Saiba como economizar dinheiro pra próxima viagem.

Este post vai te ajudar a poupar dinheiro pra uma nova viagem. Saiba mais: Mais »

Islas del Rosario e Isla Baru, passeio clássico de Cartagena de Indias

Um dos passeios mais procurados em Cartagena de Indias é o passeio até as Islas del Rosário e Isla Baru... Saiba como é... Mais »

Catedral de São Basílio, a igreja mais bonita do mundo!!!

Conheça a Catedral de São Basílio, um dos maiores cartões postais da Rússia e uma das igrejas mais bonitas do mundo. Mais »

Conheça o Parque Nacional Morrocoy, na Venezuela.

O Parque Morrocoy é um dos cantinhos mais bonitos do Caribe Venezuelano. Saiba mais. Mais »

 

Cañonazo de las nueve – Tradição secular da cidade de Havana.

Você sabia que uma das maiores tradições da cidade de Havana é um tiro de canhão disparado pontualmente às 9h da noite? Neste post nós vamos contar sobre esta famosa celebração, o Cañonazo de las nueve, uma tradição que dura mais de 200 anos.


Acompanhe o DMEC no Instagram: @demochilaecaneca
Em Havana nós usamos a hastag #dmecemHavana 
Em Cuba nós usamos a hastag #dmecemCuba


Cañonazo de las nueve

Todos os dias pontualmente às 9h da noite, Havana treme com um disparo de canhão efetuado no alto da Fortaleza San Carlos de la Cabaña! É o famoso Cañonazo de las nueve, uma tradição secular mantida “ininterruptamente” até os dias de hoje.

Cañonazo de las nueve Cuba

Cañonazo de las nueve

Inicialmente o disparo era utilizado para anunciar o fechamento da cidade de La Habana, mas atualmente a celebração é um dos maiores atrativos turisticos da capital cubana.

O Cañonazo de las nueve é tão tradicional e tão marcante entre os cubanos de Havana, que se tornou até um dito popular. Quando um cubano quer dizer que está com tudo em cima em relação a sua viralidade e saúde, ele diz “que está igual ao cañonazo de las nueve“.

História do Cañonazo de las nueve

Desde os tempos coloniais Cuba sempre foi um ponto de encontro entre rotas comerciais. A pequena ilha fica cravada entre as Américas do Sul e do Norte, bem na entrada do Golfo do México. Por sua localização privilégiada a ilha ficou conhecida como a “Chave do golfo“.

canonazo-de-las-nueve_

La Habana.

Por tamanha importância estratégica, a Coroa espanhola ordenou a construção de uma grande muralha ao redor da parte mais importante da cidade de Havana. Desta forma, a cidade ficaria protegida de ataques de Corsários e Piratas, além de ficar mais forte em uma época que a Espanha se estranhava com outros países, principalmente a Inglaterra e a Holanda.

O início da construção da muralha começou em 1671, mas sua finalização total só aconteceu em 1740, quando atingiu cerca de 5 km de extensão.

Mas onde entra o Cañonazo de las nueve nisso??? 

Pois bem, após a conclusão de uma primeira parte da muralha, La Habana ficou divida entra a parte de dentro da muralha e a parte de fora da muralha. Nesta época só existiam 2 portas de entrada para a cidade (depois foram construídas outras entradas) e elas eram fechadas durante a noite.

Para marcar o fechamento das entradas, às 8h da noite era disparado uma salva de canhão desde a Fortaleza San Carlos de la Cabaña. O mesmo acontecia as 4h30 da manhã, quando as portas eram abertas. Com o passar dos anos, o fechamento da cidade murada se estendeu até as 9h da noite.

Cañonazo de las nueve

Cañonazo de las nueve. Foto: Divulgação.

À partir das 9h ninguém mais entrava, nem saia da cidade murada, portanto quem estava dentro das muralhas tinha que esperar até o outro dia pra sair e vice-versa.

Também era esticada uma espécie de corrente no canal de Havana, desde a Fortaleza de San Salvador de La Punta até a Fortaleza del Morro. Esta corrente protegia a cidade de possíveis invasões com barcos.

O tempo foi passando e a eficácia defensivas das muralhas foi perdendo força, até que em 1863 a muralha foi derrubada, restando apenas alguns pedaços espalhados pela cidade.

canonazo-de-las-nueve_muralhasdehavana

Um dos pedaços da antiga muralha que cercava Havana.

O cañonazo por sua vez foi mantido e todos os dias exatamente as 9h escuta-se o estrondo em quase toda Havana.

O Cañonazo de las nueve teve apenas 2 momentos na história onde não foi disparado como de costume:

Em 18 de setembro de 1902 ocorreu um atraso de 30 minutos e até hoje ninguém sabe o motivo do único atraso da história.

De 1942 à 1945 o Cañonazo foi interrompido pela segunda guerra mundial, quando o canhão foi silenciado para que os submarinos alemães não pudessem descobrir a localização de Havana através do som do disparo.

O espetáculo do Cañonazo de las nueve

Nos dias de hoje o canhão do século XVIII já não dispara pra avisar que a cidade está fechando ou abrindo, mas sim pra fazer a alegria de centenas de turistas estrangeiros e cubanos que esperam ansiosos o o ritual militar e o disparo pontual.

A celebração é realizada por jovens militares vestidos a caráter com roupas utilizados por militares espanhóis no período colonial.

canonazo-de-las-nueve_Militares

Cerimônia do Cañonazo de las nueve.

A celebração dura cerca de 30 minutos e tem todo um ritual com várias encenações militares e entoações históricas.

  canonazo-de-las-nueve_-31

O disparo do canhão é de fato o ponto alto da celebração… literalmente, uma verdadeira explosão!

Cañonazo de las nueve - Cerimônia

Cañonazo de las nueve

Cañonazo de las nueve - canhão

Cañonazo de las nueve

Cañonazo de las nueve

Cañonazo de las nueve

Cañonazo de las nueve

Cañonazo de las nueve

Em 2012, quando estive em Havana pela primeira vez, fui até a Fortaleza San Carlos de la Cabaña para ver a celebração. Quando eu estava no táxi, depois de atravessar o túnel de Havana, acabou a energia. O taxista me disse que sem luz a apresentação não ficaria legal e acabei retornando pro centro e deixando pra ver o Cañonazo no outro dia. Resultado: fui deixando pro outro dia, fui deixando e acabei não vendo a cerimônia. Conclusão: Nunca deixe pra amanhã, o que você pode fazer hoje!

Felizmente tive a oportunidade de voltar a Cuba e, junto da Paty, não dei bobeira. Agilizamos pra ver o tão famoso Cañonazo de las nueve,  “el que te quiere nunca muere, no, jamás, jamás” (música da banda cubana Orishas).

Neste vídeo (a partir do minuto 2:15) é possível ver uma parte da cerimônia do Cañonazo de las nueve :

Uma boa dica pra ver a cerimônia é chegar ainda durante o dia na  Fortaleza San Carlos de la Cabaña, assim além de ver um belo pôr do sol, você vai pagar mais barato na entrada, já que o acesso à Fortaleza é mais barato durante o dia.

Você pode reservar um dia pra curtir as Playas del Este, conhecer o Castilho Del Morro, o Cristo de Havana, a Casa de comando do Chê e por fim a Fortaleza San Carlos de la Cabaña, o local onde acontece a cerimônia do Cañonazo de las nueve. 

Você pode chegar até a Fortaleza de la Cabaña em táxi (8 a 10 CUCs – ida e volta); com o ônibus turístico HabanaBus T3 (5 CUCs – dia todo – verifique horários), em ônibus de linha: P-15, P-8 e P-11 (centavos de Peso cubano), ou através da Balsa que vai à Casa Blanca (centavos de Peso cubano).


QUER AJUDAR O DMEC SEM GASTAR MAIS POR ISSO? 

Utilize os nossos parceiros e ajude nosso blog:

– Em Cuba ainda não é possível reservar hotéis através do Booking.com. Mas se você for viajar para outro lugar, não deixe de reservar através do blog! Você não paga nem um centavo a mais e ainda ajuda o blog! Lembrando que a maioria das reservas feitas através do Booking.com podem ser canceladas.

– Contrate seu seguro viagem através da nossa parceira Real Seguro, além de estar ajudando a manter o DMEC, você vai encontrar o melhor preço, pois a Real Seguro faz cotações com as melhores seguradoras do mercado!


Share

36 Respostas para Cañonazo de las nueve – Tradição secular da cidade de Havana.

  1. Luan Perez disse:

    Excelente Artigo, um dia espero poder conhecer Cuba também! Abraço!

  2. Tassia Corina disse:

    Que bacana! Adoro essas manifestações culturais! Enriquece demais qualquer viagem, ne?

  3. Gabi Pizzato disse:

    O mais lindo de tudo é o pôr do sol que se tem da fortaleza, né?! Tenho fotos lindas do dia em que fui! E caminhar por ela também é legal! Com certeza é uma atração indispensável em Havana! 😉

  4. Ahhh Cuba! É um destino que não sai da minha cabeça. Muito legal conhecer essa celebração. Eu não tinha ideia de que uma coisa assim acontecia por lá! Adorei saber mais sobre essa história!

  5. Marianne disse:

    Que história interessante! Já li sobre uma atração com tiro de canhão tb em Santiago do Chile! Não sabia que em Cuba também tinha! Adorei! Cuba é um lugar que tenho muita vontade de ir!

  6. Não tinha ideia Itamar, não fui à fortaleza, vi que perdi o espetáculo, mas não perdi o por do sol. E que demais que você conseguiu ver finalmente, Havana é uma cidade que faz você pensar na vida, além é claro de admirar a humildade e o cultivo às tradições do povo cubano.

  7. Na minha estadia em Havana, estive muito perto de assistir a esse espectáculo secular!Terá que ficar para uma próxima ida a Cuba, obrigado pela partilha.

  8. Viviane disse:

    Adorei o post!!! Quero muito conhecer Cuba.

  9. Muito interessante esta informação. Já escrevei um artigo sobre as muralhas de Havana 🙂 Este artigo complementa muito bem.

  10. Josiane Bravo disse:

    Voltei na história lendo este post rs, que loucura isso da cidade abrir e fechar, e das pessoas ficarem presas até o outro dia. De fato, algo que desconhecia sobre esta tradição. Tenho vontade de visitar Cuba, mas confesso que ainda pouco sei sobre a história do país. Muito obrigada por compartilhar isso conosco, foi uma aula de história este post, e fotos belíssimas 🙂

    Abraços

    • Itamar Japa disse:

      Que bom que você gostou Josiane. É uma tradição bem legal mesmo. Quanto a conhecer a história de Cuba, eu acho que todos deveriam dar uma estudadinha, pois é muito interessante e as vezes é bem diferente do que ouvimos falar por aí. Vale a pena conhecer pra saber e entender a situação do país hoje. Eu gosto muito de Cuba e confesso que já li muita coisa sobre o país. Vale a pena. 🙂

  11. Uau! Que tradição linda.
    Eu nunca vi nada assim de perto.
    Adorei a história e seu relato.
    Parabéns!

  12. Paula Abud disse:

    Adoro tradições e achei incrível você compartilhar com a gente, Cuba deve ser linda e aqui no seu post e com essas fotos nós ficamos instigados a conhecê-la, vai acabar entrando para os milhares de roteiros que pretendemos fazer um dia hahahha.

  13. Que legal! Fui para Cuba quando tinha 8 anos e não lembro de muita coisa. Adorei o artigo e a foto do pôr do sol está linda demais.

  14. Adoro posts diferentes e com curiosidades! Muito interessante essa tradição e muita loucura também, rs. O pôr do sol deve ser incrível! Parabéns pela matéria!

  15. Muito interessante! Como tem coisa diferente da nossa cultura de origem, né? Bem bacana! Parabéns pelo post 🙂

  16. Amei conhecer um pouco mais da história cubana, esse país tão emblemático me desperta muita curiosidade e é muito bom ler mais sobre ele em blogs tão bem feitos como é o de vocês. Parabéns!!!

  17. Dayana disse:

    Confesso que tomei um susto já vendo o vídeo. Tô me imaginando ao vivo! hahaha
    Adorei o post! Me deu a chance de conhecer uma cerimônia de quem nunca ia imaginar que existia e ainda entender sobre ela. 🙂

    • Itamar Japa disse:

      kkk, você não imagina o susto. Você sabe que vai ter um disparo, mas não sabe exatamente quando e o som é muito alto… Nosso vídeo ficou escuro, mas nesse vídeo aí é possível ver bem. Escolhi ele justamente pela risada do tio no final, achei muito legal… O começo é bem chatinho, mas a partir do tempo assinalado vale a pena ver. 😉

  18. mateus disse:

    Muito bom obrigado pelas dica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *