Saiba como economizar dinheiro pra próxima viagem.

Este post vai te ajudar a poupar dinheiro pra uma nova viagem. Saiba mais: Mais »

Islas del Rosario e Isla Baru, passeio clássico de Cartagena de Indias

Um dos passeios mais procurados em Cartagena de Indias é o passeio até as Islas del Rosário e Isla Baru... Saiba como é... Mais »

Catedral de São Basílio, a igreja mais bonita do mundo!!!

Conheça a Catedral de São Basílio, um dos maiores cartões postais da Rússia e uma das igrejas mais bonitas do mundo. Mais »

Conheça o Parque Nacional Morrocoy, na Venezuela.

O Parque Morrocoy é um dos cantinhos mais bonitos do Caribe Venezuelano. Saiba mais. Mais »

 

Rota das Cachoeiras de Corupá: 14 cachoeiras, trilha e muita natureza

Você gosta de trilhas, cachoeiras e contato intenso com a natureza? Neste post nós vamos mostrar um lugar que é a sua cara!  Conheça a Rota das Cachoeiras de Corupá, em Santa Catarina. Uma trilha cheia de belas cachoeiras e muita natureza! Confira:


Acompanhe o DMEC nas redes sociais: Instagram | Facebook | Twitter | Pinterest
Em Santa Catarina nós usamos a hastag #dmecemSC


Rota das Cachoeiras de Corupá

Com 1.153,66 hectares a RPPN – Reserva Particular do Patrimônio Natural – Emílio Fiorentino Battistella, mais conhecida como “Rota das Cachoeiras” é uma excelente opção de passeio para os aventureiros de plantão.

Rota das Cachoeiras-Saltos

Rota das Cachoeiras de Corupá.

Localizada na cidade de Corupá, no norte do estado de Santa Catarina, a Rota das Cachoeiras possui 14 cachoeiras ao longo de uma trilha localizada em meio a uma das últimas áreas de mata atlântica de Santa Catarina. Corupá está cercada por montanhas da Serra do Mar, em uma região com um ecossistema riquíssimo.

Rota das Cachoeiras

A exuberância de Corupá.

A trilha da Rota das Cachoeiras

A trilha da Rota das Cachoeiras é de nível moderado com vários trechos bem inclinados que exigem algum preparo físico. O trajeto tem um desnível de aproximadamente 600 metros e é realizado pela trilha denominada “Passa Águas“, que fica situada junto ao Rio Novo.

A trilha Passa Águas tem quase 3 km de distância e leva cerca de 4 horas pra ser percorrida até a última cachoeira. Este tempo pode variar dependendo do condicionamento físico e/ou tempo de contemplação e registros fotográficos. Por este motivo, o acesso à Reserva é feito com horário controlado. Na alta temporada, de novembro a fevereiro, é possível entrar na Reserva das 7h30 até as 15h, sendo que a rota fecha às 19h. Já na baixa temporada, de março a outubro, os visitantes têm acesso ao parque das 7h30 até as 14h e a reserva fecha às 18h30.

O acesso até a primeira cachoeira do percurso possui infraestrutura para cadeirantes, já o resto do percurso é feito em trilhas mata a dentro. Alguns trechos mais críticos possuem escadarias, passarelas e pontes para facilitar na caminhada.

Rota das Cachoeiras-Ponte

Ponte na Rota das Cachoeiras.

Rota das Cachoeiras-trilha Rota das Cachoeiras-trilha

A trilha é muito bem sinalizada e ao longo da Rota das Cachoeiras, existem diversas placas indicativas sinalizando direção, nome das cachoeiras, distância percorrida, distância restante e outras informações.

Rota das Cachoeiras-10

Sinalização – Rota das Cachoeiras – Corupá – SC

Rota das Cachoeiras-Sinalização das trilhas Rota das Cachoeiras-Sinalização das trilhas

Rota das Cachoeiras-Sinalização na trilha

As 14 cachoeiras que formam a Rota das Cachoeiras de Corupá são: a Cachoeira do Suspiro, a Cachoeira da Banheira, a Cachoeira dos 3 Patamares, a Cachoeira da Pousada do Café, a Cachoeira do Repouso, a Cachoeira do Remanso Grande, a Cachoeira da Confluência I, a Cachoeira da Confluência II, a Cachoeira das Corredeiras, a Cachoeira do Tombo, a Cachoeira do Palmito, a Cachoeira da Surpresa, a Cachoeira do Boqueirão (interditada) e a Cachoeira do Salto Grande.

Rota das Cachoeiras-Corupá

Cachoeira do Suspiro.

Rota das Cachoeiras-6

Cachoeira da Banheira.

Rota das Cachoeiras-Corupá

Cachoeira dos 3 Patamares.

Rota das Cachoeiras-Corupá

Cachoeira das Corredeiras.

Todas elas vão aparecendo ao longo da caminhada e proporcionam inspiração pra continuar e não desistir na metade do caminho, que como já falamos acima, exige um certo condicionamento físico. Mas claro, cada um deve saber seu limite e se você sentir que não aguenta mais não insista muito, lembre-se que ainda tem a volta. Aprecie o caminho e curta a natureza.

Rota das Cachoeiras-9

A exuberância da flora na Rota das Cachoeiras.

Lembre-se também que o esforço é válido e no final da trilha encontra-se a Cachoeira do Salto Grande, que como o nome já diz, é grande! A cereja do bolo da Rota das Cachoeiras, tem cerca de 125 metros de altura e proporciona um belo e refrescante espetáculo!

Rota das Cachoeiras-26

Salto Grande – Rota das Cachoeiras – Corupá – SC

Rota das Cachoeiras-29  Rota das Cachoeiras-28

Rota das Cachoeiras-Corupá

Aprecie, descanse e prepare-se pra encarar o retorno, que é mais leve pois é só descida. Ao chegar novamente na recepção da reserva você pode até ter cansado um pouco, mas temos certeza que sua alma estará lavada e cheia de energia! Na recepção você pode tomar uma ducha já que existem chuveiros gratuitos disponibilizados aos visitantes.

Desde 2009, quando duas mortes foram registradas, os banhos foram proibidos para os visitantes em quase todas as cachoeiras. Apenas na 7ª cachoeira, a Cachoeira da Confluência, os visitantes estão autorizados a tomar banho, embora existam pessoas que entram nas outras.

Rota das Cachoeiras-Corupá

Refrescando a alma!

Existe ainda uma segunda trilha, a Trilha do Araça, que liga a entrada da reserva até a ultima cachoeira de maneira direta. Esta já foi aberta ao publico, mas atualmente está fechada.

A Rota das Cachoeiras é um dos principais atrativos turisticos da região e atrai turistas de várias partes do Brasil e do mundo. Nos finais de semana do verão a Reserva costuma ficar bem lotada, portanto se tiver disponibilidade de tempo prefira os dias da semana ao invés dos finais de semana.

Lembre-se de usar roupas leves, tênis (ou de preferência bota para trilha) protetor solar e repelente. Não esqueça de levar alguma comida como frutas/barras de cereais e muita água.

Animais domésticos são proibidos na Reserva, assim como o consumo de bebidas alcoólicas.

A Reserva possui uma boa infra-estrutura e próximo a entrada disponibiliza estacionamento, banheiros, chuveiros e churrasqueiras.

Como chegar a Rota das Cachoeiras de Corupá. 

O Município de Corupá-SC, está localizado à 123 Km de Blumenau, 140 Km de Curitiba, 210 Km de Florianópolis e 720 Km de Porto Alegre.
É possível chegar a Corupá através da BR-101. O acesso é feito através do trevo de São Francisco do Sul, sentido a cidade de Jaraguá do Sul. De Jaraguá é preciso seguir por mais 20 km aproximadamente, até chegar em Corupá.
 
Também é possível chegar a Corupá através da BR-116. Neste caso pra quem sai de Curitiba o deslocamento pela BR-116, sentido Curitiba / Porto Alegre, onde ao passar o Município de Mandirituba, no trevo junto ao Posto 47, acessa a estrada que liga ao Município de São Bento do Sul-SC, e pela BR-280 sentido Jaraguá do Sul, por 35 Km, até a rotatória de entrada do Município de Corupá.
Chegando em Corupá, o acesso pra a Reserva é bem sinalizado e pra chegar na Rota das Cachoeiras é necessário percorrer uma estrada de cascalho (bem conservada) de 14 Km, a partir do trevo da cidade. 

Atenção: Os ingressos não são vendidos na Reserva. É possível comprá-los em dois pontos de vendas, ambos ficam na estrada de acesso à reserva: Supermercado Fossile e Camping e Restaurante Rio Novo (antigo Conrad). O ingresso cuta R$ 15 por pessoa (menores de cinco anos não pagam).

Serviço:

Rota das Cachoeiras, Corupá
Endereço: Rua Rio Novo Alto, s/nº
Telefone: (47) 3375-2232 E-mail: rotacachoeiras@gmail.com
A Rota das Cachoeiras funciona todos os dias.
Valor do ingresso: R$15 por pessoa (vendidos em pontos de vendas na estrada que dá acesso à Reserva. O ingresso não é vendido na Reserva).


QUER AJUDAR O DMEC SEM GASTAR MAIS POR ISSO? 

Utilize os nossos parceiros e ajude nosso blog:

– Encontre e reserve sua hospedagem em Corupá, ou em qualquer lugar do mundo, através do Booking.com Você não paga nem um centavo a mais e ainda ajuda o blog! Lembrando que a maioria das reservas feitas através do Booking.com podem ser canceladas.

– Contrate seu seguro viagem através da nossa parceira Real Seguro, além de estar ajudando a manter o DMEC, você vai encontrar o melhor preço, pois a Real Seguro faz cotações com as melhores seguradoras do mercado!

– Está pensando em alugar um carro!? Consiga o melhor preço consultando as melhores locadoras através da Rentcars.comAlém de economizar , você pode pagar em até 12x, sem IOF e o melhor, você ajuda o blog e não paga nada a mais por isso!


Share

72 Respostas para Rota das Cachoeiras de Corupá: 14 cachoeiras, trilha e muita natureza

  1. Karine Porto disse:

    Muito lindo esse lugar! Deve ser revigorante um banho de cachoeira em meio a tanta beleza natural! Adorei o post!

  2. Caren Sales disse:

    Que delícia de dica!!!
    Já fiquei querendo conhecer cada cantinho só pelas fotos e descrições.!
    Passeio maravilhoso.!

  3. Patricia disse:

    Genteeeee!! Para tudoo!!
    Que lugar mais lindo. Como eu nunca ouvi falar dele? Quero ir e vou usar todas essas dicas aqui.

  4. Luan Perez disse:

    Não conhecia essa rota, muito obrigado pela dica, você acha que é pesado para crianças? Meus filhos tem 8 e 10 anos, você acha que é arriscado levar eles?
    Um grande abraço!

    • Itamar Japa disse:

      Olá Luan. Se pretende fazer o circuíto todo, eu não acho que seja apropriado ir com crianças. Existem alguns trechos ingrimes e de certa forma escorregadios. Acho melhor não levar as crianças.
      Se quiser levar, você pode ir até as primeiras cachoeiras, sem ir até o fim do circuíto. 🙂
      Todavia, se tiver bastante experiências em trilhas aí a história muda. De qualquer forma é um risco.

    • Esequias Rosa disse:

      Sou trilheiro,sempre q dá fazemos as serras paranaenses…e tenho 2 filhos uma de 4 e outro de 7 anos, e levamos eles juntos em muitas trilhas. É só se informar com a base do IAP(aqui nas serras Paranaenses) qual trilha vc pode estar levando as crianças…mas claro,toda responsabilidade é sua papai e mamãe…
      Já em Corupá, por ser um parque pago, as trilhas são bem cuidadas e largas, só íngrime…ou seja dá pra levar tranquilamente as crianças sim, desde que papai e mamãe não se esqueçam q estão com seus pimpolhos kkkk, agora, tem parte que é perigoso de queda sim…e isso até para adultos,(as pedras nas cachoeiras). Quedas por usar tênis inadequado e por pisar nas pedras erradas(NÃO PISE NAS PEDRAS QUE TEM LIMO, EXTREMAMENTE ESCORREGADIAS) já vi uma moça cair lá e abrir o supercílio, mas como disse…é só evitar essas pedras que estão cobertas com camadas pretas ou esverdeadas, e escolher onde pisar com cuidado ao atravessar de um lado para o outro da cachoeira. Se está com seu filho(a) e não quer arriscar por sobre as pedras,só não atravessar para outro lado do rio e continue no lado da trilha!

  5. Eu não sou uma pessoa muita natureza (amo uma cidade), mas admito que fiquei com vontade de conhecer essas cachoeiras. As fotos estão lindas =)

  6. que lugar digno de cartão postal, as cachoeiras são espetaculares Ita! Eu adoro ir em cachoeiras, quando morava em Brasília ia muito nas cachoeiras no Goiás, lá também têm várias e muito bonitas!

  7. Genteee!!
    Só paraíso hein?!
    Adorei! Lindo demais.

  8. Itamar, vocês como sempre mandando muito bem!!! Cara esse é o meu tipo de role! Mto bom, fora que você detalha muito, parabéns MESMO! Creio que vcs gostaria de conhecer minha terra natal, Botucatu, a terra da aventura!

  9. Só cachoeira lindona!!! Boa dica

  10. Josiane Bravo disse:

    Uauu, estou encantada com tanta beleza. Sou apaixonada por trilhas, e gosto dessas que exigem um pouco mais de esforço, mas em compensação estão recheadas de paisagens incríveis. Com certeza um lugar do Brasil que adoraria conhecer. Tanta cachoeira linda não é, amei amei amei 🙂

    Abraços

  11. Klécia disse:

    Adoro cachoeiras e essa rota parece incrível demais!!! A Cachoeira do Salto Grande deve ser uma beleza sem fim ao vivo! Preciso muito conhecer!

  12. Que coisa mais linda! Que riqueza de rota é essa? Uma pena que fica longe de SP… 🙁

  13. Gê Azevedo disse:

    Esses posts do De Mochila e Caneca me fazem querer passar um mês em Santa Catarina. Vocês trazem cada lugarzinho mais lindo que o outro!

  14. Taís disse:

    Que demais essa trilha das cachoeiras, uma trilha que eu iria amar fazer!! Já é lindo quando você encontra 1 cachoeira pelo caminho, quanto mais 14!! Já vou deixar anotado e numa proxima oportunidade em Santa Catarina vou ir conferir essa trilha.

  15. Oi! Isso sim é uma excelente post! 🙂 Que sítios lindos e paradisíacos. Da vontade de fazer esses percursos todos e dar mergulhos nas cachoeiras! Boas viagens

  16. Maíra disse:

    Uau! Que lugar delicioso! Pertinho daqui, quero ir já! Vou juntar amigos e mandar esse post pra eles 🙂 Parabens e obrigada!

  17. Giulia disse:

    Lugar muito lindo demais!!! Já tô querendo chegar até a 7a cachoeira, só pra tomar um banho, kkkk. Adorei suas dicas e fotos.

  18. Paula Abud disse:

    Que lugar maravilhoso! Aqui sempre conheço lugares que eu sequer sabia que existia e acabo ficando encantada com eles! Quero muito poder conhecer, são cenários belíssimos, dá pra ficar sentado só contemplando!
    Adorei!!

  19. Taiana disse:

    Gostaria de saber se posso levar minha filha de 8 anos será q é muito puxado pra ela? Alguém poderia me dizer?
    As cachoeiras são nosso próximo destino amamos!!

    • Itamar Japa disse:

      Olá Taiana. A trilha completa é bem cansativa, acho que não seria muito recomendável. A não ser que alguém que tenha um bom condicionamento físico tenha disposição de carrega-lá. Se você não for até o fim da trilha não tem problemas, pois conforme está no post, dá pra ir até onde aguentar. 🙂

  20. Marcella Yuri disse:

    Teria as fotos de todas as cachoeiras? Até a 7 que é propicia para banho, quanto tempo leva?
    A trilha que leva até a 14 cachoeira ainda está fechada então?

    • Itamar Japa disse:

      Olá Marcella, sim temos, mas aí o post ficaria muito pesado. Vamos fazer um vídeo em breve mostrando um pouco mais. O tempo até a 7ª cachoeira depende de seu ritmo, se está bem condicionada, se vai parar em todas as demais pra tirar fotos etc. Mas pode contar no minimo uma hora, fácil!
      A cachoeira 14 foi fechada permanentemente, pois a cachoeira corre risco de desabar… 🙂

  21. Scheila disse:

    Boa noite
    4 horas são de ida e volta
    Ou só de ida?

  22. Sérgio Luiz Rodrigues disse:

    Olá , tudo bem .
    Nesta época do ano , mesmo com a falta de chuva no Sul , as imagens e cachoeiras estão bonitas.
    Pois tenho o interesse em me programar para este passeio .
    Att :

    Sérgio

  23. Agatha dos Santos disse:

    É necessário Guia Turístico ?

  24. Rejane disse:

    Que beleza de descrição Itamar! Vou pra la no próximo feriado e ja estava me preparando para buscar informações em varios sites, mas achei todas as informações que precisava aqui! Muito obrigada por compartilhar e parabéns pelo site.

    • Itamar Japa disse:

      Obrigado Rejane, que bom que gostou, ficamos felizes!!! Estamos planejando voltar mais uma vez pra fazer novas fotos e se der, também um vídeo, para deixar o post ainda mais completo. Espero que ajude, boa viagem! Boa trilha!

  25. Lombardi disse:

    Olá, gostaria de saber se é possível fazer rapel em alguma das cachoeiras, de preferência na do salto grande, também se possível me informar a altura dela.
    Obrigado

  26. Graziele Gretter disse:

    Adorei rever a rota das cachoeiras através de fotos, moro na cidade vizinha a Corupá, São Bento do Sul, na infância ia passear muito aí pela região da rota das cachoeiras, já que meus avós antes de casar e virem para São Bento moravam nessa localidade da rota das cachoeiras. Uma pena a trilha do Araçá estar fechada quando você foram, era uma ótima opção de retorno para quem tinha feito toda a trilha. Boa viagem para vocês.

    • Itamar Japa disse:

      Olá Graziele, temos parentes em São Bento!!! 🙂 Que legal que fizemos você recordar de sua infância, de fato é um lugar muito bonito, com uma natureza fantástica! Um excelente passeio né?
      Pois é, esperamos que a trilha do Araçá seja reaberta um dia.

      Obrigado pela visita e pelo comentário! 🙂

  27. Thamiris disse:

    Olá,
    Vc sabe se é permitido cachorro no parque? Tenho uma cachorrinha de médio porte e ela sempre faz trilhas com a gente, gostaria de levá-la.

  28. Rosane santos disse:

    Oi será que pessoas de mais idade tem feito a trilha faço caminhada os vídeos que vi não deu para saber se alguém com mais de 50,60 anos costumam chegar lá Agradecida!

    • Itamar Japa disse:

      Olá Rosane, isto depende muito do condicionamento físico e habilidade de cada pessoa. Se a pessoa tem 50/60 anos, mas está habituada com trilhas, pode ir até o final sim… Agora, se não está em boa forma física, ou tem alguma dificuldade motora, pode ir até as primeiras cachoeiras apenas.

  29. JAIR disse:

    Olá !
    É possível tomar banho em algumas dessas cachoeiras.

  30. dercio ramisch disse:

    eu estive ali nos anos 90 e gostaria de voltar me indique umas pousadas.

  31. Osi disse:

    Muito lindo!
    Em dezembro vou fazer o Circuito das Araucárias de Cicloturismo e a Rota das Cachoeiras está na programação. Só estou tendo dificuldade de agendar hospedagem nos chales aí perto.

    Grata pelas dicas!

  32. alessandro Vinci disse:

    vamos pra la esse domingo…tento ligar mais ninguem atende …quero tirar algumas duvidas pois vou no domingo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *