Saiba como economizar dinheiro pra próxima viagem.

Este post vai te ajudar a poupar dinheiro pra uma nova viagem. Saiba mais: Mais »

Islas del Rosario e Isla Baru, passeio clássico de Cartagena de Indias

Um dos passeios mais procurados em Cartagena de Indias é o passeio até as Islas del Rosário e Isla Baru... Saiba como é... Mais »

Catedral de São Basílio, a igreja mais bonita do mundo!!!

Conheça a Catedral de São Basílio, um dos maiores cartões postais da Rússia e uma das igrejas mais bonitas do mundo. Mais »

Conheça o Parque Nacional Morrocoy, na Venezuela.

O Parque Morrocoy é um dos cantinhos mais bonitos do Caribe Venezuelano. Saiba mais. Mais »

 

Museu do Barro de Assunção (Museo del Barro de Asunción) – Paraguai.

O Museu do Barro de Assunção é um dos principais museus da capital paraguaia e um dos mais importantes do país. Possui mais de 5 mil objetos em seu acervo, sendo uma excelente opção de passeio na cidade. Nós o visitamos e contamos como foi a experiência, confira:


Acompanhe o DMEC nas redes sociais: Instagram | Facebook | Twitter | Pinterest
No Paraguai nós usamos a hastag #dmecenoParaguai


Visitando o Museu do Barro de Assunção

O Museu do Barro (Museo del Barro) é um dos lugares que nós queríamos conhecer quando estivemos na capital do Paraguai pela primeira vez. Como ele não fica bem no centro e também como resolvemos antecipar nossa partida da cidade, acabamos não conhecendo este que é um dos principais museus de Assunção.

Museu do Barro (Museo del Barro)

Museu do Barro (Museo del Barro)

Na segunda passagem pelo Paraguai, quando fomos convidados pela SENATUR – a Secretaria de Turismo do país, quase que a visita ao museu não se realizou novamente. Visitamos vários pontos turísticos, não só de Assunção, mas de todo Paraguai, mas o Museu do Barro não estava no cronograma.

Como estávamos hospedados no Hotel Dazller Asunción, que fica muito próximo ao museu, não perdemos a oportunidade e aproveitamos meio dia de folga que tínhamos no cronograma pra conhecer o local.

Museu do Barro.

Museu do Barro.

O museu está localizado em uma das regiões mais nobres e badaladas da capital paraguaia. Pra falar a verdade nem imaginávamos que existia esta parte da cidade quando estivemos na cidade pela primeira vez (merece até um post futuramente).

Além do Dazzler Asunción e do Aloft Asunción, onde tivemos o prazer de nos hospedarmos, a região possui vários outros hotéis renomados, que proporcionam ótimas opções de hospedagem pra quem pretende visitar a cidade. E mais, nesta região estão vários restaurantes, bares e alguns dos principais shoppings do Paraguai. Conforme já foi mencionado antes, é a zona mais badalada de Assunção.

Então se você for se hospedar por estas bandas, além de aproveitar a badalação, poderá ir ao Museu do Barro à pé. Porém, se for se hospedar no centro, ou em outra região da cidade, terá que pegar táxi, ou ônibus de linha (linhas 28, 30 Aeroporto, 44 Autopista, Luque-Areguá).

A visita ao Museu do Barro é bem interessante e confesso que dentre todos os museus que conhecemos no Paraguai, este museu nos pareceu o que possui a melhor infraestrutura, destacando-se pela organização e pelo acervo.

Museu do Barro.

Museu do Barro.

O museu possui 2 pisos e vários ambientes distintos. No acervo, além de centenas objetos de barro e argila, estão expostas obras de artistas paraguaios, objetos sacros, relíquias pré-hispânicas, objetos indígenas etc.

Objeto pré-hispânico em exposição no museu.

Nós visitamos o museu no final da tarde, já anoitecendo e temos que dizer: é meio sinistro. Ao percorrer o museu, que estava praticamente vazio, um som meio “cabuloso”, que parece uma respiração, serve como trilha sonora. Conforme você vai explorando as salas do museu, se depara com milhares de mascaras e estátuas que parecem estar te vigiando o tempo todo.

Mascaras.

Mascaras.

E não é exagero, as estátuas, principalmente as religiosas, parecem te seguir com os olhos pra todo lado que você vai! Sério mesmo, se o Silvio Santos quiser fazer uma pegadinha daquelas que assustam a galera, este é o lugar! Basta mexer um boneco religioso daqueles pra ver gente se borrando! Eu me borraria!

Museu do barro.

Os bonecos religiosos espiões do Museu do Barro, reparem que eles estão te olhando neste momento!

No primeiro piso do museu temos inúmeras peças de barro de artistas paraguaios, entre elas um jacaré gigante (imagino que a respiração seja em função deste jacaré). Acima do jacaré estão dezenas de mascaras com várias caricaturas distintas.

Obras feitas em barro no Museu do barro de Assunção.

Obras de arte feitas em barro por artistas paraguaios.

Museu do barro e o jacaré.

O Grande Jacaré e as várias caricaturas feitas em barro.

Também estão expostas peças pré-hispânicas, tecidos raros e em algumas salas existem exposições, que pareceram ser exposições temporárias.

Variedade do acervo do Museu do barro.

Muitas objetos em exposição no Museu do Barro.

Tecidos raros.

Exposição .

Exposição temporária(?) no Museu do barro.


LEIA TAMBÉM:

O QUE FAZER EM ASSUNÇÃO, CAPITAL DO PARAGUAI.
O QUE FAZER EM CIUDAD DEL ESTE, COMPRAS E MUITO MAIS.
CONHEÇA USINA ITAIPU PELO LADO DO PARAGUAY -DE GRAÇA! 


No segundo piso, está o espaço dedicado aos objetos indígenas. São objetos de madeira, objetos feitos com palha, roupas, adornos e claro, muitos objetos feitos em barro.

Parte do Museu de Arte Indígena.

Parte do Museu de Arte Indígena.

Arte indígena em madeira.

Arte indígena em madeira.

Vestimentas indígenas

Vestimentas de celebrações indígenas.

Arte indígena.

Arte indígena.

No segundo piso também estão expostos objetos de barro feitos por artistas paraguaios e alguns objetos pré-hispânicos. Mas o que mais impressiona sem duvida alguma são os objetos sacros. São centenas de bonecos sacros e pasmem, todos observando seus passos! Sim, é no segundo piso que você vai soar frio com a sensação de que aqueles bonecos de madeira estão te olhando!

Arte sacra.

Arte sacra.

Arte sacra.

Arte sacra.

Arte sacra.

Arte sacra.

Arte Sacra. Obs. Estão todos disfarçando agora, mas estão de olho em você!

Tenda da "piração" no Museu do barro.

Tenda da “piração” no Museu do barro.

Pra completar a “sinistragem” existe uma espécie de sala, em formato de tenda que é puro LSD. Nesta sala, você é induzido a deitar em puffs que ficam no centro da sala e curtir o visual da decoração, uma mistura de desenhos de bruxas, com rituais esquisitos e um fundo musical bem louco! Confesso que não lembro da explicação da sala, mas é realmente interessante… e sinistra!

Brincadeiras à parte, se você estiver em Assunção não deixe de visitar o Museu do Barro, é um museu muito interessante e o melhor de tudo: é gratuito! Podemos dizer que o Museu do Barro de Assunção é um dos pontos imperdíveis da capital paraguaia! Coloque no seu roteiro e aproveite pra dar uma volta pela região, visitando os shoppings, bares etc.

Museu do Barro

Museu do Barro de Assunção.

Museu do Barro de Assunção.

Criado em 1979, no bairro Isla de Francia, o Museu do Barro logo foi transferido a San Lorenzo, onde ficou de 1980 a 1983, voltando para Assunção neste último ano. Em 1988 foi transferido em definitivo para o edifício atual. O museu teve sua origem na coleção particular de desenhos e gravuras de Olga Blinder e Carlos Colombino, que desde 1972, quando criaram a “Colección Circulante”, eram expostas em instituições educativas e espaços públicos.

Originalmente a ideia da curadoria do museu era de reunir apenas peças produzidas por artistas populares mestiços a partir do século XIX. Porém, mais tarde foram incorporadas obras produzidas por indígenas nas missões jesuítas e franciscanas, além das próprias obras feitas pelos indígenas em suas tribos.

Atualmente o museu é uma junção com outros 2 museus, que estão anexados ao Museu do Barro: o Museu de Arte Indígena e o Museu Paraguaio de Arte Contemporânea.

Atualmente o museu conta com mais de 20 salas, com uma acervo de mais de 4 mil objetos oriundos de produções mestiças desde o século XVII. O Museu também conta com cerca de 300 peças pré-hispânicas oriundas de várias partes da América Latina. Somando o acervo dos 3 museus anexos, são mais de 5.500 objetos.

 

SERVIÇO:

Museu do Barro (Centro de Artes Visuales Museo del Barro)

Mais informações: https://www.museodelbarro.org/ Fone:  (+595-21) 607996 Celular (+ 595 981) 381 735

Valor do Ingresso:
Entrada Gratuita.

Horário:
Quarta-Feira, Quinta-Feira, Sexta-Feira e Sábado: das 9h às 12h e das 15h30 às 20h.


QUER AJUDAR O DMEC SEM GASTAR MAIS POR ISSO? 

Organize sua viagem utilizando nossos parceiros e ajude nosso blog:

– Encontre e reserve sua hospedagem no Paraguai, ou em qualquer parte do mundo através do Booking.com. Você não paga nem um centavo a mais e ainda ajuda o blog! Lembrando que a maioria das reservas feitas através do Booking.com podem ser canceladas.

– Contrate seu seguro viagem através da nossa parceira Real Seguro, além de estar ajudando a manter o DMEC, você vai encontrar o melhor preço, pois a Real Seguro faz cotações com as melhores seguradoras do mercado!

– Está pensando em alugar um carro no Paraguai!? Consiga o melhor preço consultando as melhores locadoras através da Rentcars.comAlém de economizar , você pode pagar em até 12x, sem IOF e o melhor, você ajuda o blog e não paga nada a mais por isso!


Share

6 Respostas para Museu do Barro de Assunção (Museo del Barro de Asunción) – Paraguai.

  1. Que legal parece ser este museu. A tenda deve ser instigante. obrigada por compartilhar

  2. Que máximo esse museu! Adorei a tenda piração, lindíssima! Todas as cores e formas, para quem gosta de design deve pirar de verdade (em um bom sentido!) Parabéns por ter mostrado, não conhecia!

  3. Ruthia disse:

    Parabéns pelo relato, conseguiu fazer-me sentir o ambiente meio assustador que sentiram. Também achei o mesmo em relação às máscaras indígenas em Angola e olha que as visitei em pleno dia…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *