Saiba como economizar dinheiro pra próxima viagem.

Este post vai te ajudar a poupar dinheiro pra uma nova viagem. Saiba mais: Mais »

Islas del Rosario e Isla Baru, passeio clássico de Cartagena de Indias

Um dos passeios mais procurados em Cartagena de Indias é o passeio até as Islas del Rosário e Isla Baru... Saiba como é... Mais »

Catedral de São Basílio, a igreja mais bonita do mundo!!!

Conheça a Catedral de São Basílio, um dos maiores cartões postais da Rússia e uma das igrejas mais bonitas do mundo. Mais »

Conheça o Parque Nacional Morrocoy, na Venezuela.

O Parque Morrocoy é um dos cantinhos mais bonitos do Caribe Venezuelano. Saiba mais. Mais »

 

Tudo que você precisa saber para visitar o Kremlin de Moscou.

Visitar o Kremlin de Moscou (Московский Кремль) foi uma das maiores experiências que tivemos em nossa viagem à Rússia. O Kremlin é sem dúvida um dos lugares mais bonitos e imponentes que já conhecemos. Confira como foi nossa visita:


 Acompanhe o DMEC nas redes sociais: Instagram | Facebook | Twitter | Pinterest
Na Rússia nós usamos a hastag #DMECnarussia


Kremlin de Moscou

Kremlin (Кремль) significa fortaleza em russo e todas as cidades antigas da Rússia possuem seu próprio Kremlin. O Kremlin de Moscou é tão emblemático e tão importante dentro da história mundial, que ficou conhecido em todo país e também no exterior, simplesmente como Kremlin.

visitar o Kremlin de Moscou-22

Tudo que você precisa saber para visitar o Kremlin de Moscou.

As primeiras fortificações de madeira foram erguidas séculos antes de Yuri Dolgoruki (fundador de Moscou), ordenar a construção de uma fortaleza mais reforçada, protegida por um fosso ao seu redor, no ano de 1156. Com o passar dos anos, a fortaleza foi sucessivamente ampliada, até que em 1339, foram erguidas as primeiras paredes e torres. Em 1367, Dmitry Donskoi ordenou que as paredes do Kremlin fossem reconstruídas em pedra calcaria. Moscou ganhou então o apelido de cidade branca.

Em 1495, Ivan, o Grande ordenou a construção dos muros e torres atuais, além de mandar construir algumas das igrejas e palácios existentes no interior do Kremlin. Ivan, o Grande também ordenou a construção de Praça Vermelha ao lado das muralhas, para ter visibilidade das possíveis tentativas de ataques inimigos.

10 lugares imperdíveis em moscou-Kremlin

As torres do Kremlin frente a Praça Vermelha e a Igreja de São Basílio.

O Kremlin é sede do poder desde a idade média, embora tenha ficado em segundo plano quando o Tzar Pedro, o Grande, construiu a belíssima São Petersburgo e transferiu a capital do país para nova cidade. Após a revolução de  1917, a capital russa voltou a ser Moscou e o Kremlin tornou-se a sede do governo da União Soviética. A URSS ruiu em 1991, mas o Kremlin continuou sendo a sede do governo e residência do líder da, desde então, Federação Russa. Apesar de que o atual presidente russo, Vladimir Putin, não reside no Kremlin e sim em um lugar secreto.

visitar o Kremlin de Moscou-12

Kremlin de Moscou.

Por ser a sede do governo e residência oficial do mandatário russo, o gigantesco Kremlin, só permite que os visitantes conheçam um pouco menos da metade dos seus cerca de 30 hectares.

Como é visitar o Kremlin de Moscou

visitar o Kremlin de Moscou-35

Guarda orientando os turistas.

Visitar o Kremlin de Moscou é uma experiencia fantástica e inesquecível, já que ficamos no interior de um dos lugares mais importantes de todo mundo. O Kremlin de Moscou tem participação ativa no cenário mundial. Quem nunca ouviu falar na famosa guerra fria, que atire a primeira pedra.

Ao mesmo tempo que ficamos encantados com a beleza das construções e impactados com a imponência do complexo, ficamos um pouco tensos com soldados armados que cuidam da segurança de um dos lugares mais poderosos do mundo. Na verdade os soldados russos ficam em áreas mais afastadas, onde não existem turistas, só observando o movimento…

Para cuidar dos turistas existem guardas, mas estes menos armados, apenas orientam e dão broncas em quem teima em sair das regras da visitação. Você não pode caminhar por onde não é permitido, se fizer isso logo um apito vai soar e um guarda vai surgir de algum lugar gesticulando pra você voltar.

A visita em si é bem tranquila e se você é como nós que quer ver e tentar entender tudo, prepare um dia inteiro pra ver o complexo! Se você é do tipo que dá uma olhada superficial, não tenta ler as informações (a maioria em russo) nem analisar todos os detalhes, você pode ver tudo em meio dia (o que seria uma pena)…


LEIA TAMBÉM:

+MUSEU DA COSMONÁUTICA, EM MOSCOU.
+CONHEÇA O METRÔ DE MOSCOU, O PALÁCIO DO POVO.
+VOCABULÁRIO BÁSICO DE RUSSO PARA VIAGENS.


O que ver no Kremlin

O primeira lugar a ser visitado no Kremlin são os Jardins de Alexandre, que ficam do lado de fora das muralhas.

É nos Jardins de Alexandre que fica o quiosque que vende as estradas para o Kremlin. Existem 3 categorias de ingressos: 250 rublos para visitar o campanário de Ivan; 500 rublos para visitar as Catedrais; e 700 rublos para visitar o Palácio do Arsenal (preços atualizados: 20/08/2016). Vale ressaltar que com o ingresso de 250 rublos, você poderá ver as igrejas todas, mas não poderá entrar em seus interiores. Você também pode comprar o ingresso para visitar o Kremlin no site oficial.

Jardins de Alexandre

Os Jardins de Alexandre (Александровский сад) ficam do lado de fora da muralha do lado oeste do Kremlin. Levam o nome do Tzar Alexandre I, pois foi ele que cuidou da restauração de Moscou, após as Guerras Napoleônicas.

visitar o Kremlin de Moscou-15

Jardins de Alexandre.

Além de ser o lugar onde está o ponto de vendas de ingressos para visitar o interior do Kremlin, o principal destaque do local fica por conta do Túmulo do Soldado Desconhecido, que está sepultado aos pés da grande muralha, junto à Chama Eterna. Ambos representam todos os soviéticos mortos na Grande Guerra Patriótica (2ª Guerra Mundial).

visitar o Kremlin de Moscou-3

Tumulo do soldado desconhecido e a chama eterna.

Vale ressaltar que acontece de hora em hora a troca da guarda do Túmulo do Soldado Desconhecido. Bem interessante de ver. Quase na frente é possível ver uma série nomes, são as cidades russas que participaram do combate.

visitar o Kremlin de Moscou-6

Antes de entrar no Kremlin é preciso deixar bolsas grandes e mochilas em um guarda volumes que fica junto a Torre da Trindade, que dá acesso ao interior do Kremlin. Não é preciso pagar para utilizar o guarda volumes.

Para entrar é preciso passar por uma rigorosa inspeção de segurança, com detectores de metais e possíveis revistas.

visitar o Kremlin de Moscou-16

O guarda volume do lado direito e a entrada do Kremlin… lotada!

Palácio Estatal do Kremlin

Passando a entrada principal da Torre da Trindade, o primeiro edifício que vemos é o Palácio Estatal do Kremlin (Государственный Кремлёвский Дворец). Este prédio não é acessível ao público durante a visita ao complexo, mas chama a atenção pela arquitetura quadrada diferente de todos os demais edifícios do complexo. Este edifício foi construído pelos soviéticos nos anos 60 e por isso segue este estilo arquitetônico soviético, sendo o único prédio moderno do Kremlin. Serviu como local de grandes encontros do Partido Comunista e hoje é o Teatro de Ballet do Kremlin, onde além de apresentações da Companhia de Ballet do Kremlin, também acontecem apresentações esporádicas de ópera, teatro e shows de rock.

visitar o Kremlin de Moscou-20

O soviético Palácio Estatal do Kremlin.

Arsenal

Do outro lado do Palácio Estatal do Kremlin está o Arsenal do Kremlin de Moscou (Арсенал Московского Кремля). Este belo prédio começou a ser construído por ordem do Tzar Pedro, o Grande em 1701, mas só ficou pronto em 1736. Foi destruído pelo exército de Napoleão em 1812, sendo reconstruído no estilo neoclássico em 1828. Foi originalmente construído para abrigar armas e munições, mas hoje é o posto de comando da guarda do Kremlin. Existem cerca de 700 canhões enfileirados do lado de fora do Arsenal, entre eles alguns capturados das tropas de Napoleão Bonaparte. Não é possível visitar este prédio!

visitar o Kremlin de Moscou-18

Palácio do Arsenal.

visitar o Kremlin de Moscou-19

Canhões rodeiam o Palácio do Arsenal, entre eles muitos canhões de Napoleão.

Palácio do Patriarca

O Palácio do Patriarca (Патриарший Дворец) é o primeiro edifício que pode ser visitado, sua entrada fica meio escondida e com a porta fechada, aliás vale ressaltar que muitas coisas na Rússia são assim… Você tem a impressão que a porta está fechada, mas não está, vá lá e empurre-a, se não puder entrar, alguém vai falar!

Faz parte do Palácio do Patriarca a Igreja dos 12 apóstolos (церковь Двенадцати Апостолов) onde atualmente funciona o Museu da vida e das Artes. Destaque para a Câmara da Cruz, uma espaçosa sala em forma de cruz que chegou a ser considerada como o maior recinto da Rússia. Nela estão várias vestes de patriarcas do século XVII. Em outras salas estão expostos diversos objetos, entre eles mais de mil objetos do acervo do Arsenal do Estado e de igrejas e monastérios que foram destruídos por Stálin. Acesse aqui para fazer um passeio virtual no Palácio do Patriarca.

visitar o Kremlin de Moscou-36

Palácio do Patriarca a Igreja dos 12 apóstolos

Tsar Pushka

Tsar Pushka (Царь-пушка) é um imenso canhão de 18 toneladas, considerado como o maior canhão do mundo! O canhão gigantesco de 5,34 metros, possui um calibre de  890 mm mas nunca foi usado. Diz a lenda que o canhão servia para intimidar os inimigos e demostrar o poderio bélico do império russo! A tradução literal do russo é “Tzar dos canhões”.

visitar o Kremlin de Moscou-21

Tsar Pushka, o maior canhão do mundo!

Tsar Kolokol

E por falar em gigantes, quase ao lado do Tzar dos canhões está o “Tzar dos sinos”, o Tsar Kolokol (Царь–колокол). Assim como o canhão, o grande sino é considerado como o maior do mundo! Foi construído entre 1733-1735 mas foi danificado em um incêndio em 1737, antes de ser utilizado. Nesse incêndio, ocorreu uma rachadura no sino e um pequeno pedaço se desprendeu do sino. Este pequeno pedaço pesa mais de 11 toneladas… O sino, este mede 6,14 m de altura e 6,6 m de diâmetro e pesa apenas 202 toneladas…

visitar o Kremlin de Moscou-24

Tsar Kolokol, o maior sino do mundo!

Praça das Catedrais

A Praça das Catedrais (Соборная площадь) é o coração do Kremlin e a parte mais bonita, aliás uma das partes mais bonitas, pois é difícil escolher um lugar mais bonito dentro do Kremlin. Neste local estão a maioria dos atrativos que você pode visitar no interior do Kremlin.

visitar o Kremlin de Moscou-37

Um pedacinho da Praça das Catedrais.

Campanário de Ivã, o Grande

Construído de 1505 à 1508, o Campanário de Ivã, o Grande (Колокольня Ивана Великого) que fica a nordeste da Praça das Catedrais, já foi a maior construção de Moscou, quando em 1600 o Tzar Boris Godunov ordenou a construção de um terceiro pavimento, aumentando a altura da torre maior a 81 m. O campanário possui 34 sinos, sendo que o maior deles, o Assunção, pesa 64 toneladas. É na frente do Campanário de Ivã, que está o sino gigante, o Tsar Kolokol. O Campanário de Ivã estava fechado no dia em que fomos visitar o Kremlin de Moscou e foi o único museu da Praça das Catedrais que não conseguimos entrar.

visitar o Kremlin de Moscou-28

Campanário de Ivã, o Grande

Catedral da Assunção

A Catedral da Assunção (Успенский Собор) destaca-se entre todas as belas igrejas da praça e seu interior é muito lindo! Não é exagero não, é lindo mesmo!!! A Catedral antiga foi construída em 1326 por ordem de Ivan I, que queria construir uma Catedral similar à Catedral da Dominação, da cidade de Vladmir. A igreja que vemos atualmente é uma segunda Catedral, construída  entre 1475-1479 para substituir a primeira que estava degradada e desabou. Também chamada de Catedral da Dominação, esta bela igreja foi considerada a igreja mais importante de Moscou no inicio do século XIV. No interior destaca-se o trono de Monômaco (Мономахов трон) que era utilizado por Ivan, o terrível. Este trono fica perto da porta de entrada sul. Também destacam-se os diversos Iconóstases, como o ícone do Salvador Feito, de 1652.

visitar o Kremlin de Moscou-31

Catedral da Assunção

Não deixe de dar uma volta na igreja pra ver a o arco do Portal Sul, ele foi levado da cidade de Suzdal para Moscou no ano de 1401. Repare nas cenas da bíblia que são esculpidas na parte de trás da porta. Clique aqui para fazer um passeio virtual na Catedral da Assunção.

visitar o Kremlin de Moscou-30

Porta da Igreja de Assunção.

Catedral da Anunciação

Esta é a única Catedral existente no Kremlin que foi projetada por arquitetos russos. Construída entre 1484-1489 a Catedral da Anunciação (Благовещенский Собор) também substituiu outra igreja construída em 1416. O destaque desta catedral fica por conta do “puxadinho” construído por Ivã, o terrível para assistir as missas. Como ele se casou várias vezes, era impedido pelas leis da igreja de participar das missas, então ordenou que construíssem este “puxado” para que pudesse assistir as missas, sem entrar na igreja, garoto esperto! Do lado de fora da igreja existe uma pequena porta, onde você pode entrar, empurre-a e você terá acesso (se tiver o ingresso que dá acesso às igrejas, claro) a uma espécie de catacumba que funciona como um pequeno museu. Clique aqui para fazer um passeio virtual na Catedral da Anunciação.

visitar o Kremlin de Moscou-33

Catedral da Anunciação

Catedral do Arcanjo

A Catedral do Arcanjo (Архангельский собор), mistura a arquitetura russa, com o renascentismo italiano. Suas 5 cúpulas representam Jesus e os 4 evangelistas. Foi construída a mando de Ivã, o Grande em 1505. O principal destaque desta igreja são os túmulos dos tzares e herdeiros que foram sepultados ali até a capital russa mudar para São Petersburgo. Dentre os vários governantes sepultados ali estão Ivan, o terrível e Ivan, o grande, que já foram citados neste post. Clique aqui para fazer um passeio virtual na Catedral do Arcanjo.

visitar o Kremlin de Moscou-25

Catedral do Arcanjo

Igreja da Deposição das Vestes

Esta pequena igreja quase passa despercebida pois fica bem no cantinho, meio que escondidinha, possui apenas uma cúpula (que praticamente se incorpora as 11 lindas cúpulas do Palácio de Terem). A Igreja da Deposição das Vestes (Церковь Ризоположения) começou a ser construída em 1484 e adivinhem, substitui uma igreja mais antiga… Serviu como igreja particular da família do Tzar.  Seu interior possui alguns desenhos pintados por grandes artistas russos do século XVII. Clique aqui para fazer um passeio virtual na Igreja da Deposição das Vestes.

visitar o Kremlin de Moscou-27

Igreja da Deposição das Vestes ( do lado direito)

Palácio do Terem

Construído junto ao Palácio Facetado, o Palácio do Terem não é visível dos locais públicos do Kremlin, mas tenho certeza que um cantinho dele todo mundo já viu. São as emblemáticas cúpulas (11 no total) douradas que proporcionam uma das fotografias mais belas do Kremlin.

visitar o Kremlin de Moscou-26

A cúpula do Palácio do Terem

Arsenal do Estado

No Arsenal do estado estão guardados os tesouros acumulados pelos príncipes e Tzares russos durante vários séculos. Dentre cerca de 4000 peças que fazem parte do acervo do museu estão jóias, coroas, roupas, carruagens e armas e armaduras dos tempos do Império Russo. Clique aqui para fazer um passeio virtual no Arsenal do Estado.

architecturearmoury

Arsenal do Estado: Foto Site oficial do Kremlin

No Palácio do Arsenal do estado foi criado em 1967 uma exposição permanente chamada o Fundo dos Diamantes (Алмазный фонд), nesta exposição estão algumas das mais valiosas jóias do mundo, incluindo Orlov (Орлов), o 4º maior diamante do mundo, que está fixado no cetro da Tzarina Catarina, a Grande. Clique aqui para fazer um passeio virtual no Fundo dos Diamantes.

Quando chegamos no Kremlin era 11 da manhã mais ou menos e até descobrir onde vendia o ingresso, enfrentar fila pra comprar o ingresso, pro guarda volumes, pro detector de metais etc… Foram-se vários minutos, depois que entramos, já viu… Nós somos do tipo que ficamos dentro de um museu enquanto os outros visitantes visitam o complexo todo… Mas porque estou contando isso? Simples: ficamos tanto tempo nas igrejas que quando fomos tentar visitar o Arsenal do Estado, já tinha passado do horário da nossa visita e acabamos perdendo a visita…  Tá bom, é um motivo pra voltar né!?

Jardim Secreto

Na frente do Campanário de Ivã fica o Jardim Secreto do Kremlin de Moscou, (Тайницкий сад Московского Кремля). Este Jardim é muito lindo (quando não é inverno, claro) e vale a pena dar uma passadinha lá pra contemplar um pouquinho da natureza colorida.

visitar o Kremlin de Moscou-38

Os Jardins secretos do Kremlin.

Muralha e torres do Kremlin

Com cerca de 2,5 km de extensão as muralhas do Kremlin possuem altura variando entre 5 e 19 metros e em algumas partes chegam a ter 6,5 metros de espessura. Estas muralhas já passaram por várias invasões e ao longo da história foram destruídas e reconstruídas diversas vezes, por vários motivos diferentes…

visitar o Kremlin de Moscou-9

As muralhas do Kremlin.

Existem atualmente 20 torres anexas as muralhas. Cada uma delas possui sua própria característica, mas podemos destacar 3 delas:

A Torre do Salvador (Спасская башня) é a mais importante torre do Kremlin, foi construída em 1491 e foi a entrada principal do Kremlin no período imperial. Possui este nome devido a imagem do Cristo Salvador que existia na entrada (apagado após a revolução), onde até o próprio Tzar tinha que tirar o chapéu para entrar. A imagem do Cristo foi recolocada a partir de 2010.

Possui 70 m de altura e um imenso relógio, seus sinos tocam o hino russo. A Torre do Salvador fica de frente à belíssima Catedral de São Basílio e Praça Vermelha.

visitar o Kremlin de Moscou

A belíssima Torre do Salvador.

A Torre da Trindade (башня Троицкая) é a mais alta das torres do Kremlin, sua altura é de 80 metros (somada a estrela  que fica na sua cúpula – assim como nas 5 torres mais altas). É por esta torre que os visitantes acessam o interior do Kremlin, uma grande honra, já que por essa porta entravam os patriarcas, as viúvas e as filhas dos Tzares. Também foi por esta estrada que Napoleão entrou, junto de suas tropas quando invadiu Moscou… Seu triunfo durou um mês quando foi derrotado pelos russos e pelo inverno rigoroso. Infelizmente a Torre Troitskaya (da Trindade) estava em reforma quando estivemos em Moscou, aliás já falei em outros posts, mas muitas coisas na Rússia estão sendo reformadas para o mundial de futebol de 2018… Se o país já é lindo, imagina na Copa

visitar o Kremlin de Moscou-17

Torre da Trindade em reformas.

A Torre Borovitskaya (Боровицкая башня) é uma torre muito importante, já que é por esta entrada que o atual presidente russo, Vladimir Putin, tem acesso ao interior do Kremlin. Esta torre fica junto aos Jardins de Alexandre e foi construída em 1490, junto à uma igreja que existia no local.

visitar o Kremlin de Moscou-8

Torre Borovitskaya

Dicas para visitar o Kremlin de Moscou

Procure chegar cedo para poder aproveitar todo o complexo sem correr o risco de perder alguma coisa. Você pode comprar ingressos antecipados pela internet aqui, isso vai fazer com que ganhe tempo, já que as filas costumam ser grandes.

Você não pode entrar com bolsas grandes, nem mochilas. É preciso deixar tudo no guarda volumes, que fica ao lado da Torre da Trindade (entrada do Kremlin). Não é preciso pagar no guarda volumes.

Para entrar você obrigatoriamente terá que passar em um detector de metais e poderá ser revistado pelos guardas.

No interior do Kremlin respeite todas as regras de visitação: não fotografe onde não pode, não atravesse as ruas fora da faixa, não saia das calçadas, não fale muito alto e não tente ir nos locais proibidos (existem plaquinhas indicando proibições). Você será advertido de imediato se tentar fazer algo assim.

Não é permitido fotografar o interior da maioria dos interiores, mas você pode visualizar tudo depois através de visitas virtuais disponibilizada pelo site oficial do Kremlin (coloquei os links de cada lugar acima).

Dentro do Kremlin não existe lanchonetes, nem restaurantes.

Como chegar ao Kremlin de Moscou:

O Kremlin de Moscou fica exatamente no coração de Moscou, claro! Para chegar até ele, é possível descer nas estações de metro: Biblioteca Ímeni Lênina (Бывшая библиотека имени Ленина), Aleksândrovítsky Sad (Александровский сад) e Borovítskaya (Боровицка), todas ficam ao lado das muralhas do Kremlin. Também é possível chegar ao Kremlin com o Trólebus 1, 2, 12 e 33, além dos Ônibus da linha 6 e K.

Mapa do Kremlin de Moscou:

Confira no Mapa do Kremlin, onde estão localizados cada um dos atrativos citados:

Mapa do Kremlin de Moscou

Uma última curiosidade, repare bem que a cidade de Moscou cresceu ao redor do Kremlin e é até interessante olhar o mapa e perceber que o sistema viário foi totalmente construído ao redor do Kremlin em uma sequência de estradas circulares (Eu não tinha notado isso até meu professor de Russo me mostrar).

Como já foi dito, o Kremlin é uma fortaleza e existe em várias cidades russas. Além de visitar o Kremlin de Moscou, não deixe de visitar o Kremlin de Izmailovo, também em Moscou, é um lugar muito legal que muita gente desconhece. Se estiver indo para São Petersburgo, se for possível, faça uma paradinha na cidade de Veliky Novgorod, uma das cidades mais antigas da Rússia e dona de um dos Kremlins mais preservados do país.

visitar o Kremlin de Moscou-11 visitar o Kremlin de Moscou-10

Esperamos que tenham gostado deste Post sobre o que visitar no Kremlin de Moscou! O Kremlin é um lugar realmente imperdível em Moscou! Você tem mais alguma dica? Esquecemos de alguma coisa? Deixe um comentário!

SERVIÇO:

Ingresso: A entrada custa 250 rublos para visitar o campanário de Ivan; 500 rublos para visitar as Catedrais; e 700 rublos para visitar o Palácio do Arsenal

Horários:  De sexta-feira a quarta-feira das 10:00 às 17:00 horas (quinta-feira não abre).

Kremlin de Moscou: Site oficial – http://www.kreml.ru/museums-moscow-kremlin/ 


QUER AJUDAR O DMEC SEM GASTAR MAIS POR ISSO? 

Utilize os nossos parceiros e ajude nosso blog:

– Encontre e reserve sua hospedagem em Moscou, ou em qualquer lugar do mundo, através do Booking.com. Você não paga nem um centavo a mais e ainda ajuda o blog! Lembrando que a maioria das reservas feitas através do Booking.com podem ser canceladas.

– Contrate seu seguro viagem através da nossa parceira Real Seguro, além de estar ajudando a manter o DMEC, você vai encontrar o melhor preço, pois a Real Seguro faz cotações com as melhores seguradoras do mercado!


Share

42 Respostas para Tudo que você precisa saber para visitar o Kremlin de Moscou.

  1. Genial Itamar, eu adorei visitar o Kremlin, é um lugar de proporções gigantescas e que não decepciona, até falei pra minha irmã que nunca vi um lugar como Moscou, todas as construções são incrivelmente imensas! Post super completo! Parabéns.

  2. Vocês desvendaram um mistério que ainda guardava. A Rússia sempre foi um país de frio e fechado, nos conceitos de quem viveu a guerra fria. EM alguns anos vamos visita-la já tendo suas dicas na mala.

  3. Fico babando com essa viagem de vocês, tenho uma curiosidade imensa de conhecer o pais. Que lugar incrível! Não vejo a hora de usar suas dicas para 2018!

  4. Realmente lindo! Deu para sentir que a visita ao Kremlin traz um significado, conta uma história, onde a pessoa sai de lá diferente. E o que é o tamanho daquele canhão e daquele sino?

  5. Adorei o post e as fotos. Moscou está entre os destinos da nossa bucket list! Vou acompanhar as outras aventuras também! :)!

  6. parabéns post. MUito bem explicado. Amei conhecer tantos luagres bacanas através do seu relato. D+

  7. Murilo Pagani disse:

    Uaaaau….
    Esse post é um verdadeiro guia hein!
    Morro de vontade de conhecer a Rússia, mas ainda não tenho planos recentes para ela.
    Certamente um lugar cheio de história e que estará no meu roteiro por lá algum dia.

    Valeuuu pelas dicas!
    Abraço

  8. Viaje Comigo disse:

    Ótimas dicas! Ainda não visitei mas estes é dos posts mais completos que já vi sobre o local. Não fazia ideia do Tsar Pushka o “imenso canhão de 18 toneladas, considerado como o maior canhão do mundo!”. Uau! Boas viagens!

  9. Paula Brum disse:

    Ando acompanhando essa viagem, cheia de carinho, pois está em minha bucket list, desde sempre.Fotos especiais. Parabéns. BjO!

  10. Que post sensacional! Cheio de História, bem detalhado… Difícil falar o que achei mais bonito! Sem dúvida, um passeio para um dia inteiro!

  11. Dayana disse:

    Eu já iria lá só por essas cores. Agora, com um guia tão bem explicadinho e estimulante, já conta como uma facilidade para ir.
    Tem época do ano melhor para ir?
    Beijo!

    • Itamar Japa disse:

      Olha Dayana, nós visitamos no final do verão e acredito que seja a melhor época, já que com o sol brilhando aquele lugar fica muito lindo, porém, no inverno com neve, o efeito deve ser bem bonito também… 🙂

  12. angie disse:

    o melhor post que eu li sobre o Kremlin e melhor blog que já li sobre a Rússia até hoje!! adorei a aula de história, parabéns!

  13. Eliandra disse:

    Olá, em primeiro lugar quero dizer que o site de vcs é incrível!!!
    Tenho uma pergunta: O cemitério que fica nas muralhas do kremilin…. Stálin está enterrado lá, quero saber se é aberto o acesso a sepultura onde tem o busto, para colocar flores etc.. ou só da para ver a distância???

  14. Sandra disse:

    Itamar,

    Você disse que existem muitas obras em Moscou , por conta da copa de 2018, mas chega a atrapalhar a vista? Iremos em maio de 2017.
    Pode dar exemplos dos principais pontos turísticos, o que está em obra ?

    • Itamar Japa disse:

      Na verdade não chega atrapalhar a visibilidade não, pelo que observei, quando eles reformam algum ponto turístico fazem de maneira que cause o menor impacto visual, em partes. Por exemplo no Kremlin apenas uma das torres estava sendo reformada e em seu interior algumas laterais de uma das igrejas. A maioria das obras não influencia nos pontos turísticos. Tenho certeza que vocês vão pegar uma Moscou ainda mais bonita. 😉

  15. Renate Uhr disse:

    Olá! Parabéns pelo site, excelente suas explicações.
    Me tira uma dúvida, os ingresso mais caro permite ver também o Campanário e as Catedrais por dentro? Obrigada

  16. Monica&Mario disse:

    Parabéns pelo post, o mais completo que já li.
    Tenho uma dúvida: o ingresso de 700 rublos dá direito a visitar tudo APENAS o Arsenal do Estado (onde estão os czares dos czares)? Tenho que comprar outro ingresso para as catedrais ?

    • Itamar Japa disse:

      Obrigado! O bilhete de 700 dá direito ao interior no Arsenal (menos o Fundo de diamantes, que tem ingresso a parte), para as Catedrais é necessário outro, e se quiser subir a torre do Campanário de Ivan, outro. 🙂

  17. Luciana disse:

    Oi Itamar, parabéns pelo teu blog. É um dos melhores que tenho consultado. Colocar os nomes dos locais em cirílico é genial. Estou indo agora no dia 02 e estou anotando tudo. Muito prático e útil. Tuas explicações me deixaram um pouco menos ansiosa, se é que é possível, pois estou super nervosa por causa do idioma. Mas acho que vai dar tudo certo e fiquei muito feliz por poder contar com tuas dicas. Parabéns mesmo e por tudo o que li da Rússia acho que vou amar este país.

    • Itamar Japa disse:

      Olá Luciana, você não sabe o quanto nos deixa feliz com este comentário!
      A Russia é um país fantástico! Tenho certeza que irá gostar!
      Infelizmente ainda não tivemos a oportunidade de fazer os demais posts, mas mesmo assim, espero que os que aqui estão tenham te ajudado. Grande abraço e boa viagem! 🙂

  18. Luiz Guilherme disse:

    Itamar, tudo bem?

    Excelente as dicas! Primou nos detalhes!

    Estou tentando comprar os tickets para o Kremlin de Moscou e ao acessar o site fiquei com uma dúvida: tenho de pagar os três valores em conjunto (250 rublos para visitar o campanário de Ivan; 500 rublos para visitar as Catedrais; e 700 rublos para visitar o Palácio do Arsenal), ou seja, 1.450 rublos para ter acesso ao Arsenal, Campanário e Catedrais? Ou existe um ticket único que dá acesso a estas atrações?

    Desde já agradeço pela atenção!

    • Itamar Japa disse:

      Olá Luiz, são tickets diferentes. Para cada um dos lugares é um ticket. Um pra poder entrar nas igrejas, outro pra poder entrar no Palácio do Arsenal e outro para poder subir no Campanário. 🙂

      Boa viagem.

  19. Mauro disse:

    Eu fiquei com uma dúvida. Se eu comprar o ingresso só para o Palácio de Arsenal de Estado, eu vou poder entrar no Kremlin a hora em que eu quiser e andar por todo o Kremlin? Ou só poderei visitar o palácio (e não poderei conhecer o resto do kremlin)?

    • Itamar Japa disse:

      O ingresso do Arsenal é só para o Arsenal Mauro. Já o ingresso para as Catedrais permite entrar no Kremlin e entrar nas igrejas. O ingresso simples só permite a entrada no Kremlin, mas sem entrar nas igrejas. 😉

  20. Marcelo Schwonke Schenatto disse:

    Olá Itamar,

    Se eu não conseguir ver tudo em um dia eu posso voltar o dia seguinte para continuar a visita com os mesmos tickets?

    Parabéns pelo Blog.

    Marcelo

    • Itamar Japa disse:

      Olá Marcelo, não é possível, o Ticket é pra um único dia. Mas dá tempo de ver tudo sim, nós é que marcamos bobeira. Chegamos mais tarde e ficamos muito tempo nas igrejas. Se você for uma pessoa normal que não vai querer ler (em russo) e entender tudo que está exposto em cada lugar, você consegue visitar tudo, tranquilamente.

      Boa viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *