Saiba como economizar dinheiro pra próxima viagem.

Este post vai te ajudar a poupar dinheiro pra uma nova viagem. Saiba mais: Mais »

Islas del Rosario e Isla Baru, passeio clássico de Cartagena de Indias

Um dos passeios mais procurados em Cartagena de Indias é o passeio até as Islas del Rosário e Isla Baru... Saiba como é... Mais »

Catedral de São Basílio, a igreja mais bonita do mundo!!!

Conheça a Catedral de São Basílio, um dos maiores cartões postais da Rússia e uma das igrejas mais bonitas do mundo. Mais »

Conheça o Parque Nacional Morrocoy, na Venezuela.

O Parque Morrocoy é um dos cantinhos mais bonitos do Caribe Venezuelano. Saiba mais. Mais »

 

Onde se hospedar em Havana? Casa Particular ou hotel? Vedado, Habana Vieja ou Centro Habana?

Viajar pra Cuba é uma experiência única, mas esta experiência pode ser ainda mais marcante dependendo do local em que você escolha se hospedar. Hoje vamos falar sobre onde se hospedar em Havana: casa de cubanos ou hotéis? Habana Vieja, Centro Habana ou Vedado?


Acompanhe o DMEC no Instagram: @demochilaecaneca
Em Havana nós usamos a hastag #dmecemHavana 
Em Cuba nós usamos a hastag #dmecemCuba


Primeiramente…

A primeira coisa que temos que falar em relação a Cuba é o seguinte: Cuba não é um destino para quem busca luxo, conforto, infraestrutura turística etc!  Se você está pensando em ir pra Cuba “glamourar” no caribe, desista! Vá pra Cancún, Punta Cana, Curação etc…  Cuba é um lugar ideal pra quem quer ver história, cultura, passado e de quebra praias paradisíacas caribenhas.

onde-ficar-em-havana-centro-habana

Uma das principais ruas do bairro Centro Habana.

Já vi gente criticando o país pois “não tem infraestrutura turística como em outros lugares do Caribe!” Na boa! Se você vai pra um lugar, o mínimo que deve saber é um pouquinho da história, da situação e da cultura do país! O mínimo!!!

Casas Particulares ou hotéis?

Cuba de fato não pode ser comparada a grandes polos turisticos caribenhos, mas também não deixa a desejar em termos de hotéis e quem busca conforto vai encontrar hotéis excelentes! A não ser que a pessoa seja muito chata, os hotéis de Cuba são capazes de proporcionar muito conforto. Cuba possui vários hotéis de altíssima qualidade (outros nem tanto). Como exemplo, o luxuoso Royalton Cayo Santa Maria, foi considerado o melhor resort all-inclusive do mundo.

Havana também conta com vários hotéis, desde os muito simples, até os 5 estrelas.

onde-ficar-em-havana-hotel-nacional

O histórico Hotel Nacional de Cuba.

Nós certamente não cogitamos nos hospedar em hotéis, nem a pau! Jamais iríamos perder a oportunidade de ficar hospedados em casas de cubanos. Sim isso mesmo, você pode ficar hospedado em casas de cubanos!

Como a rede hoteleira de Cuba não suporta a imensa demanda de turistas, o governo cubano deu um jeito de resolver este problema permitindo que os cubanos que possuem um quarto (ou mais) sobrando em suas casas, possam alugar estes quartos para os turistas, tanto turistas estrangeiros, como turistas cubanos. Claro, uma parte do dinheiro do aluguel fica com o governo em forma de imposto.

As casas que são alugadas para turistas, em CUCs, possuem este simbolo azul (imagem abaixo) a frente. Já as casas que são alugadas para os turistas cubanos, tem o mesmo simbolo, mas em vermelho. Para eles o pagamento é em Peso Cubano e sai muito mais barato.

arrendador-divisa-casa-para-alugar

Mas mesmo pagando impostos, o dinheiro pode gerar uma renda extra para o dono da casa, aliás uma bela de uma renda extra, já que o salário em Cuba pode ser menor que uma simples diária de uma casa particular (vou fazer um post falando sobre a questão dos salários e vida em Cuba em breve).

Para ser alugado, o quarto precisa atender algumas exigências básicas, como por exemplo, ser um comodo independente, com banheiro (ou pelo menos um banheiro só pro hospede) e ar condicionado.

Como este tipo de hospedagem dá uma bom retorno ao dono da casa, muitas pessoas transformam suas casas em verdadeiros hostals. As vezes os donos nem mesmo moram mais nas casas, pois alugam todos os cômodos e vivem com parentes, ou em outras casas.

Em Havana eu, Itamar, já me hospedei em 3 lugares diferentes:

Em minha primeira viagem pra Cuba fiquei uns dias em Havana quando cheguei, e alguns dias quando estava de saída, depois de percorrer outras cidades cubanas.

onde-ficar-em-havana

La Casa Purpura

A primeira experiência em uma casa de cubano não foi o que eu estava esperando, pois fui parar na Casa Particular chamada La Casa Purpura. O problema é que esta casa é tipo um hotel e a dona da casa nem mora lá. Ou seja existem uns 7 quartos e todos são alugados. A Dona da casa fica lá só durante o dia e como são muitos hospedes, ela não dá atenção e nem dá pra conversar nada. Neste caso a “casa particular” é praticamente um hostal familiar! Sem falar que ela me colocou em um quarto sem janelas lá nos fundos… Tá, o quarto não era ruim, mas eu queria conversar (deixando a curitibanice de lado)…

Nesta casa eu estava pagando 30 CUCs por noite, aliás tenho que dizer que reservei esta casa pela internet (a casa tem site próprio na internet), pois quando você não conhece Cuba, fica meio apreensivo de não encontrar lugar e tals, mas vou falar. Existem centenas de casas e você não vai ficar sem lugar pra ficar! E outra coisa, as casas mais baratas não estão na internet! Fica a dica!

Eu fiquei só uma noite nesta “Casa Purpura” e procurei outro lugar pra ficar, caminhando por Havana encontrei uma casa de uma senhora que vivia sozinha com seu filho e me cobraria 15 CUCs com café da manhã. Claro que me mandei pra lá.

Me “mudei” pra esta casa, fui dar uma volta por Cuba e depois voltei pra esta casa. Conversei pouco com a Dona Mariluz, já que eu saia cedo e voltava tarde e quase sempre ela já tava de camisola pra dormir, então eu não iria ficar perturbando a velhinha. Nesta casa, o quarto era muuuuito simples, aliás a casa toda era bem simples. Somado a simplicidade com a localização, que era um pouco mais longe dos pontos de interesses (com exceção do Malecón, já que a casa era do lado do Malecón), pode-se entender o preço mais baixo.

Onde se hospedar em Havana -centro-habana

Esta casa Rosa é a casa da Dona Mariluz.

Na segunda vez que fui pra Cuba, fui junto da Paty. Preferimos ficar em uma localização mais central e em uma casa melhor. Pegamos a dica da Carol do Mochilão Trips e ficamos na Casa da Dona Carmem…Foi a melhor coisa que fizemos na vida!

Esta velhinha é uma graça e um encanto de pessoa! Sem falar que é uma aula de história, não só de Cuba, mas como do mundo todo. Conversamos muito com ela e se você quer visitar Cuba e conhecer a história do país, eu recomendo do fundo do meu coração a casa da Dona Carmem. E não é só pela aula viva de história, a casa está muito bem localizada, praticamente atrás do famoso Hotel Inglaterra, em um apartamento no 10º andar. O preço que ela cobra é de 25 CUCs, mas se você falar que foi indicado pelo Japonês do Brasil, ela vai te dar um desconto! 😉

Onde se hospedar em Havana -vista_casa-particular

Visual da sacada da Casa da Dona Carmem.

Tenho que falar, a Paty chegou a chorar enquanto a gente conversava com a Dona Carmem, e olha que ela estava falando sobre a Africa nesta hora.

Um leitor do blog, o Marcelo,  foi pra lá e gravou um vídeo dela. Eu o pedi pra ele uma foto da Dona Carmem, que burramente não tiramos… temos que voltar pra revê-la!

Um detalhe interessante e uma ótima notícia pra quem vai acompanhado, é que as casas particulares cobram o preço por quarto e não por pessoas, ou seja se você estiver em 2, ou 3, vai pagar o mesmo preço de 1 pessoa.

Mas aí você pode se perguntar: ficar em casa de pessoas que nem conheço e se eles mexerem nas minhas coisas, se me roubarem, etc. Fique despreocupado, se acontecer alguma coisa grave, o turista pode denunciar o dono da casa e dependendo da situação o governo pode caçar a permissão para alugar o quarto, o que ninguém quer, de jeito nenhum! Além disso, os cubanos, em sua maioria, são muito íntegros.

Então fica a seu critério, ir pra Cuba, pagar mais caro, se trancar em um hotel (luxuoso ou não), ou ficar em uma casa de cubanos, conversando e sabendo mais sobre o país…

Ah, vale ressaltar que existem casas para todos os tipos de público e algumas casas possuem mais conforto que alguns hotéis. Sem falar da experiência de trocar uma ideia com os cubanos.

Outra curiosidade é que as casas são conhecidas pelo nome das pessoas, tipo Casa de João e Maria, Casa de Fulano e Ciclano, então toda casa que você for escolher será Casa de X e Y.

Endereço e contato das casas que ficamos:

La Casa PurpuraCasa de Ivete e Dr Alejandro. Calle San Nicolás #213 – Entre Concordia e Virtudes, Centro Habana Tel: +5352635759 Email: ale.devarona2011@gmail.com

Casa de Marianni e Mariluz. Calle San Nicolás #361 – Entre Malecon e San Lazaro, Centro Habana Tel: +537864 5159

Casa de Carmem e Olivia Peña. Calle Industria #270, Ap. 1001, 10o andar – Entre Neptuno e Virtudes, Centro Habana Tel: +5378635697  Email:  olivia83@nauta.cu

Se fossemos opinar sobre onde se hospedar em Havana, com certeza indicaríamos a casa da Dona Carmem. Mas se você não quer encarar nossa querida anfitriã, existem vários sites cubanos com várias casas: www.casaparticularcuba.orgwww.mycasaparticular.comwww.cubahotelbookingswww.cubarentaroom,com.

Estes sites servem pra você escolher casas em outras cidades também, mas isso não é muito necessário, pois normalmente os donos de casas têm um grande Network e vão indicar casas em outras cidades.

Onde se hospedar em Havana? Habana Vieja, Vedado ou Centro Habana.

Você já escolheu onde se hospedar em Havana, vai ficar em uma casa particular, ou em um hotel, tudo bem! Agora, você precisa saber em que lugar de Havana você vai ficar!

Existem 3 opções mais habituais: Habana Vieja, Vedado e Centro Habana.

Habana Vieja

Habana Vieja é a localidade mais antiga de Havana e onde estão a maioria dos principais atrativos da cidade. Claro, também é onde estão a maioria dos turistas. Mas mesmo lotada de turistas, Habana Vieja não deixa de ser autêntica.

onde-ficar-em-havana-habanavieja

Onde se hospedar em Havana: Habana Vieja

Em Habana Vieja estão as construções mais bonitas, alguns dos bares mais famosos (como a Bodeguita del Medio e o Floridita), vários restaurantes excelentes, além da maioria dos pontos turisticos.

onde-ficar-em-havana-la-bodeguita-del-medio

Congestionamento de turistas em frente a “La Bodeguita del Medio”.

Esta parte da cidade é uma das regiões onde foram feitas mais restaurações, portanto existem vários edifícios lindos, bonitinhos e coloridos… Ao mesmo tempo existem ruas onde é possível ver prédios antigos deteriorados e sem manutenção.

onde-ficar-em-havana-plazavieja

Plaza Vieja, em Habana Vieja, uma das localidades restauradas de Havana.

Declarada parte do Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO em 1982, Habana Vieja é o lugar ideal pra quem quer ficar no centro dos acontecimentos, perto de tudo… e de todos…

Vedado

Vedado é a parta mais “moderna” de Havana, onde estão a maioria dos hotéis 5 estrelas e também a maior parte da área comercial, politica e cutural da capital cubana.

onde-ficar-em-havana-hotel-habana-libre

O famoso Hotel Habana Libre, em Vedado.

O nome Vedado (proibido) tem origens no século XVI, quando era proibida construção nesta zona, para que a visão de possíveis invasores, como piratas e corsários, não fosse prejudicada.

Muitos anos depois Vedado se transformou  em um dos bairros mais nobres de Havana e por este motivos existem diversas mansões e casarões espalhados pelo bairro. Com o triunfo da Revolução cubana, grande parte dos casarões foram transformados em escolas, centros culturais, embaixadas e órgãos do estado cubano.

onde-ficar-em-havana-vedado

Onde se hospedar em Havana: Vedado.

Ao contrário de Habana Vieja, onde você tropeça em turistas, no Vedado é um pouco mais difícil de topar com os gringos. Com exceção das proximidades dos hotéis e da famosa sorveteria Copélia, você praticamente não verá turistas.

onde-ficar-em-havana-carros-vedado

Ruas do bairro Vedado.

Centro Habana

Centro Habana foi construída nos arredores da antiga cidade murada de Havana (lembram que eu falei um pouco sobre as muralhas no post do Cañonazo de las 9).

onde-ficar-em-havana-centrohabana

Onde se hospedar em Havana: Centro Habana.

Já foi local de moradia de uma classe alta cubana. Hoje é um dos locais que mais expressam a Cuba verdadeira que sofre embargo econômico há mais de 55 anos. Ver prédios deteriorados e prédios quase caindo aos pedaços é bem comuns por estes lados, aliás a grande maioria dos edifícios de Centro Habana tem um ar de abandono.

onde-ficar-em-havana-ruas-de-centro-habana

Centro Habana e suas edificações deterioradas.

Claro que conclui-se logo de cara que é nesta região que você terá uma maior interação com a realidade cubana e foi justamente por este motivo que as 3 casas que me hospedei em Havana ficavam em Centro Habana.

Onde se hospedar em Havana -centro-habana

Ficar em Centro Habana é absorver o cotidiano dos Habaneros.

A principio você pode ficar um pouco receoso com o lugar e sentir uma sensação insegura, afinal de contas, temos uma visão diferenciada das coisas no que se refere a aparências. Eu mesmo fiquei receoso nos primeiros dias em Cuba quando me hospedei em Centro Habana. Dificilmente você vai poder caminhar tranquilamente por um lugar como Centro Habana em um outro país. Aliás até hoje nem eu, nem a Paty estivemos em um país onde pudéssemos nos sentir tão seguros como em Cuba, independente do local e independente do horário! Mas isso é papo pra outro post…

onde-ficar-em-havana-beisebol-em-centro-habana

O único perigo é levar uma bolada dos moleques jogando beisebol.

Uma dica muito importante: quando você for para uma casa particular, pegue o nome e o endereço dos donos da casa. É muito comum algumas pessoas tentarem se passar pelos donos da casa e assim “roubarem” o hospede da casa reservada.

Outra dica é pagar só uma noite e, se você não gostar do lugar, se empirulitar no outro dia, depois de achar uma casa melhor (ou mais barata). Como falamos existem centenas de casas particulares para todos os lados.

Uma ultima observação é que algumas casas particulares disponibilizam cafés da manhã, jantares e almoços, por preços que normalmente são menores que em restaurantes.

Acho que por hoje é só e resumindo a história, se nós fossemos voltar pra Cuba (e vamos, já já), seguramente saberíamos onde se hospedar em Havana: ficaríamos em uma casa particular em Centro Habana (no caso a Casa da Dona Carmem), mas isso é uma questão pessoal e cada um é cada um. E lógico, se você espera luxo não deve fazer o mesmo pra depois não sair por aí falando isso e aquilo! Aliás, luxo em Cuba é uma palavra bem rara e só existe dentro de alguns hotéis… e olhe lá! Já tá avisado!

E aí vai pra Cuba? Já decidiu onde se hospedar em Havana?


QUER AJUDAR O DMEC SEM GASTAR MAIS POR ISSO? 

Utilize os nossos parceiros e ajude nosso blog:

– Em Cuba ainda não é possível reservar hotéis através do Booking.com. Mas se você for viajar para outro lugar, não deixe de reservar através do blog! Você não paga nem um centavo a mais e ainda ajuda o blog! Lembrando que a maioria das reservas feitas através do Booking.com podem ser canceladas.

– Contrate seu seguro viagem através da nossa parceira Real Seguro, além de estar ajudando a manter o DMEC, você vai encontrar o melhor preço, pois a Real Seguro faz cotações com as melhores seguradoras do mercado!


Share

50 Respostas para Onde se hospedar em Havana? Casa Particular ou hotel? Vedado, Habana Vieja ou Centro Habana?

  1. Mayumi disse:

    Ola! Muito legal o seu relato sobre Havana, sua sensibilidade vai mais alem do q a de mtos brasileiros! E gostei da dica sobre hospedagem, a dona Carmen, porem nao deixou contato… Poderia fornecer? Se for o caso, pode me mandar por email. E obrigada pelo relato, ajudou bastante!

    • Itamar Japa disse:

      Que bom que você gostou Mayumi. Quanto ao endereço, estávamos pretendendo fazer um novo post falando especificamente sobre as casas, mas como talvez demore, vamos atualizar este post colocando as informações sobre as casas. Obrigado pelo comentário! 🙂

      Boa viagem e espero que goste de Cuba, se ficar na casa da Dona Carmem, por favor, manda um beijo nosso pra ela. 😉

  2. Ótimo post, conseguiu esclarecer uma dúvida super comum para quem sonha em conhecer Cuba. Deve ser uma experiência muito interessante e real. Gostei muito das fotos, deu para sentir um pouquinho do destino. Parabéns!

  3. Que jeito interessante de falar sobre Cuba. Confesso que aprendi muito. Seu mode de viajar é muito próximo do nosso, onde o interesse sobre os locais e seu estilo de vida importa muito. Parabéns

  4. Maíra disse:

    Adorei a dica de hospedagem nas CUCs. Muito boa pra entrar na cultura de cabeça. Ja sei que tenho aqui um lugar pra buscar informações quando for a Cuba. Ah e que fofura essa senhorinha ! <3

  5. Nossa, ótimo guia! Eu tenho muita vontade de conhecer Cuba. Que bom que vocês tiveram uma experiência melhor à tempo na casa da Dona Carmem <3 haha. Adorei o post!

  6. Sinceramente não sabia que a hospedagem em casas de locais em Cuba era tão organizada, um tipo de hospedagem que ainda faço questão de experimentar em Cuba, acho que vale muito trocar por um hotel.

  7. eu fiquei hospedada no centro e olha que foi difícil achar casa disponível, em todos os lugares que procurei estavam lotadas, felizmente fiquei em uma casa incrível e dono era muito gente boa!
    realmente você resumiu tudo, quer ir a Cuba vá pra procurar história, cultura e muita simpatia! Adorei a dedicatória da dona Carmen, que fofa
    também me senti muito bem na casa que ficamos, o Senhor Davi é tipo a Dona Carmen, ficávamos horas conversando com ele sobre tudo! O cara era uma enciclopédia!

    • Itamar Japa disse:

      Sei que na época das férias no Canadá, a ilha fica bem lotada, principalmente as casas do centro. Mas vale dar uma esticadinha até Centro Habana, lá sempre tem casas sobrando. ;)E que bom que também ficou na casa de uma pessoa legal, eu adorei a Dona Carmem, rsrsr.

  8. Ana Carolina Miranda disse:

    Amei o post! Eu ainda não sabia nada sobre hospedagem em Cuba e gostei muito da possibilidade de ficarmos hospedados na casa de cubanos, deve ser uma ótima experiência.

  9. Ainda hoje tenho muitas dúvidas quanto a ir pra Cuba, mas a curiosidade acho que será maior! Não sabia das opções de hoteis em Havana, mas memso assim eu optarei por casa de família, como vc bem colocou, o dinheiro é uma renda extra considerável para os cubanos que recebem e tenho certeza que deve fazer a diferença na vida deles. Excelente post.

  10. Eita que vontade que eu tenho de viajar pra Cuba ainda mais depois de ler seu post, já sei direitinho onde vou ficar, casa da Dona Carmem.
    Que experiência sensacional

  11. angie disse:

    adorei saber dessas opções e com certeza ficaria na casa de uma família cubana para aprender mais sobre a história, principalmente pq muitas coisas que divulgam por aí não são verdade né!

  12. sumaia Freire disse:

    Muito bacanas as dicas! Estou planejando ir a Cuba. Quem sabe serei uma hóspede da D. Carmem? Valeu demais!
    O apto dela é no centro de Havana, né? A hospedagem lá inclui o café da manhã?

    • Itamar Japa disse:

      Olá Sumaia. Que legal!!! Sim, a casa da Dona Carmem fica entre Habana Vieja e Centro Habana a uma quadra do Parque Central. Fica bem atrás do famoso Hotel Inglaterra. É um dos locais mais centrais de Havana. 😉

      Ela faz o café da manhã, mas cobra a parte, 3 CUCs. 😉

      Boa viagem!

  13. Flávia Colombo Serrano disse:

    Olá Itamar!

    Adorei as dicas irei sozinha á Cuba em novembro e já quero deixar tudo certo com a casa, como vocês, não cogitei nem a pau ficar em Hotel quero extrair toda cultura e dia a dia desse povo. Sou assistente social então já imagina né rsss…

    Gostei da dica da casa da Dona Carmem, queria ver contigo se para circular da casa dela até os outros bairros como se faz, se é fácil o transporte onde ela mora, considerando que estarei sozinha e também como faço para entrar em contato com ela e reservar?

    Desde já muito obrigada por compartilhar as experiencias isso enriquece nossas viagens.

    Abraços!

  14. Gabriela disse:

    Olá Itamar, vou com meu marido para Cuba em set/17. Seu site ajudou demais a planejar. Obrigada!!!! Ajudou tanto que quero ficar na casa da D. Carmem. Mandei email para Olivia há mais de uma semana no end indicado por vc, mas ninguém retorna. Cheguei a reenviar perguntando se havia recebido, mas nada….
    Tentei ligar, mas não deu certo. Afffffff VC sabe de alguma mudança no email ou telefone?

    • Itamar Japa disse:

      Olá Gabriela, normalmente eles demoram pra responder mesmo. É meio comum em Cuba. Você disse que tentou ligar e não conseguiu? Que estranho! Que eu saiba não deve ter mudado o telefone não…

      A Dona Carmem é uma senhorinha bem velhinha, espero que esteja tudo bem. Se conseguir contato por favor avise. 🙂

      Ah! Que bom que ajudamos, ainda faltam muitos posts sobre Cuba, mas ainda assim ficamos felizes de ajudar!

  15. Diferente de você, que não cogitou nem a pau ficar em hotel, eu escolhi ficar em hotel e sim, gostei muito! Claro que são experiências completamente diferentes, mas toda experiência (em minha opinião, claro) depende mais do viajante do que dos lugares. Vai da sensibilidade de ver, ouvir, extrair… do que se deseja alcançar, aprender e apreender… Por isso, eu, particularmente, nunca rejeito qualquer coisa de maneira tão veemente.

    Tem alguns anos já que estive em Cuba e foi uma das viagens mais incríveis e adoráveis que já fiz.Entretanto, a minha percepção de tudo é muito singular e particular e conversando com diversas pessoas que já viveram e visitaram o país, percebo similaridades de percepção e sensações completamente opostas. E acho isso divino!

    De qualquer forma, acho que não importam os moldes, qualquer viagem à Cuba, mexe de alguma (ou muitas maneiras) com o visitante.

    Foi bacana ter lido esse texto e conhecer a versão e sentimentos e vivências de outro viajante. É sempre bom! 🙂

    • Itamar Japa disse:

      Com certeza! Cada viagem depende do Viajante, conheço gente que viaja só pra criticar o que não gostou e esquece de curtir, conhecer e sentir o lugar visitado e suas coisas boas! Cada um escolhe a maneira de turismo que quer fazer. No nosso caso, preferimos sentir a cultura e absorver tudo que seja possível ao invés de dar prioridade a selfies nos pontos turísticos ou em piscinas de hotéis. Mas respeitamos quem gosta.

      Entendemos que não é todo mundo que está disposto a ficar em uma casa de sabe-se Deus quem, sem um determinado nível de conforto, ou privacidade. Também não é todo mundo que vai pra Cuba que quer entender sobre o país, ou sobre a história e cultura local, muita gente quer mesmo é aproveitas as belas praias, tomar mojito e fumar charutos, sem se preocupar com nada além do turismo e isso é um direito de todos. É pessoal e cada um faz o que gosta. Mas tem pra todos e seja lá qual a escolha de hospedagem, Cuba é um destino incrível. 😉

  16. Alana disse:

    Olá Itamar, adorei as coiosas que você relatou, estou me planejando para ir a Cuba nas próximas férias em janeiro e gostaria de saber algumas coisas, se for possível me esclarecer:
    – AS casas para acomodação são caras? E por exemplo os ‘nossos quartos” ficam fechados?
    – me fale sobre a moeda que você levou, estou pensando em levar dolár canadense
    – Para comer / Transporte é muito caro?
    Obrigada! E aguardo! 😉

    • Itamar Japa disse:

      Olá Alana! Espero poder ajudar!
      – As casas custam de 10 a 35 CUC, dependendo da localidade e qualidade.
      – Em algumas casas eles te dão a chave e você tranca, ou não; em algumas casas a porta fica sob controle do dono da casa. Em ambos os casos, não tem problema algum, pois se acontecer alguma coisa, você poderá denunciar a casa, e isso pode acarretar na perca de licença do dono da casa para alugar pra estrangeiros, o que nenhum deles quer.
      – Levei Euros e acredito ser a melhor opção.
      – Para comer é muito barato para nossos padrões, um restaurante turístico com lagosta e tals pode custar 10 CUCs + ou – … Se quer economizar pode comer em um restaurante onde só comem cubanos, preço de 1 ou 2 CUCs…
      – O transporte público cubano é muito barato, coisa de centavos. Já os táxis pra turistas custam muito mais que o valor pago pelos cubanos, ainda assim não é caro, se comparado ao Brasil, por exemplo. Pra se locomover de uma cidade para outra existe uma empresa chamada Via Azul, no site deles é possível ver todos os preços de cada trecho.
      Espero ter ajudado! 😉
      Boa viagem!

  17. Ricardo Branco disse:

    Olá Itamar e Patricia, tudo bom?
    Acabei de comprar as passagens para Havana para o próximo mês, e fazendo uma pesquisa nos blogs e sites de viagens cheguei as suas informações que me deram uma luz e me identifiquei com a forma de viajar, eu ficarei uma semana em havana e gostaria de ver e viver como os cubanos, então gostaria de ficar na casa da Dna Carmen, a qual enviarei um e-mail agora para tentar acertar a hospedagem, e gostaria de uma ajuda para indicar os lugares imperdíveis onde se pode misturar com os locais, e também se existem lugares perigosos que não podemos visitar!
    E outra pergunta é referente ao seguro saúde, é melhor fazer no Brasil ou no aeroporto de Havana.
    Qualquer dica será muito bem vinda!
    Obrigado,

    • Itamar Japa disse:

      Olá Ricardo que demais! tenho certeza que irá adorar Cuba.
      Bom, se tem um lugar que você deve ir pra interagir com os cubanos é no Malecon Habanero durante a noite, é bem agradável e muitos cubanos vão pra lá curtir a noite. Outro lugar que fui na primeira vez que lá estive e só vi cubanos é o Hotel chamado “Florida” onde tem salsa cubana durante a noite, eu era o único estrangeiro do lugar a noite toda. (Não confundir com o famoso Floridita – que é super turístico – e deve ser visitado também, porém são outros frequentadores e até os cubanos que vão lá são diferentes)…

      Olha Cuba foi o país mais seguro que já visitei na vida e apesar das mudanças que vem acontecendo por lá, ainda acredito que continue sendo seguro a ponto de permitir que você vá a qualquer lugar sem perigo algum (como foi meu caso nas 2 vezes que estive por lá).

      Quanto ao seguro, em minha opinião não difere muito. Talvez o fato de você fazer aqui te economize algum tempo no aeroporto de Havana, o que seria uma boa. Se precisar pode fazer uma cotação através dos nossos links de parceiros, talvez encontre o melhor preço.

      Espero ter ajudado e qualquer coisa estamos aí! Uma boa viagem!

  18. STEPHANIE SPOSITO disse:

    Qual a distância do aeroporto para casa da dona Carmen e da casa para o porto?
    Iremos no final de setembro p Havana, faremos um cruzeiro e não sei como nós locomover e nem onde nos hospedar, vc pode nos ajudar?

    • Itamar Japa disse:

      Olá Stephanie! A distância do Aeroporto é de 22 km. (A casa dela fica atrás do famoso hotel Inglaterra). Quanto ao porto não sei dizer, pois não sei onde chegam os navios de cruzeiro. Mas levando em consideração ao local de onde saem as balsas de Havana, a distância é de 2 km, então acredito que seja mais ou menos por ali que param estes cruzeiros… Ou seja, uns 2 km aproximadamente.

  19. CARLA disse:

    Bom dia, gostaria de saber mais sobre as prais e principalmente a noite em cuba, dizem ser muito dançantes… tem alguma informação a compartilhar? agradeço

    • Itamar Japa disse:

      Olá Carla, desculpe a demora, pulei seu comentário! 😮

      Então, espero que ainda possa ajudar.

      Em Havana existem algumas praias, porém as melhores ficam do outro lado do canal. Para chegar lá preciso pegar táxi, ou o ônibus turístico que também vai até as fortalezas.

      São as Playas del Este, que ficam a cerca de 20 minutos do centro. Fizemos um post sobre as praias aqui.

      Quanto à noite, de fato é bem animada, mas existem 2 noites, a noite dos cubanos e a noite dos turistas. Existem renomados bares, onde a grande maioria do público é formada por turistas. Já outros lugares só tem cubanos, e é mais autentico. Um destes lugares é o Hotel Florida (não confundir com o famoso el Floridita, que é mais turistico) onde tem salsa comendo solta!

      Espero que ainda sirva a resposta. Mais uma vez desculpe por deixar passar tanto tempo pra responder. 🙂

      Boa Viagem!

  20. SILVIA HELENA BARBOSA disse:

    Itamar boa tarde! Tudo bem? Estou indo pra Cuba em abril /2018 com mais duas pessoas, vamos ficar 12 dias. Mas gostaria de montar um roteiro de viagem, teria alguma dica? Vocês só ficaram em Havana? Ficaram quantos dias?

    • Itamar Japa disse:

      Boa tarde Silvia!

      Fomos 2 vezes para Cuba, a primeira eu fui sozinho e fiz o roteiro – Havana – Santa Clara – Cienfuegos – Trinidad – Havana…
      Já na segunda vez, fui com a Paty, e fizemos o roteiro – Havana – Santiago de Cuba – Holguin – Santa Clara – Trinidad – Havana…

      Em 12 dias sugiro o primeiro roteiro com 1 dia em Santa Clara, 1 dia em Cienfuegos e os demais divididos entre Havana e Trinidad, com enfase em Havana. 🙂

      Ainda estamos devendo muitos posts, mas dá uma olhadinha que tem alguma coisa sobre os lugares que passamos: https://www.demochilaecaneca.com.br/category/america-central/cuba/

      Boa viagem.

  21. Ellen disse:

    De Centro Habana à Havana Vieja é muito longe? E as praias? Ficam mais perto de onde? Parabens pelo texto e pelo blog, muito bom!

    • Itamar Japa disse:

      Olá Ellen, depende em que parte de Centro Habana e Habana Vieja, um bairro faz divisa com o outro, por exemplo a casa da Dona Carmem que nós recomendamos fica em Centro Habana, a 1 minuto de habana Vieja, já a casa da Dona Mariluz, que fiquei na primeira trip pra Cuba, fica a cerca de 15 minutos à pé.

      Dá uma olhada neste mapa aqui pra ter uma ideia.

      Em relação as praias, existem algumas praias em Havana, mas as melhores são as Playas del Este, que ficam longe do centro, a cerca de 20 minutos (de onibus ou táxis), são lindas.

      Espero ter ajudado! 🙂

  22. Ana Cristina Teixeira disse:

    Olá, Itamar

    Cheguei seu blog por acaso, mas você não faz ideia como está me ajudando. Estou numa situação desesperadora! Conheci uma pessoa e iria viajar para encontrá-la, mas descobri a tempo que não é quem eu pensava. Pensei em desistir, mas sabe de uma coisa? Eu vou! Com a cara e a coragem! Entretanto, agora estou sozinha por minha conta e risco. Sem falar Espanhol. Você poderia me indicar um site em que eu possa fazer uma reserva numa casa particular? E o que é pior, em cima da hora, pois viajo neste domingo, 28/01/18!

    Muito obrigada!
    Ana Cristina Teixeira

    • Itamar Japa disse:

      Olá Ana, vá sozinha mesmo, sem duvidas! Você vai adorar Cuba! É um país fantástico, lindo e muito seguro (o país mais seguro que já estivemos). Quanto as casas não se preocupe muito, pois lá em Cuba existem muitas casas disponíveis e seguramente você vai encontrar um local para ficar. Se quiser ir até a Casa da Dona Carmem, citada acima, se ela já tiver ocupada ela pode te indicar outra casa. De qualquer forma, existem alguns sites na internet (por exemplo: http://www.casas-cuba.org/index.html) com casas para alugar, porém talvez eles não respondam a tempo, pois demoram um pouco pra responder.

      • Ana Cristina Teixeira disse:

        Obrigada! Enviei mensagem para Olivia no endereço de e-mail que você postou. A casa dela está lotada, mas vai indicar outra pra mim. Estamos mantendo contato. Um abraço.

        • Itamar Japa disse:

          Demais, uma excelente viagem! Depois conta como foi! Se ver a Dona Carmem manda um beijo pra ela por nós! 🙂

          • LD Paula disse:

            Cuba é um lugar maravilhoso, cheio de luz e vida. Estive em Havana e Varadero há alguns dias… Eu fiquei em casas privadas no site the cuban houses. Eu realmente gostei das minhas férias. Recomendo casas e restaurantes privados. Eu também recomendo viajar em carros privados para se locomover pela cidade. Em Cuba, as pessoas são maravilhosas. Old Havana é um lugar para visitar se você quiser saber arquitetura colonial. Da próxima vez espero visitar a cidade de Trinidad. Conhece um grupo que viaja para Trinidad?

          • Itamar Japa disse:

            Olá LD Paula, sem dúvidas! No nosso caso faltou viajar em carro pela ilha, mas voltaremos em breve pra resolver isso! 🙂

            Quanto a viajar pra trinidad, não conhecemos grupos, mas é muito fácil ir a Trinidad por conta própria, de carro, ou com a Viazul. Lá em Trinidad seguramente fará amizades, pois tem gente de todas as partes do mundo!

            Um abraço, boa viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *