Saiba como economizar dinheiro pra próxima viagem.

Este post vai te ajudar a poupar dinheiro pra uma nova viagem. Saiba mais: Mais »

Islas del Rosario e Isla Baru, passeio clássico de Cartagena de Indias

Um dos passeios mais procurados em Cartagena de Indias é o passeio até as Islas del Rosário e Isla Baru... Saiba como é... Mais »

Catedral de São Basílio, a igreja mais bonita do mundo!!!

Conheça a Catedral de São Basílio, um dos maiores cartões postais da Rússia e uma das igrejas mais bonitas do mundo. Mais »

Conheça o Parque Nacional Morrocoy, na Venezuela.

O Parque Morrocoy é um dos cantinhos mais bonitos do Caribe Venezuelano. Saiba mais. Mais »

 

Conheça o metrô de Moscou, o palácio do Povo.

Não é muito normal você ter vontade de ficar andando de metrô quando está viajando. Geralmente as pessoas querem sair pela cidade e o metrô é só um meio de chegar até os pontos turísticos. Em Moscou isso é diferente, o metrô é o próprio ponto turístico! Neste post você vai saber um pouco mais sobre o Metrô de Moscou, o Palácio do povo!


Acompanhe o DMEC nas redes sociais: Instagram | Facebook | Twitter | Pinterest
Na Rússia nós usamos a hastag #DMECnarussia


1º contato com o Metrô de Moscou

Logo que chegamos ao aeroporto de Domodedovo (Домодедово), em Moscou, partimos com destino ao centro da cidade (saiba como chegar em Moscou via aérea aqui). Com muita facilidade, pegamos o ônibus que fica em frente ao aeroporto e 45 minutos depois, tivemos o primeiro contato com o Metrô de Moscou.

Metro_Domodedovskaya

Estação Domodedovoskaya.

A primeira impressão não foi das melhores, já que a estação Domodedovskaya (Домодедовская) estava em reformas (para a Copa de 2018) e tivemos que andar entre corredores escuros, com tapumes por todos os lados. Nestes corredores, uma multidão caminha freneticamente e se você parar em qualquer lugar, com certeza vai atrapalhar e quase será atropelado (principalmente se estiver com mochilas nas costas). Siga o fluxo!

Pra comprar o bilhete, normalmente tem um filona e você não terá muito tempo pra ficar perguntando coisas; Mas não tem erro, compre o bilhete, pois o Metrô de Moscou é todo interligado e seguramente você chegará ao seu destino.

Compramos os bilhetes e descemos ansiosos para ver a beleza do Metrô de Moscou, a Domodedovskaya é toda de mármore, mas não tem nada de mais, pois é uma das estações mais novas, inaugurada em 1985.

Logo que você se depara com as placas indicativas, (isso também acontece no aeroporto) percebe a importância de dar uma estudada no alfabeto russo (que nem é tão difícil). Todas as placas são em alfabeto russo e a primeira impressão é que todos os nomes das estações parecem iguais. Não se desespere! O mais importante é ter um mapa do metro e saber o nome da estação em que você quer chegar… Com isso, você pode encostar em um canto e ver qual é o melhor caminho…

Com o tempo você vai se acostumar e estará apto a ler (eu disse ler e não entender) o alfabeto russo das placas do metrô, pra chegar em qualquer parte de Moscou.

Confira o post que fizemos com um vocabulário básico de russo para viagens, este post já irá te ajudar bastante.

Metrô de Moscou, o Palácio do Povo

A construção do Metrô de Moscou fez parte do 1º Plano Quinquenal de Stálin, quando os líderes da URSS desenvolveram projetos para transformar a URSS em um país autossuficiente, com metas a serem cumpridas em períodos de 5 anos.

Metrô de Moscou-37

Detalhe na saída de ar.

Stalin e o Partido Comunista convocaram voluntários de todo país para que ajudassem a construir o metrô. Milhares de pessoas atenderam o chamado e saíram de todas as partes da URSS, para ajudar na construção. Somados a estes, homens do exercito vermelho e membros da Juventude Comunista participaram da construção do metrô, que desde que começou a ser construído não parou mais, inclusive em períodos da Grande Guerra Patriótica, a 2ª Guerra Mundial.

Metrô de Moscou-18

Detalhe na estação Taganskaya.

O Metrô de Moscou foi construído para se tornar o “Palácio do Povo” e a intenção de Stalin e dos lideres soviéticos era mostrar ao povo que, ao contrário do tempo dos Tzraes, os palácios e as riquezas do país passaram a pertencer ao proletáriado. Por este motivo, Stalin chamou os melhores arquitetos e artistas de toda URSS, para fazer com que o local, por onde as pessoas iriam passar diariamente, fossem construídos como verdadeiros palácios.

Em fevereiro de 1935 foi entregue a primeira linha, com 13 estações e até 1939 já tinham sido construídas 22 estações, que atendiam uma demanda de cerca de 1 milhão de passageiros.

Durante a guerra, as estações serviram como refúgios contra bombardeios dos nazistas e também como quarteis generais do comando do exército vermelho.

Stalin fez um discurso histórico no salão da estação Mayakovskaya (Маяковская) no aniversário da revolução, em 1941. Já a estação Kirovskaya (Кировская), funcionou como Quartel General de Stalin e do exercito vermelho. *Atualmente a estação Kirovskaya se chama Chistyye Prudy (Чистые пруды).

Metrô de Moscou-43

Estação Mayakovskaya, onde Stalin fez um discurso histórico para o exercito vermelho e cidadãos de Moscou.

O Metrô de Moscou está intimamente ligado a alguns dos principais capítulos da história de Moscou, da Rússia e da antiga URSS. Antes da guerra, o metrô representou um símbolo de industrialização e do progresso, depois da guerra, o metrô reflete a alegria da vitória e o orgulho do povo soviético.

Metrô de Moscou-14

Propaganda Soviética

As estações foram construídas com materiais requintados vindos de várias partes da URSS. Também foram decoradas pelos melhores artistas do país. O resultado foi um meio de transporte capaz de transportar milhões de pessoas por dia e estações incrivelmente lindas! Tanta beleza fez com que o Metrô de Moscou ficasse conhecido como “Palácio Subterrâneo”, ou “Palácio do Povo”.

A grandiosidade do Metrô de Moscou

Com a primeira linha sendo inaugurada em 1935 e com linhas novas sendo construídas até os dias de hoje, o Metrô de Moscou é um dos maiores sistemas de metro do mundo! São mais 200 estações que interligam praticamente toda Moscou, em quase 350 km de extensão (com mais uma linha prevista para ser inaugurada em 2017).

metroproba27e

Mapa do Metrô de Moscou

Diariamente as 12 linhas que compõem o sistema de Metrô de Moscou (13 linhas se incluirmos o monotrilho) transportam em média 7 milhões de pessoas por dia, número este, que chega a mais de 9 milhões de pessoas nos dias de semana. É o metro que mais transporta pessoas no mundo com uma incrível marca de mais de 3 bilhões de passageiros por ano (pra se ter uma ideia o metro de Nova Iorque, o maior do mundo, transporta cerca de 5 milhões de pessoas por dia e o de São Paulo cerca de 4,6 milhões).

Metrô de Moscou-34

Estação Komsomolskaya, uma das mais movimentadas de Moscou.

Apenas 22% da população não tem metrô passando perto de casa, mas com a nova linha que está sendo construída, esse número vai cair pra cerca de 7%, segundo estimativa da prefeitura da cidade.

Existem 5 gerações de trens circulando, alguns são originais do período soviético (os mais barulhentos) e outros são extremamente modernos. São cerca de 10.000 trens, sendo que circulam 5052 unidades por vez. A grande quantidade de trens, faz com que o tempo médio de espera fique em torno de 90 segundos (sendo reduzido para 60 segundos no horário de pico).

Metrô de Moscou-15

Metrô de Moscou, mais de 10 mil trens.

Uma informação bastante relevante é que dentro dos trens o Wi-Fi é gratuito (apesar de que, não consegui utilizar nenhuma vez).

Mas o que torna o Metrô de Moscou tão especial, não é sua eficiência, tampouco seu tamanho, mas sim sua beleza!

As belas estações do Metrô de Moscou

O “Palácio Subterrâneo” é sem dúvida alguma um dos principais atrativos da cidade de Moscou. Suas estações são realmente impressionantes e vale a pena observar cada detalhe. As estações foram decoradas como verdadeiros palácios e possuem muito mármore (foram usados mais de 20 tipos diferentes de mármore em distintas estações), muito brilho, candelabros majestosos, mosaicos, esculturas, vitrais, decorações em alto-relevo e claro muita propaganda soviética.

Metrô de Moscou-26

Propaganda Soviética…

Metrô de Moscou-8

…e mais Propaganda Soviética.

Existem mais de 200 estações no sistema de metrô da cidade de Moscou, dentre elas, 44 são consideradas patrimônio cultural. Você pode ir visualizando as estações conforme vai conhecendo a cidade, ou pode separar um dia para rodar pelo metrô e conhecer algumas estações que são imperdíveis.


LEIA TAMBÉM: 

+TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER PARA VISITAR O KREMLIN DE MOSCOU.
+CATEDRAL DE SÃO BASÍLIO, A IGREJA MAIS BONITA DO MUNDO
+CONHEÇA A IMPONENTE PRAÇA VERMELHA, EM MOSCOU.


Conheça algumas das principais e mais belas estações do Metrô de Moscou:

Cada estação possui sua própria beleza e nenhuma é igual a outra. São verdadeiros museus ao ar livre e vale muito a pena conhecer suas histórias e simbologias. Nem todas são tão belas mas algumas são imperdíveis. Abaixo algumas das estações que visitamos.

  • Estação Mayakovskaya (Маяковская) – Linha Zamoskvoretskaia (nº 2 – Verde Escuro).

Construída em honra ao poeta soviético Vladimir Maiakovski (Владимир Маяковский), a estação Mayakovskaya foi fundada em 1938 e possui 33 metros de profundidade. Destaca-se historicamente por ser utilizada como o abrigo anti aéreo, no qual Josef Stalin discursou para lideres e soldados do exercito vermelho em 1941. Este famoso discurso inspirou a todos os soldados soviéticos, que lutaram bravamente mesmo após tantas baixas e tamanha destruição. As falas de Stalin tiveram transmissão via rádio para toda Moscou e os cidadãos moscovitas ouviram que Moscou continuava em pé e jamais iria se render.

Metrô de Moscou-40

Estação Mayakovskaya

Metrô de Moscou-41

Estação Mayakovskaya

  • Estação Komsomolskaya (Комсомольская) – Linha Kolhtsevaia (nº 5 – Marrom)

Inaugurada em 1952 a estação Komsomolskaya é uma das estações mais bonitas do metrô de Moscou. Seu projeto foi inspirado no discurso de Stalin em 1941, onde o líder soviético evocou diversos personagens heroicos da história russa e todos estes personagens são representados em Mosaicos espalhados pela estação. Seu nome é uma homenagem aos voluntários da juventude comunista (Konsomol) que dedicaram seu tempo de lazer para ajudar na construção do metrô. A estação é cheia de detalhes luxuosos e repleta de beleza, mas também é uma das mais movimentadas de Moscou, já que além de estar em um dos pontos mais movimentados da cidade, dá acesso a algumas das principais estações férreas da capital russa. Para ver as belezas desta estação prefira um final de semana e evite os horários de pico.

Metrô de Moscou-28

Estação Komsomolskaya.

Metrô de Moscou-32

Detalhes da estação Komsomolskaya.

Metrô de Moscou-36

Estação Komsomolskaya

Vale ressaltar que esta estação possui na verdade 2 linhas e você pode atravessar um grande túnel que dá acesso a estação Komsomolskaya-Radialnaya da linha vermelha.

  •  Ploshchad Revolyutsii (Площадь Революции) – Linha Arbatsko-Pokrovskaya (nº 3 – Azul Escuro).

Inaugurada em 1938 a estação Ploshchad Revolyutsii possui 34 metros de profundidade e é uma das mais conhecidas de Moscou, já que é uma das estações que dá acesso à Praça Vermelha. A estação destaca-se pelas 76 esculturas de bronze que retratam a população da antiga URSS.  São agricultores, soldados, estudantes, trabalhadores industriais, crianças e muito mais. Cada uma das estátuas possui sua própria história e estão instaladas em ordem cronológica de acontecimentos desde 1917 até 1937, quando foram instaladas. Em 1941 as esculturas foram retiradas do local (pra que não fossem saqueadas ou destruídas pelos nazistas), sendo reinstaladas em 1944.

Metrô de Moscou-3

Estação Ploshchad Revolyutsii

Metrô de Moscou-4

Estátuas de soldados na estação Ploshchad Revolyutsii.

Não deixe de ver o interessante comportamento dos supersticiosos russos, que passam suas mãos em algumas das estátuas, com a intenção de obterem boa sorte. A estátua com um guarda de fronteira segurando um cão é das mais famosas e se você estiver visitando Moscou, em época de provas, verá que os estudantes fazem fila pra passar a mão no focinho do cão. Não deixe de fazer isso também!

Metrô de Moscou-2

Os russos dizem que passar a mão no focinho do cão da sorte.

A estação Ploshchad Revolyutsii tem transição para a estação Teatralhnaia (Театральная), que por sua vez tem transição para a estação Okhotnyi Riad (Охотный Ряд).

Metrô de Moscou-49

Estação Teatralhnaia dedicada as artes das repúblicas soviéticas.

  •  Arbatskaya (Арбатская) – Linha Arbatsko-Pokrovskaya  (nº 3 – Azul Escuro)/ Linha Filyovskaya (nº 4 – Azul Claro)

A estação Arbatskaya da linha Nº 3 foi construída em 1953 para substituir a estação antiga que foi bombardeada na 2ª Guerra Mundial. A intenção era substituir a estação antiga, mas alguns anos depois a antiga estação, construída originalmente em 1935, foi restaurada e continuou funcionando com o mesmo nome. Isso quer dizer que existem 2 estações Arbatskayas, uma na linha nº 3 e uma na linha nº 4.

A estação da linha nº 3 foi construída como abrigo antiaéreo e tem 41 metros de profundidade. É a segunda estação em tamanho com 250 m de plataforma e com um interior muito bonito. Sua saída é dentro de um edifício que já foi sede do Ministério de defesa da URSS. Nesta estação existem interseções com as estações Biblioteka Imeni Lenina (linha vermelha), Borovitskaya (linha cinza) e Aleksandrovskiy Sad (Linha azul claro).

Metrô de Moscou-52

Interior da estação Arbatskaya linha 3.

Já a estação Arbatskaya da linha nº 4 não tem muitos atrativos… O destaque da estação fica por conta do  formato de sua entrada, que foi desenhado como uma estrela soviética e pode ser avistado de cima. Esta é uma das estações menos movimentadas de Moscou.

Metrô de Moscou-53

Entrada da estação Arbatskaya linha 4, em forma de estrela soviética.

  •  Novoslobodskaya – (Новослободская) – Linha Koltsevaya (Nº5 – Marron)

A Novoslobodskaya é uma das estações mais bonitas do metrô de Moscou. Seu salão é todo decorado com enormes vitrais coloridos simbolizando, entre outras coisas, heróis russos. Inaugurada em 1952, a estação possui 40 metros de profundidade e possui 32 vitrais, confeccionados por grandes artistas soviéticos.

Metrô de Moscou-57

Estação Novoslobodskaya

Metrô de Moscou-55

No final da estação, um grande mosaico pede PAZ no mundo.

Metrô de Moscou-56

Detalhe de um dos vitrais da estação Novoslobodskaya .

  • Belorusskaya (Белорусская) – Linha Koltsevaya (Nº5 – Marrom) / Linha Zamoskvoretskaia (Nº 2 – Verde Escuro)

São 2 estações Belorusskayas, a primeira inaugurada em 1938, na linha Nº 2 (verde). Já a segunda foi inaugurada em 1952 e já foi a estação final da Linha 5 (Marrom), antes que essa linha fosse transformada em linha circular.

As estações são meio parecidas mas destaca-se a estação da Linha 5, a linha circular. Esta estação tem vários painéis representando a cultura e estilo de vida dos cidadães da Bielorrússia.

Metrô de Moscou-47

Estação Belorusskaya (Linha 5).

Metrô de Moscou-46

Painel com desenho sobre a Bielorrússia.

Metrô de Moscou-48

Plataforma do Metrô, note a passagem superior que dá acesso à linha verde.

  •  Kievskaya (Киевская) – Linha Koltsevaya (Nº 5 – Marron).

Inaugurada em 1954 a estação Kievskaya foi a primeira estação entregue após a morte de Stalin. O projeto escolhido foi o vencedor entre 40 projetos elaborados por Ucranianos em Kiev. A decoração da estação é formada por diversos mosaicos que retratam a vida dos cidadãos ucranianos, principalmente sobre a Revolução de 1917 e sobre a guerra civil que dividiu a Ucrânia. A estação Kievskaya dá acesso a estação férrea que liga Moscou à Ucrânia Ocidental e Sudeste da Europa.

Metrô de Moscou-44

Estação Kievskaya.

Metrô de Moscou-45

Estação Kievskaya

  • Partizanskaya (Партизанская) Linha Koltsevaya (Nº 3 – Azul Escuro)

Inaugurada em 1944, esta estação era conhecida até 2005 como Izmailovsky Park (é a estação mais próxima ao Kremlin de Izmailovo) – o nome foi alterado no 60º aniversário da vitória soviética, para melhor refletir o tema da estação. A estação possui um 3º trilho, que passa pelo centro e foi construído para suportar o público de um estádio planejado para aquele local, que nunca foi construído devido à 2ª Guerra Mundial. As paredes e os pilares da estação são decorados com baixos-relevos representando guerrilheiros russos, e os dois pilares principais possuem estátuas em homenagem a dois guerrilheiros soviéticos mortos na 2ª Guerra Mundial. Como ficamos hospedados em um hotel que fica ali próximo, passávamos por ali todos os dias e o interessante é que muita gente leva flores para colocar aos pés das estátuas. Um ato bem legal de se ver. No topo das escadas existe uma grande escultura representando os Partisans. A estação não é tão bela como as demais, mas vale a pena ir até lá pra conhecer o Kremlin de Izmailovo e ver a rede hoteleira construída para abrigar os jogos olímpicos de 1980.

Metrô de Moscou-7

Estação Partizanskaya.

Metrô de Moscou-51

Partisans. Repare nas flores, são muito comum em estátuas simbólicas.

Você pode estar pensando, quanta propaganda soviética, mas vale ressaltar que boa parte das estações foram construídas depois da 2ª Guerra Mundial, aliás a retomada da construção do metrô começou antes do fim da guerra, em maio de 1942, logo após a superação da ameaça da tomada de Moscou pelos Nazistas. As estações de metrô tiveram papel fundamental na vitória soviética frente a Alemanha Nazista de Hitler, um dos motivos por tanta propaganda.

A maioria das estações mais bonitas ficam na área central e uma boa dica é percorrer primeiro a linha circular Kolhtsevaia  Кольцевая линия – (Nº 5 – Linha marrom). Quase todas as estações da linha 5 são muito bonitas e a partir dela dá pra conhecer as demais estações em outras linhas.

Metrô de Moscou-21

Estação Taganskaya

Além de todas estas estações que citei, existem muitas outras que são muito bonitas também, se você tiver tempo vale a pena dar uma circulada pelo Metrô de Moscou, pra ver as estações e também um pouco do cotidiano dos russos.

Vale ressaltar que o interior das estações é sempre meio escuro e é meio difícil tirar foto sem tripé, e mesmo com tripé, acho que seria difícil pra arranjar um canto, já que as estações são bem movimentadas! Dalhe ISO!

Espero que tenham gostado deste post e das belas estações do Metrô de Moscou, fique ligado que em breve sai um post com dicas de como utilizar o metrô.

Site oficial do Metro de Moscou : http://mosmetro.ru/


QUER AJUDAR O DMEC SEM GASTAR MAIS POR ISSO? 

Utilize os nossos parceiros e ajude nosso blog:

– Encontre e reserve sua hospedagem em Moscou – Rússia, ou em qualquer parte do mundo através do Booking.com. Você não paga nem um centavo a mais e ainda ajuda o blog! Lembrando que a maioria das reservas feitas através do Booking.com podem ser canceladas.

– Contrate seu seguro viagem através da nossa parceira Real Seguro, além de estar ajudando a manter o DMEC, você vai encontrar o melhor preço, pois a Real Seguro faz cotações com as melhores seguradoras do mercado!


Share

36 Respostas para Conheça o metrô de Moscou, o palácio do Povo.

  1. Tais disse:

    Já li varias publicações sobre o metro de Moscou e em todas elas eu fico mais e mais encantada, é surreal a beleza e todos os detalhes de cada estação, nem parece que existe!

  2. Adriana disse:

    Que coisas maravilhosas essas estações. Deve dar até gosto perder o trem pra ficar admirando o visual em volta.

  3. Incrível e apaixonante. Vc escreve com muito conteúdo e qualidade. Passe o tempo que for, vamos lembrar de seu relato quando tivermos a chance de ver pessoalmente tanta beleza. Obg

  4. Luciana disse:

    Gente quanto luxo?! Lindas as estações, especialmente a Mayakovskaya. E o que é esse mapa das linhas? Até assustei quando olhei mais de pertinho rs. Excelente post, adorei!

  5. Deivson disse:

    Gente, to apaixonado por esses detalhes, sério! Parece coisa de “outro mundo”, né?

  6. Alexandre disse:

    Muito bonito! Gostei, quero conhecer!

  7. Murilo Pagani disse:

    Que lindoo!

    Adorei as histórias sobre ele também. Fiquei surpreso em descobrir que é o metrê que transporta mais pessoas no mundo. Sempre pensei que fosse o de Nova Iorque..heheh

    As fotos estão showw também!

    Abraço

  8. Simone Hara disse:

    Tenho verdadeira loucura pra conhecer a Russia, e em especial Moscou!
    Muito lindas essas estações… verdadeiros palácios mesmo!
    Não sei se você já abordou isso aqui no blog, mas você teve algum problema com a polícia russa? Ouvi dizer que eles adoram explorar turistas e li alguns relatos em blogs gringos sobre golpes onde eles ameaçam turistas pra extorquir $, mas nunca vi nenhum blog brasuca falando sobre isso e queria saber se sua visita foi tranquila. Um dos fatores que me assustaram um pouco nos planos de ir pra lá foi justamente ter começado minhas pesquisas e ter caido nesses relatos…

  9. Dayana disse:

    Eu nunca que ia imaginar que ia dar vontade de montar um roteiro só com estações de metrô, mas deu! Graças a esse seu post, perfeito!
    Podem falar o que quiser, mas até que a União Soviética deixou algum legado bom por lá, né?

    • Itamar Japa disse:

      Haha, verdade Dayana, acho que é o único lugar do mundo que você sente vontade de ficar andando de metrô de uma estação pra outra, rsrr 🙂 Quanto a URSS, com certeza, deixou muitas coisas boas por lá, sem dúvidas.

  10. Aline Pires disse:

    UAU!!! Não são estações de metrô, são verdadeiras obras de arte! Todas lindas demais. O problema é conseguir falar o nome delas né? (rs). Adorei

  11. angie disse:

    já tinha visto que o Metrô de Moscou estava como um dos mais lindos do mundo mas não sabia que eram várias estações assim! muita phynesse, quero conhecer!

  12. eu sou o contrário, eu adoro andar de metrô e ver o vai e vem dos passageiros, às vezes encontro cada coisa curiosa e faço até amizades 😀
    Esse metrô foi um dos que eu mais gostei de conhecer, afinal parece uma aula de história, as estações são incríveis de linda e é cada coisa que você fica de boca aberta, esse é um passeio que falo pra todo mundo fazer.
    Eu pensava que o metrô de Londres era fundo, esse aí de Moscou parece um pitstop pra China, hehehe
    ps: também não consegui usar o wifi, mas o da Praça Vermelha funcionou de boa.
    abraços

  13. O metrô de Moscou é mesmo extraordinário!!! Também entrei e sai de estação diversas vezes! E além de bonito, ainda funciona muito bem!! ehehe

  14. Thiago disse:

    Muito interessante saber isso em relação ao metrô de Moscou! Com certeza é uma cidade que visamos conhcer. Parabéns pelo post

  15. Sempre ouvi dizer que o metro de Moscovo era dos mais bonitos e imponentes da Europa, e olhando para estas fotos está justificado! Adorei este artigo!

  16. Tenho muita vontade de conhecer a Rússia ! Adorei o post. O metro é lindo, com certeza vale a pena andar de metrô em Moscou.

  17. Deisy Rodrigues disse:

    Difícil escolher uma mais bonita, são todas linda demais, são verdadeiro palácios para o povo realmente, eu iria ficar que nem boba fotografando.

  18. Luis C de Almeida disse:

    Saudades… Eu estive lá…
    Fui em inumeras estações de moscou, em particular na Partizanskaya, onde fui ao pequeno Kremlin de Izmaylovo e sua feira de artesanato e souvenirs típicos da russia, e artes como matrioskas, até uniformes , capacetes, e peças da segunda guerra, bandeiras sovieticas, dentre outros souvenirs como samovars, relogios, etc etc etc, Que saudades….
    Conheci em torno de 17 cidades…em 2017!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *