Saiba como economizar dinheiro pra próxima viagem.

Este post vai te ajudar a poupar dinheiro pra uma nova viagem. Saiba mais: Mais »

Islas del Rosario e Isla Baru, passeio clássico de Cartagena de Indias

Um dos passeios mais procurados em Cartagena de Indias é o passeio até as Islas del Rosário e Isla Baru... Saiba como é... Mais »

Catedral de São Basílio, a igreja mais bonita do mundo!!!

Conheça a Catedral de São Basílio, um dos maiores cartões postais da Rússia e uma das igrejas mais bonitas do mundo. Mais »

Conheça o Parque Nacional Morrocoy, na Venezuela.

O Parque Morrocoy é um dos cantinhos mais bonitos do Caribe Venezuelano. Saiba mais. Mais »

 

Prudentópolis, a Pequena Ucrânia.

Prudentópolis é famosa por ter mais de 100 cachoeiras e por isso é chamada “Terra das Cachoeiras Gigantes“. Além de ser famosa pelas cachoeiras, Prudentópolis também é conhecida pelos descendentes dos ucranianos que colonizaram a região. A cidade também é hamada de “a pequena Ucrânia” devido a tradição mantida pelos ucranianos.  Neste post nós contamos um pouco mais sobre a cidade, confira:


Acompanhe o DMEC nas redes sociais: Instagram | Facebook | Twitter | Pinterest
No Paraná nós usamos a hastag #DMECnoPR


Prudentópolis, a Pequena Ucrânia

O estado do Paraná é a maior colônia de ucranianos fora da Ucrânia no mundo e Prudentópolis é o município paranaense que mais recebeu estes imigrantes. Aproximadamente 80% da população atual de Prudentópolis tem descendência ucraniana.

Visitamos a cidade e encontramos um pouco desta tradição, principalmente as belas igrejas de estilo bizantino espalhadas pela cidade e pelo interior, onde podemos encontrar também algumas  casinhas coloridas de madeiras.

Listamos abaixo um pouco do que vimos pela cidade, alguns dos pontos de interesses ligados a cultura ucraniana:

Igrejas Ucranianas

As igrejas ucranianas são um bonito atrativo na cidade e muitas delas estão espalhadas ao longo das estradas que dão acesso as cachoeiras, ainda que a maior delas (Igreja São Josafat) esteja localizada em pleno centro de Prudentópolis.

Igreja Ucraniana.

Igreja Ucraniana.

Igreja Ucraniana.

Igreja Ucraniana.

Igreja Ucraniana.

Igreja Ucraniana.

Igreja São Josafat

Considerada como uma das igrejas mais bonitas do Brasil, a Igreja Matriz de São Josafat, foi construída entre os anos de 1925 a 1928 em estilo Bizantino. Fica localizada no centro, próxima ao Museu do Milênio. As missas são rezadas em ucraniano e é possível assistir as cerimônias, que são bem bonitas por sinal. Tel. (42) 3446-1140

Igreja São Josafat.

Igreja São Josafat.

Interior da Igreja São Josafat.

Interior da Igreja São Josafat.

Gastronomia

O Famoso Pierogi ucraniano.

O Famoso Pierogi ucraniano.

Não poderíamos deixar Prudentópolis sem provar um pouco da rica gastronomia ucraniana que a cidade possui. Nós descobrimos que o Restaurante do Penteado, que é uma churrascaria tradicional da cidade, também serve comida típica Ucraniana por encomenda. A sequência de pratos típicos custas 40 reais por pessoa.

Nos foi servido um sequência de comida tipica, contendo diversos pratos ucranianos. Nós adoramos a refeição. Estava ótimo!

Entrada com a tradicional sopa de beterrabas, o Borsh, depois uma sequência de pratos como Pierogis/Varenykys (Pastéis cozidos) Holoptis (charutos de repolho com carne), Chenka (carnes suínas assadas), Kcrim (raiz forte e beterraba), acompanhados de broa de centeio e frios, como queijos coloniais e Cracovia (Salame tipico da cidade de Prudentópolis). De sobremesa Kutiá (grãos de trigo, nozes e sementes de papoula) com mel.

Contato: Restaurante Penteado – Tel: (42) 3446-1334

Borsh.

Borsh.

Salames e Krakovia (tipico de Prundentópolis).

Salames e Krakovia (tipico de Prundentópolis).


LEIA TAMBÉM:

+ 9 CIDADES PRA CONHECER NAS PROXIMIDADES DE CURITIBA.
+ PRUDENTÓPOLIS, A TERRA DAS CACHOEIRAS GIGANTES.
+ SALTO SÃO FRANCISCO, UM DOS MAIORES DO SUL DO BRASIL.


 

Kcrim e creme de leite.

Kcrim e creme de leite.

Carnes.

Carnes.

Holoptis.

Holoptis.

Museu do Milênio

Inaugurado em 1989, o Museu do Milênio tem como objetivo resgatar e preservar a história dos imigrantes ucranianos. Possui acervo que conta a história da colonização ucraniana com fotos, documentos, livros, roupas e artesanato típico.

No Museu também existe uma pequena loja que vende artesanatos típicos. Como deixamos pra visitar o centro da cidade e o Museu no último dia, nos ferramos porque estava fechado!

Museu do Milênio, fechado!

Museu do Milênio, fechado!

Nós não conseguimos visitar o museu e também não achamos lugar algum que vende-se as famosas Pêssankas (ovos pintados a mão), que queríamos comprar. Com muita sorte, enquanto conversávamos com 2 simpáticas moradoras, recebemos a indicação pra ir até a casa do próprio artesão que produz as Pêssankas, o Sr. João Barbosa dos Santos. Tel. (42) 3446-2129

Pêssankas

Pra fechar com chave de ouro fomos muito bem recebidos na casa do Sr. João. Tivemos o grande prazer de receber algumas explicações de como são feitos as Pêssankas e acompanhamos um pouco do processo, realmente muito trabalhoso e totalmente artesanal, muito, mas muito legal!

Saiba mais sobre as Pêssankas aqui

Trabalho artesanal.

Trabalho artesanal.

Produção de Pêssankas.

Detalhes da pintura com cera.

Pêssankas prontas. Foto: João B. dos Santos.

Pêssankas prontas. Foto: João B. dos Santos.

Grupo Vesselka

41

Grupo Vessanka. Foto: Divulgação.

Outro destaque da Pequena Ucrânia é o grupo de danças típicas ucranianas, o Grupo Vesselka.

Este grupo tem reconhecimento em todo Brasil, assim como no exterior. É um do mais importantes grupos de danças típicas do Brasil.

O grupo é responsável pelo evento chamado “Noites Ucranianas”, que acontece anualmente em Prudentópolis. Mais informações: Site| Facebook.

 

Prudentópolis –  Pequena Ucrânia:

Embora tenhamos achado a cidade legal,  imaginávamos encontrar beeem mais coisas ucranianas pela cidade. Prudentópolis tem um potencial turístico enorme, mas não explora muito! Nossa opinião é que a cidade deve explorar mais esta tradição ucraniana e também o Eco Turismo e pode se transformar em um grande polo turístico no Paraná!


QUER AJUDAR O DMEC SEM GASTAR MAIS POR ISSO? 

Utilize os nossos parceiros e ajude nosso blog:

– Encontre e reserve sua hospedagem em Prudentópolis, Guarapuava, Turvo, ou em qualquer lugar do mundo, através do Booking.com. Você não paga nem um centavo a mais e ainda ajuda o blog! Lembrando que a maioria das reservas feitas através do Booking.com podem ser canceladas.

– Contrate seu seguro viagem através da nossa parceira Real Seguro, além de estar ajudando a manter o DMEC, você vai encontrar o melhor preço, pois a Real Seguro faz cotações com as melhores seguradoras do mercado!

– Está pensando em alugar um carro em Curitiba!? Consiga o melhor preço consultando as melhores locadoras através da Rentcars.comAlém de economizar , você pode pagar em até 12x, sem IOF e o melhor, você ajuda o blog e não paga nada a mais por isso!


Share

39 Respostas para Prudentópolis, a Pequena Ucrânia.

  1. marina lili saukas disse:

    entrei no Facebook ,e me deparei com essa beleza ,no face da Madalena ,cm nos ñ conhecemos o Brasil ,vou c certeza ,conhecer esse lugar q parece um paraíso

  2. jose luis perez vicencio disse:

    PRUDENTOPOLIS ES UN LUGAR MUITO LINDO MINHA ESPOSA ES DA LINHA MARCONDES DO RECANTO DO MOINHO NACEO LA E TIBE O ORGULHO DE CONHECERLA E FELZMENTE ESTO CASADOCOM ELA. E CONHESO O LUGAR ES O PARAISO. JENTE MUITO TRABALHADORA UMILDE GOSTO MUITO DE PRUDENTOPOLIS

  3. Nossa fiquei bem surpresa com essa cidade que nunca tinha ouvido falar. Além de ser uma graça ainda preserva as tradições Ucranianas. Uma ótima dica de passeio para que for para o Sul, parabéns por compartilhar

    bjs
    Dani Bispo

  4. Também nuca tinha ouvido falar nesta cidade! Nosso Brasil é muito grande e rico, né? Que legal que você pode compartilhar estas informações conosco! Parabéns!

  5. Keul Fortes disse:

    Adorei saber mais sobre esse destino! Já coloquei na minha lista de futuras viagens hahaha “a Pequena Ucrânia”. A entrada da cidade me lembrou muito a entrada do Memorial Ucraniano em Curitiba. Adorei as fotos e dicas! Parabéns pelo post 🙂

    • Itamar Japa disse:

      Prudentópolis é bem interessante mesmo. As igrejinhas espalhadas pelo interior são uma graça! O memorial de Curitiba é uma réplica da antiga capela de São Miguel, da Serra do Tigre, no município de Mallet, também no Paraná.

  6. Nossa, não conhecia essa cidade!!! Adorei!!! Assim que tiver a oportunidade, vou tentar conhecê-la. É realmente um pedacinho da Ucrânia em nosso país… Muito obrigada por tê-la divulgado.

  7. É interessante saber que várias das maiores colônias estão no Brasil, não sabia que essa cidade era famosas tanto pelas cachoeiras quanto pela descendência ucraniana, o lugar é bastante bonito e pitoresco. Nunca fui à Ucrânia, mas as igrejas lembram bem as igrejas russas, uma arquitetura bastante única!

    A cidade parece ser realmente linda, adorei o artesanato do final, lembra também as cores das matryoskas, confesso que fui olhar no wikipedia do que se tratava as pêssankas, bem interessante hahaha, e a cidade vale mesmo uma visita! Abraços

    • Itamar Japa disse:

      Sim Flávia, o Brasil tem várias colonias que são bem grandes, como a dos japoneses, que também é a maior fora do Japão. Também não fui pra Ucrânia, mas já ouvi pessoas falando que são igrejas mais bonitas que as da Rússia (imagina só).

      As pêssankas são lindas, mas a maneira que são produzidas é mais lindo ainda, incrível mesmo!!! 🙂

  8. Adoro descobrir lugares novos em blogs de viagem. Nunca, mas nunca mesmo tinha ouvido falar de Prudentópolis (ou Pequena Ucrânia). Para melhorar, fico fascinado com os nomes de algumas cidades brasileiras, como é o caso… 🙂 Mais um destino para a lista rsrsrs
    Grande abraço e boas viagens.

  9. Thaís disse:

    Que legal, nunca tinha ouvido sobre essa cidade. Adoro a culinária ucrâniana, Pierogi e Borsh são os meus preferidos. Achei essa arquitetura muito bonitinha também.

  10. Thaís disse:

    Que legal, nunca tinha ouvido sobre essa cidade. Adoro a culinária ucrâniana, Pierogi e Borsh são os meus preferidos. Achei essa arquitetura muito bonitinha também. 🙂

  11. Diana disse:

    Oi..nossa nunca tinha ouvido falar nessa cidade. Mas que interessante as paisagens e as comidinhas. Muito legais as dicas

  12. Angie disse:

    Aqui em Porto União da Vitória também tem muitos descendentes ucranianos! Temos uma igreja gigantesca bem tradicional, grupo folclórico, aulas de ucranianos e claro muito pirogue!! Amo demais!

  13. Nossa! Confesso que nunca tinha ouvido falar nessa cidade antes, mas agora preciso muito conhecê-la de perto! 😀

  14. Itamar, confesso que hoje vou dormir com essa palavra na cabeça: Prudentópolis! My God, eu nunca, jamais, iria imaginar que existisse uma cidade assim, com cachoeiras gigantes, e tão “ao meu alcance”!!! DEMAIS! Obrigada e parabéns pelo post!

  15. Excelente artigo! Não tinha ideia que no Brasil existe uma cidade tão enraizada na cultura ucraniana. Adorei a arquitectura das igrejas e a cascata que tu falas deve ser abismal,parabens!

    • Itamar Japa disse:

      Que bom que gostou. Aqui no Brasil temos muitas cidades com descendentes de várias partes do mundo, somos uma raça mestiça com origem no mundo todo! 😉 No meu estado (Paraná) temos uma comunidade ucraniana bem grande. 🙂

  16. Alessandra disse:

    Muito legal o seu post! Moro na Ucrânia e sabia da existência da cidade, mas esse é o primeiro post mais completinho que leio sobre Prudentópolis.

  17. Melissa Gaiva disse:

    Eu aprendi Ucraniano de casa, professores nativos online, é um curso por skype.

  18. Flavia disse:

    Maneirissimo! Nunca tinha ouvido falar e jia me apaixonei! ótimo post e dicas. Já vou incluir na nossa road trip pelo Parana!

  19. Mônica Souza disse:

    Adorei o post Itamar, a cultura desta cidade é fascinante mesmo… E que maravilha gastronômica, não? Babando aqui por um pierogui… Não conheci este Restaurante Penteado, mas já coloquei na lista de desejos… Será que ainda existe o Restaurante Casarão? Era muito bom…

  20. Boa tarde. Meu nome é Therezinha, fui casada por 23 anos e viuvei. Os pais do meu marido Russo e Ucraniana. Eu adorava quando minha sogra fazia o prato que eu conheci como DRELY, é preparado com pé de porco e um pedaço de carne de boi,e fica uma geleia e come-se com pão preto, uma delícia. Eu já completei 81 anos, e é impossível eu ir até aí. Será que eu conseguiria a receita e como fazer?. Hoje me arrependo muito porque nunca fiz enquanto minha sogra era viva. Um abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *