mais de 20 metros de altura.

Grande Cascata de Peterhof

Detalhes da Grande Cascata.

Grande Cascata  Peterhof

Detalhes da Grande Cascata.

Grande Cascata Peterhof

Detalhes da Grande Cascata.

Por falar na Fonte de Sansão (Фонтан Самсон), não deixe de observar a escultura de sansão abrindo a boca do leão. Esta escultura simbólica representa a vitória russa sobre a Suécia, na Guerra do Norte. É a mais emblemática das cerca de 200 esculturas que formam a Grande Cascata.

Fonte de Sansão Peterhof

Fonte de Sansão.

Não deixe de ver a Grande Cascata a partir da varanda do Grande Palácio, note o Canal do Mar, que deságua lá em baixo no Mar Báltico.

Canal do Mar Peterhof

O Canal do Mar que leva as águas das fontes até o Mar Báltico.

Depois de contemplar o visual, prepare-se pra explorar a imensidão dos Jardins Inferiores (Нижний Сад), ou Parque Inferior (Нижний парк), como também é chamado. Com 112,5 hectares, os Jardins Inferiores estão repletos de atrativos.

Jardins Inferiores Peterhof

Jardins Inferiores.

Dizem os russos que este é o local com o maior número de fontes do mundo, são cerca de 150 fontes espalhadas por todo lado. Destaque para a Fonte Triton (Фонтан Тритон), a Fonte Cascata do leão (Фонтан Львиный каскад) e a Fonte Montanha Dourada (Каскад олотая гора).

Fonte Triton Peterhof

Fonte Triton

Fonte Cascata do leão Peterhof

Fonte Cascata do leão

Fonte Montanha Dourada Peterhof

Fonte Montanha Dourada.

peterhof-172

Fonte Montanha Dourada (Vista de cima).

peterhof-71

Cascata Montanha Xadrez.

peterhof-82

Fonte do Sol.

peterhof-127

Fonte Adão e Eva. (essa é a Eva, o Adão fica ao lado).

Fique ligado nas “fontes surpresas”, estas fontes se acionam ocasionalmente pra dar sustos nos mais distraídos, ou ainda  pra divertir a criançada (e alguns adultos).

peterhof-88

Uma fonte Surpresa.

peterhof-84

Esse não é um bom lugar pra sentar e descansar. rsrsrs.

Vale ressaltar que as fontes de Peterhof (incluindo a Grande Cascata) só funcionam no verão.


LEIA TAMBÉM:

+FORTALEZA DE PEDRO E PAULO – SÃO PETERSBURGO.
+VISITANDO A CATEDRAL DO SANGUE DERRAMADO – SÃO PETERSBURGO.
+VOCABULÁRIO BÁSICO DE RUSSO PARA VIAGENS.


Nos Jardins Inferiores estão também, alguns dos principais palácios de Peterhof. É o caso do Palácio Monplasier (Дворец Монплезир), do Pavilhão Hermitage (Павильон Эрмитаж) e do Palácio Marley (Дворец Марли).

peterhof

Jardins de MonPlasier (ao fundo, o Palácio Monpasier).

peterhof-135

Pavilhão Hermitage, daqui saiu a inspiração para o Palácio de Inverno.

Palácio Marley Peterhof

Palácio Marley.

Nós não entramos em nenhum dos museus e nem no interior dos palácios, mas mesmo assim levamos praticamente o dia todo ( das 10 h até as 18 h) pra percorrer tudo e quase que o tempo não foi suficiente. Como falei, Peterhof é muito grande!!!

peterhof-72

Pra que lado nós vamos?

peterhof-150

Vista dos Jardins Inferiores.

Peterhof

Dalhe caminhada!

Pra quem quiser visitar os museus e demais atrativos, além de comprar o ingresso antecipado pela internet e na bilheteria principal, também é possível comprar a entrada na hora, em cada um dos atrativos. Todos possuem sua própria bilheteria.

Além de todos estes atrativos citados acima, não podemos deixar de recomendar que observem 3 coisas… O  Golfo da Finlândia e toda sua beleza… O Lago do Palácio de Marley e o “mercado de peixe”, tipo pesque e pague (ou só pague e leve o peixe); as pessoas jogando moedas nas estátuas (os russos amam jogar moeda nas estátuas); e a plantação de maças de Pedro, que por sinal nós “assaltamos” ( e vários russos também).

peterhof-107

Mar Báltico e o Golfo da Finlândia.

peterhof-106

Moedas pra estátua (tem guarda cuidando!)

peterhof-147

Brasileirice!

Como chegar em Peterhof

A maneira mais econômica de chegar a Peterhof é utilizando o transporte público. Não tenha medo, pois é extremamente fácil. Os ônibus e vans partem de várias estações de metro (ao lado delas, lógico).

A maneira mais fácil é através da estação Avtovo (Автово) da linha 1 (linha vermelha). Super indico pois é uma das estações de metro mais bonitas da Rússia. Saindo da estação basta atravessar a passarela subterrânea e pegar (do outro lado da rua) os ônibus, ou vans com a inscrição Fontes – Fontains (фонтаны) ou Peterhof (Петергоф).

peterhof-3

Estação de metro Avtovo.

Praticamente nem é necessário, mas peça pra descer em Peterhof, que é pronunciado em russo como PITERGOF. 

Os ônibus que fazem este trajeto são os das linhas: №200, №210 e custam cerca de 70 rublos. As vans de número: T-224, T-300, T-424, T-424a custam um pouquinho mais caro, cerca de 80 rublos, porém fazem o trajeto em menos tempo.

Também é possível pegar os ônibus e vans de números: 343, 639 y 636 na estação Prospekt Veteranov (Проспект Ветеранов); 103 e 420 na estação Leninskiy Prospekt  (Ленинский проспект); ou ainda o número 404 na estação Baltiyskaya (Балтийская).

Outra maneira de chegar até lá, é através do hydrofoil, um catamarã que parte do cais do Rio Neva, que fica ao lado do Hermitage, o Palácio de Inverno. O preço é bem maior que o do transporte público (1300 rublos ida e volta, ou 750 rublos cada trecho – preço atualizado – 2016 segundo site oficial), mas em compensação você terá um belo passeio no Mar Báltico. Este serviço só funciona no verão, lembre-se disso!

peterhof-108

Cais de Peterhof. Onde chegam e saem os Catamarãs.

No nosso caso, gostamos de tentar interagir na cultura local, então sem dúvidas preferimos utilizar o transporte público. Além do preço, que é muito menor, tanto na ida como na volta só tinham russos e nenhum outro estrangeiro. Até pisei no pé de um russo ( nada bom, segundo a cultura local) e recebi uma olhada de canto do olho, mas depois que pedi desculpa tudo se normalizou e até recebi um sorrisinho meio sem expressão, “tipo Putin” .

Outro motivo interessante pra chegar via terrestre, é que existe uma igreja linda bem próximo a entrada de Peterhof. A Catedral de São Pedro e São Paulo (Собор Петра и Павла), é um típica igreja russa e é possível visitá-la e curtir toda sua beleza. Eu falarei sobre ela em um novo post.

peterhof-224

Catedral de São Pedro e São Paulo.

Onde se hospedar em Peterhof

A melhor opção de hospedagem pra visitar Peterhof é em São Petersburgo, mas se você tiver interesse em pernoitar na cidade de Peterhof, também é possível. Encontre a melhor opção de hospedagem em São Petersburgo, ou Peterhof aqui.

Comprar Ingresso antecipado:

O site oficial de Peterhof está todo em russo, portanto é meio difícil de ser consultado. Mas estão construindo um em inglês e vejam só, a parte da venda dos ingressos já está funcionando.  :)

Finalizo este post com um vídeo extraído do site oficial, sente um pouquinho do lugar:

Nós visitamos Peterhof em um dia muito nublado e escuro, até pegamos um pouco de chuva quando chegamos… Mas em alguns momentos do dia, o sol ameaçou sair e nós podemos ter um gostinho de como o lugar fica ainda mais bonito em um dia ensolarado. Imagino o brilho das estátuas e das cúpulas dos palácios em um dia de sol a pino… Espero que em nossa próxima visita esteja fazendo sol.


QUER AJUDAR O DMEC SEM GASTAR MAIS POR ISSO? 

Organize sua viagem utilizando nossos parceiros e ajude nosso blog:

- Encontre e reserve sua hospedagem em Peterhof, São Petersburgo, ou em qualquer parte do mundo através do Booking.com. Você não paga nem um centavo a mais e ainda ajuda o blog! Lembrando que a maioria das reservas feitas através do Booking.com podem ser canceladas.

- Contrate seu seguro viagem através da nossa parceira Real Seguro, além de estar ajudando a manter o DMEC, você vai encontrar o melhor preço, pois a Real Seguro faz cotações com as melhores seguradoras do mercado!

- Está pensando em alugar um carro na Rússia!? Consiga o melhor preço consultando as melhores locadoras através da Rentcars.comAlém de economizar , você pode pagar em até 12x, sem IOF e o melhor, você ajuda o blog e não paga nada a mais por isso!


Share

28 Respostas para Peterhof, o impressionante palácio de verão de Pedro, o Grande.

  1. Peterhof é mesmo impressionante e vale bem a visita, tal como as suas fotos demonstram. Estive lá há mais de 10 anos e parece igual. Obrigado pela partilha e parabéns pelo trabalho. Grande abraço desde Portugal

  2. Maravilhoso! Que luxo estas esculturas! O mundo é mesmo muito pequeno… A minha lista vai aumentando a cada dia, kkk
    Amei, as fotos estão incríveis!

    • Itamar Japa disse:

      Sim, como existe coisa pra ver, nem gosto de ficar pensando, rsrsrsr… Pois é, uma pena que no dia que fomos não estava fazendo sol e estava muito escuro… Com sol Peterhof deve ficar muito mais lindo… e as fotos também. :)

  3. Fabiano Ferreira disse:

    São Petersburgo é um sonho que vou conhecer em 2017, bem como Petergof.

    Estou pensando ir entre maio e junho, mas pelo que ouvi dizer, os chafarizes só funcionam no verão.

  4. Estive em São Petersburgo mas como só tinha tempo para visitar um dos palácios e era Inverno decidi ir ao Palácio de Catarina em lugar do Peterhof… ficou este na lista para uma próxima visita! Obrigada pelas dicas! As fotos estão fantásticas!

  5. Carla Mota disse:

    Quando estive em San Petersburgo acabei por não ter tempo para visitar o palácio. Fiquei com muita pena. Agora, depois de ver este post fiquei com mais pena ainda. Devia mesmo ter ido lá.

  6. Paulo Azevedo disse:

    Sempre impressionantes estes palácios russos. É seguramente um destino que não irei perder num futuro próximo.

  7. Quando penso em destinos, a Rússia nunca entra nos planos. Mas depois aparecem artigos como este que me mostram locais incríveis! Este é um lugar que vou fazer questão de visitar se algum dia viajar até São Petersburgo. Obrigada pela partilha!

  8. A Russia e toda aquela zona deve ter coisas maravilhosas. Ainda não me dediquei a essa parte do globo mas qualquer dia faço uma volta grande por lá! Obrigado pelas dicas.

  9. Que edificio majestoso! Deve ser uma fantástica experiência poder visitá-lo. Obrigada pelas dicas!

  10. Pedro o Grande foi um visionário na sua época e o resultado é este impressionante palácio e a cidade de S. Petersburgo em geral. Boas fotos e dicas.

    • Itamar Japa disse:

      Verdade Pedro, seu chara (com todo respeito) foi um grande responsável por muitas conquistas russas. Vendo a beleza de São Petersburgo e Peterhof, vemos o quanto foi visionário e até mesmo ambicioso.

  11. João Leitão disse:

    Ora aqui está um destino que adoro: São Petersburgo! A Rússia em geral atrai-me imenso. Das duas vezes que já fui lá tento sempre ver algo diferente e explorar lugares lindos como este de Peterhof. Excelente guia de viagem com detalhes e dicas ao pormenor. A Catedral de São Pedro e São Paulo é linda!

  12. Itamar Japa disse:

    Sim João, a Rússia é demais, também pretendemos voltar mais vezes pra conhecer um pouco mais deste país imenso e tão cheio de curiosidades.

  13. Luciana disse:

    Sabe Japa, a cada lugar que vou penso que não deve ter nada mais lindo que aquilo, hehehe. Foi assim em Paris, depois em Roma. No ano passado conheci a Eapanha e pensei: Pronto, nada pode ser mais lindo que estes palácios, nenhuma cidade vai ser mais encantadora que Valência. Já vi o que há de mais lindo no mundo. O litoral português, meu Deus, o que pode ser mais lindo que aquilo? E aí, a cada novo país mais surpresas. Faltam 15 dias para minha viagem à Rússia e pelo que tenho visto já estou pensando: impossível, nunca mais vou ver algo tão lindo quanto isto, kkkk. Ledo engano não? Sempre há lugares mais e mais lindos, mais e mais fascinantes e o bom de viajar é exatamente isso, a busca constante por mais beleza, por mais culturas ricas, por mais conhecimento. Estou muito ansiosa por chegar à Rússia e teus posts só me deixam mais fascinada. Muito obrigada por compartilhar conosco, pq é muito bom fazer planos, mas é melhor ainda chegar lá e ver que é muito melhor. Um grande abraço e muito obrigada novamente.

    • Itamar Japa disse:

      Concordo plenamente, a magia está em perceber a beleza de tudo com olhos diferentes, afinal de contas cada coisa tem sua beleza própria. E sempre penso isto também, sempre mais bonita que a outra.

  14. Júlia disse:

    Olá,
    por acaso sabe onde posso encontrar a planta baixa desse palácio?

  15. Paulo Cezar disse:

    Uma grande nação…rica em cultura e beleza….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>