Saiba como economizar dinheiro pra próxima viagem.

Este post vai te ajudar a poupar dinheiro pra uma nova viagem. Saiba mais: Mais »

Islas del Rosario e Isla Baru, passeio clássico de Cartagena de Indias

Um dos passeios mais procurados em Cartagena de Indias é o passeio até as Islas del Rosário e Isla Baru... Saiba como é... Mais »

Catedral de São Basílio, a igreja mais bonita do mundo!!!

Conheça a Catedral de São Basílio, um dos maiores cartões postais da Rússia e uma das igrejas mais bonitas do mundo. Mais »

Conheça o Parque Nacional Morrocoy, na Venezuela.

O Parque Morrocoy é um dos cantinhos mais bonitos do Caribe Venezuelano. Saiba mais. Mais »

 

O Museu da Cosmonáutica em Moscou.

Um dos lugares mais interessantes que conhecemos em Moscou, foi o Museu da Cosmonáutica (conhecido também como Museu dos Cosmonautas), um fabuloso museu que conta a história de um dos maiores orgulhos russos, a Cosmonáutica. Confira como foi a experiência.

O Museu da Cosmonáutica
(Музей космонавтики)

Museu da Cosmonáutica-28

Ônibus Buran.

A corrida espacial proporcionada pela disputa entre a antiga União Soviética e os Estados Unidos, durante a chamada Guerra Fria, deixou na história inúmeras conquistas cientificas e tecnológicas.

Os russos se orgulham de várias conquistas e no Museu Memorial da Cosmonáutica é possível conferir vários capítulos sobre algumas conquistas e sobre a história cósmico–balística, de exploração ao espaço.

O Museu foi fundado em 1981, em comemoração ao 20º aniversário do voo espacial de Yuri Alekseievitch Gagarin (Юрий Алексеевич Гагарин). Em 2006, o museu começou a ser reformulado e no ano de 2009, reabriu mostrando com detalhes a trajetória da corrida espacial russa e soviética. 

Após a reabertura, o museu também passou a exibir, mesmo que com menor relevância, mostras da evolução espacial de outros países, incluindo os EUA. É possível encontrar até referência ao cosmonauta brasileiro Marcos Pontes.

Visitando o Museu da Cosmonáutica

O Museu da Cosmonáutica conta com uma área de 8500 m², sendo 4000 m² de exposições, divididas em 8 salas.

O passeio ao museu é realmente fantástico e pra quem gosta do assunto ficar um dia todo por lá é fácil. São mais de 93.000 objetos em exposição.

Museu da Cosmonáutica-19

Museu da Cosmonáutica.

No primeiro salão, logo na entrada do museu, estão expostos objetos que eternizam algumas das conquistas mais importantes dos soviéticos.

Réplicas e objetos originais remetem a grandes feitos russos como o Sputnik 1 (Спутник 1), o primeiro satélite artificial da terra; Laika (Лайка), a famosa cadela russa, que foi o primeiro ser vivo a orbitar o planeta; Belka (Белка) e Strelka (Стрелка), os primeiros seres vivos a orbitarem o planeta e retornar vivos (a Laika morreu no espaço); e o herói nacional Yuri Gagarin ( Юрий Гагарин), o primeiro homem a viajar pelo espaço.  

Museu da Cosmonáutica-31

Sputnik 1.

Museu da Cosmonáutica

Belka e Strelka.

Seguindo o passeio, passamos em uma pequena sala onde estão objetos e histórias da vida de grandes cientistas soviéticos, entre eles Serguei Korolev (Сергей Королев), o engenheiro chefe do programa espacial soviético.

Museu da Cosmonáutica-5

Sala criadores.

A seguir existe um enorme salão de 2 andares, onde estão dezenas de foguetes, espaçonaves, capsulas espaciais, como a Soyuz. É possível encontrar até uma réplica da Estação espacial Mir (Мир).

Museu da Cosmonáutica-foguetes

Diversos foguetes, capsulas e espaço-naves espaciais.

Sem dúvida é uma das partes mais interessantes do Museu e vou falar, dá pra ficar algumas horas por ali.

Museu da Cosmonáutica-7

Nave espacial soviética.

Museu da Cosmonáutica-24

Maquete de uma estação de lançamentos de foguetes russos.

Museu da Cosmonáutica-21

Sondas de exploração.

Museu da Cosmonáutica-22

Acervo do Museu.

Museu da Cosmonáutica-23

Peças originais da estação Mir.

Diversos objetos mostram como é a vida de um cosmonauta. É possível ver como dormiam, como passavam o tempo, como se exercitavam, como comiam, como eram as comidas etc.

Museu da Cosmonáutica-14

Comida dos Cosmonautas.

Museu da Cosmonáutica-15

Como os cosmonautas comem.

No museu também é possível ver alguns objetos pessoais dos cosmonautas que foram levados ao espaço, como flores e fotos de familiares.

Museu da Cosmonáutica-9

Objetos pessoais dos Cosmonautas.


 LEIA TAMBÉM:

+CONHEÇA A IMPONENTE PRAÇA VERMELHA, EM MOSCOU.
+CONHEÇA O METRÔ DE MOSCOU, O PALÁCIO DO POVO.
+VOCABULÁRIO BÁSICO DE RUSSO PARA VIAGENS.


Um dos momentos mais interessantes do passeio é o acesso ao interior da Mir. É possível sentir na pele a experiência de estar dentro de uma estação espacial.

Museu da Cosmonáutica-12

Estação espacial Mir.

Museu da Cosmonáutica-10

Entrada da Estação espacial Mir.

Museu da Cosmonáutica-11

Interior da Estação espacial Mir.

Também é interessante observar a quantidade de itens expostos que levam o título de “o primeiro“. É o primeiro satélite artificial da terra, o primeiro ser vivo a ir ao espaço, o primeiro homem a ir ao espaço, a primeira sonda a dar a volta não sei aonde, o primeiro foguete a fazer isso, o primeiro a fazer aquilo, enfim são dezenas de “primeiro isso, e primeiro aquilo”… Claro, nada se compara ao maior acontecimento da história, o primeiro homem a pisar na lua e transmitir ao vivo pela TV, direto da lua… Ou do deserto de Nevada… Brincadeira, eu acredito (ou não)… e você?

Outro atrativo bastante diferente é a copia de uma parte de uma sala de controle de vôos. Nesta sala é possível ver e interagir, em tempo real, com a tripulação da Estação Espacial Internacional (EEI). Eu passei por ali e vi o pessoal sentado e tals, mas pensei que era apenas a exibição de um vídeo.

Museu da Cosmonáutica-13

Centro de controle da missão.

No museu existem 299 obras de arte de artistas russos (incluindo alguns cosmonautas), claro, a grande maioria das obras são relacionadas ao tema do museu.

Próximo da saída existe uma galeria com diversos cartazes de propaganda soviética exaltando os feitos soviéticos na corrida espacial. Não deixa de ser interessante, não deixe de passar por este corredor.

Museu da Cosmonáutica-29

Cartazes de propaganda soviética.

A maioria dos atrativos do museu possuem informações em inglês, mas muitas ainda estão apenas em russo.

Yuri Gagarin

Um dos maiores destaques do museu é o herói russo Yuri Alekseievitch Gagarin, o primeiro ser humano a viajar pelo espaço. Gagarin integrou o primeiro voo orbital tripulado, a bordo da nave espacial Vostok 1 (Восток-I) e assim se tornou uma das personalidades russas mais famosas do mundo.  No museu existem dezenas de fotos, roupas, objetos, além de alguns protótipos, sondas e a própria capsula utilizadas por Gagarin.

Museu da Cosmonáutica-3

Yuri Gagarin em bronze recebe os visitantes do museu.

Museu da Cosmonáutica-2

Condecorações de Gagarin.

Como chegar ao Museu da Cosmonáutica

Chegar ao Museu da Cosmonáutica é muito fácil, basta pegar o metro da linha 6 (laranja) até a estação VDNKh (ВДНХ).

Saindo da estação, o museu estará praticamente ao lado, basta seguir o imenso monumento do foguete espacial.

A região “cósmica” do Museu

Vale ressaltar uma curiosidade sobre a região do museu, que fica em uma localidade bastante peculiar.

Por ali, é comum que as coisas tenham “nomes cósmicos”. Diversas ruas têm nomes de cientistas espaciais, o complexo hoteleiro (um dos maiores da Russia e da própria Europa) se chama Cosmos, um outro hotel se chama Estelar, além de que nessa região vivem familiares dos conquistadores do espaço.

Monumento aos Conquistadores do CosmosMuseu da Cosmonáutica-30

O Museu fica em baixo ao Monumento aos Conquistadores do Cosmos (монумент покорителям космоса). Esse monumento foi inaugurado em 1964, em comemoração as conquistas do povo soviético na exploração do espaço.

Construído com titânio, o mesmo material utilizado na construção de foguetes, o monumento tem 110 metro de altura e em sua parte superior existe um foguete (de 11 metros), aliás o monumento faz menção a decolagem de um foguete cósmico.

Para maiores informações sobre o Museu da Cosmonáutica acesse o site oficial em russo, ou, de maneira mais superficial, em inglês.


QUER AJUDAR O DMEC SEM GASTAR MAIS POR ISSO? 

Organize sua viagem utilizando nossos parceiros e ajude nosso blog:

– Encontre e reserve sua hospedagem em Peterhof, São Petersburgo, ou em qualquer parte do mundo através do Booking.com. Você não paga nem um centavo a mais e ainda ajuda o blog! Lembrando que a maioria das reservas feitas através do Booking.com podem ser canceladas.

– Contrate seu seguro viagem através da nossa parceira Real Seguro, além de estar ajudando a manter o DMEC, você vai encontrar o melhor preço, pois a Real Seguro faz cotações com as melhores seguradoras do mercado!

– Está pensando em alugar um carro na Rússia!? Consiga o melhor preço consultando as melhores locadoras através da Rentcars.comAlém de economizar , você pode pagar em até 12x, sem IOF e o melhor, você ajuda o blog e não paga nada a mais por isso!


Share

22 Respostas para O Museu da Cosmonáutica em Moscou.

  1. Que incrível! Jura que pode entrar na MIR?! Show!

  2. Deivson disse:

    Amei a sala que pode interagir com a tripulação da estação espacial internacional! Deve ser demais.

  3. Nossa. Não conhecia esse museu e nunca tinha ouvido falar. Muito interessante. Gostei de conhecer. Valeu pelas dicas.

  4. Luciana disse:

    UAL, muito interessante o lugar e o post completinho! Parabéns!!

  5. Francine Agnolettto disse:

    Meu guri iria pirar nesse museu.
    Além de amar museus, ele adoro tudo ligado a foguetes, espaço e aviÕes.

    Abraços,
    Fran @ViagensqueSonhamos

  6. Naiara Back disse:

    Poxa! Eu já fiquei meia assim pq nao consegui visitar o museu Bank. E agora vejo esse. Quero voltar para Moscou e fazer tudo que não deu!

  7. Fer_Nanda disse:

    Uau!! Jura que pode entrar na MIR (2)??!!

  8. Simone Hara disse:

    Eu sou completamente apaixonada por tudo relacionado ao tema da corrida espacial e conquista do Espaço. Nem preciso dizer o quanto eu ia amar conhecer este museu, né?
    Qualquer cidade que eu visito que tem algum museu com esse tema já corro colocar na minha lista de prioridades e trato logo de visitar!
    Adorei saber mais sobre o museu e só fiquei um pouco triste em saber que nem tudo ainda está sinalizado também em inglês… sou daquelas que passa lendo legenda por legenda das peças hahahaha

    • Itamar Japa disse:

      Verdade Simone, mas na Rússia, principalmente em Moscou, eles não tem muito interesse em colocar legenda em inglês, rsrsr .. As coisas estão mudando um pouco, devido a Copa 2018. Também somos do tipo que lemos tudo no museu, rsrsr. Até os seguranças ficam nos rodeando quando estramos em museus interessantes.

  9. Guaciara disse:

    Que museu interessante, nunca tinha ouvido falar! Mas faz todo sentido, né, ja que a Russia teve tanta importância na corrida espacial. É um lugar que eu adoraria visitar, assim como meu filho!

  10. thamires disse:

    ola
    sabem mais ou menos o valor?
    Obrigada

  11. bruno disse:

    Parabéns pelo lindo site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *